Matérias de Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Últimas matérias de Vitor Franceschini

Metalizer: faixas do novo álbum para audição em streaming Miguel Arruda: guitarrista da Blixten lança seu primeiro trabalho solo Metalizer: Revelados arte da capa, nome e tracklist do terceiro álbum

Seções com matérias de Vitor Franceschini

Notícias: 2019 2018 2017 2016 2015 2014 2013 2012 2011 Entrevistas Resenhas de CDs e DVDs Resenhas de Shows Galerias de Fotos Maiores e Melhores

Notícias de 2019

Metalizer: faixas do novo álbum para audição em streaming Miguel Arruda: guitarrista da Blixten lança seu primeiro trabalho solo Metalizer: Revelados arte da capa, nome e tracklist do terceiro álbum Rocket Five: álbum ao vivo lançado digitalmente Rocket Five: lançamento de álbum ao vivo nas plataformas digitais Rocket Five: banda anuncia novo álbum e novo integrante Cirrhosis: retorno às atividades com nova formação Niharp: Divulgando primeiro álbum e embarcando para a Europa Miguel Arruda: capa e participações especiais do primeiro EP solo Fallen Idol: clipe da faixa "Wait", música de seu mais recente álbum Rotten Filthy: banda lança segundo álbum trazendo novos elementos

Notícias de 2018

Disruption Path: clipe mostrando bastidores e momentos na estrada Disruption Path: anunciados detalhes do primeiro EP Miguel Arruda: guitarrista da Blixten lança primeiro single solo Bella Utopia: debut será distribuído pela Sony Music Fallen Idol: lançado terceiro disco da banda paulista Arte Extrema: novo programa destaca Vulture, Anathema e Nasum

Notícias de 2017

Desdominus: banda apresenta novos integrantes Desdominus: banda sofre baixa e inicia uma nova fase

Notícias de 2016

Metalizer: banda lança segundo videoclipe oficial ORRÖR: banda de grindcore carioca lança novo vídeo

Notícias de 2015

Arte Extrema: Krisiun, Slayer e Iron Maiden estreiam quadro Piah Matter: banda disponibiliza álbum na íntegra via YouTube Arte Extrema: Viper e Rock na Estação na nova edição Destruction: Arte Extrema debate fases da banda Arte Extrema: programa está de volta e com novidades Thrashall: banda divulga novo single Mayhem: Arte Extrema pergunta qual vocalista representou mais? Overtrash: banda anuncia retorno e gravação do primeiro álbum

Notícias de 2014

Nailbomb e Samael: bandas são destaques no programa Arte Extrema Genocídio: banda é entrevistada no programa Arte Extrema Anthrax ou Exodus?: Programa Arte Extrema confronta as bandas Lombardo x Bostaph: Arte Extrema quer saber quem é o melhor Armored Saint: banda é destaque no programa Arte Extrema Vader: discos na volta de antigo quadro no Arte Extrema Ancient e The Abyss: bandas no programa Arte Extrema Venom: Arte Extrema comenta disco "Possessed" Bruce Dickinson: Arte Extrema fala do vocalista pela primeira vez Metallica x Megadeth: Arte Extrema aborda eterna comparação Annihilator: clássico "Never, Neverland" no Arte Extrema Kreator/Sodom/Destruction: Arte Extrema quer saber qual a melhor Carcass x Napalm Death: Metal Extremo faz comparações Sepultura x Sarcófago: o maior confronto do Arte Extrema Blog Arte Metal: Entombed x Dismember, qual você prefere? Lacuna Coil: álbum é "clássico" no Arte Extrema

Sepultura: Eloy conta piada marota no programa Arte ExtremaSepultura
Eloy conta piada marota no programa Arte Extrema

Arte Extrema: Pantera, Paradise Lost, Terrorizer, Nervochaos Behemoth ou Belphegor: Arte Extrema quer saber qual você prefere Slayer e Testament: uma ode ao Thrash no programa Arte Extrema

Ramones: Morre o baterista e produtor Tommy RamoneRamones
Morre o baterista e produtor Tommy Ramone

Arte Extrema: programa fala de Napalm Death e Dorsal Atlântica Outlanders: confira informações sobre o novo trabalho da banda Morbid Angel: Arte Extrema retorna com confronto e reis do Death Tiamat e Decapitated: Arte Extrema sempre versátil Arte Extrema 37: Black Metal norueguês e clássico Goregrind Imperative Music: volume 7 da coletânea a caminho Ratos de Porão: de novo no programa Arte Extrema? Vulcano e Mortician: Arte Extrema realmente extremo! Arte Extrema: Kreator, Fear Factory e até Nickelback (?) Nevermore e Brutal Truth: a mais nova "mistureba" do Arte Extrema Vader e Testament: Arte Extrema mescla Thrash e Death sem piedade Death: Arte Extrema relembra clássico (ou não?) da banda de Chuck W.A.S.P. e Carcass: bandas de gêneros distintos no Arte Extrema Mayhem: banda marca o fim do quadro "Lévodéxa" no Arte Extrema Dark Funeral: banda sueca em quadro do Arte Extrema Deicide: Arte Extrema arrisca descartar um disco da banda Angra, Motörhead, Sérgio Reis: Arte Extrema diversificando de vez Anathema: banda é destaque no programa Arte Extrema

Sarcófago: a maior banda de Death/Black do Brasil no Arte ExtremaSarcófago
A maior banda de Death/Black do Brasil no Arte Extrema

Cannibal Corpse: discografia no Arte Extrema #20

Kreator: qual álbum você salvaria e qual descartaria?Kreator
Qual álbum você salvaria e qual descartaria?

Nile: Arte Extrema especial com a banda Arte Extrema: qual disco do Marduk você levaria e descartaria? Arte Extrema: último programa antes da renovação Napalm Death: F.E.T.O. no "Confronto" do Arte Extrema 0015

Notícias de 2013

Death: "Individual Thought Patterns" no Arte Extrema Sepultura: "Schizophrenia" no Arte Extrema Unleashed: o polêmico álbum "Warrior" no Arte Extrema Carcass: Arte Extrema exalta importância de Reek Of Putrefaction Metallica: Arte Extrema não curte o "Black Album" Obituary: debut clássico discutido no Arte Extrema Viper: Evolution, o disco mais bem sucedido? Arte Extrema discute Metallica: Arte Extrema discute "Ride The Lightning" Pantera: Vulgar ou Cowboys? O Arte Extrema discute... Arte Extrema: especial Ratos de Porão no novo programa Arte Extrema: 4º capítulo está na área e promoções continuam! Arte Extrema: 3º ato está no ar e promoções continuam Arte Extrema: 2º programa já está no ar e cheio de promoções! Arte Extrema: blogs Arte Metal e Som Extremo em programa na web Prey of Chaos: banda anuncia fim das atividades Electric Age: banda lança primeiro EP Fanttasma: projeto de ex-Torture Squad tem capa divulgada

Notícias de 2012

Fanttasma: novo projeto de Rafael Augusto Lopes Chariots Of The Gods: divulgando teaser de vídeo clipe Fates Prophecy: revelada capa do álbum "The Cradle Of Life" Prey Of Chaos: banda de grindcore em dose tripla

Notícias de 2011

Against Tolerance: entrevista ao Blog Arte Metal Sacrificed: entrevista da banda mineira ao Blog Arte Metal Arte Metal: entrevista com a banda mineira Nostoi

Entrevistas

Nethertale: Fúria espanhola em "Abyssal Throne" Noctiferia: Segundo escalão que merecia ser o primeiro Omega Diatribe: Unindo peso, agressividade e groove Chaos Synopsis: entrevista com a banda ao blog Arte Metal Skinlepsy: praticamente um "dream team" do Metal nacional Lacerated And Carbonized: baterista fala sobre momento da banda Still Living: buscando fazer um som mais acessível Attractha: primeiro trabalho em alto nível profissional Witchburner: Arte Metal conversa com novo Frontman da banda Fen: Doug fala sobre a banda e quinto petardo lançado em 2012 Totengeflüster: arranjos sinfônicos mas mantendo essência fria Patria: Mantus fala sobre o novo trabalho e sobre a banda Distraught: entrevista com o vocalista André Meyer Stoneload: entrevista com o guitarrista Thomas Isaksson Archaic Winter: entrevista com Greg Maupin e Luis Landeo Fanttasma: um dos melhores trabalhos nacionais de 2013 Buffalo Theory: conversa com o vocalista Anton Parr Goatlove: tem se tornado referência no Goth 'n' Roll nacional Vargsheim: sonoridade que chama atenção pela tendência vintage Entrevista: um dos maiores representantes do Metal extremo nacional Year Of The Goat: rótulos são um mal necessário Fates Prophecy: um dos principais nomes do Heavy brasileiro Huldre: uma banda genuinamente Folk Metal Priorato: banda se mostra promissora e persistente Intractable: entrevista com o guitarrista Markus Hospenthal O: Peculiar. Essa é a palavra exata para definir esses italianos Black Coffins: já estão dando o que falar underground afora Imperium Infernale: entrevista com o líder e mentor da banda Rancid Flesh: nova safra do Splatter, Gore e Grindcore nacional Hellscourge: uma sonoridade velha, analógica e Low-Fi Obscurity: banda mais direta e agressiva Yekun: desde que surgiu, com a proposta de nadar contra maré Evil Emperor - metal extremo direto do Sul Metalmorphose: um dos mais importantes lançamentos do nosso Metal Nemphis Belle - desdatando o Rock and Roll Rhevan - maior representante do Symphonic Gothic Metal nacional Zombie Cookbook: banda fala sobre novo álbum e peculiaridades Band Of Orcs: banda só de orcs e que tacam o terror por aqui ChaosFear: EP mostra banda experiente e entrosada Lothlöryen: de Tolkien à Loucura Pleiades: "Como Se Fosse A Última Vez" Imminent Attack: Crossover pra mais de metro Darkest: soará agradável aos ouvidos de velhos e novos fãs Kaapora: extremo, direto e sem frecuras Beyond Mortal Dreams: Sólido, obscuro e esmagador Viter: aparando as arestas entre o Folk e o Industrial Atsphear: atingindo o equilíbrio Santarem: entrevista com a banda pelo Blog Arte Metal Germ: além do Black Metal experimental Innocence Lost: soando modernos sem seguir tendências Prey Of Chaos: despretensiosamente pretensiosos Imagery: entrevista com o vocalista Joceir Bertoni Nathorg: Verdadeiros guerreiros do Black Metal no Irã Scar For Life: nem mais um minuto de silêncio Test: Baterista comenta o início e como está a banda agora Motosserra Truck Clube: Born To Be Uaaaaiiiiiiiii!!! Encéfalo: Thrash Metal calcado nas raízes do estilo Project 46: polêmicas, letras ácidas e Metal Hard Desire: "O Hard Rock no Brasil está em alta" Neófito: Entre a realidade e o Death Metal Sarah Jezebel Deva: Metal para não ser esquecido Age Of Artemis: vencendo os limites da nova era Oligarquia: lado B do Death Metal - entrevista com a banda Deformed Slut: Death Metal Em Dose Dupla Crushing Axes: "Os Bons Quebram A Cabeça" The Force: o grito do Metal paraguaio Omfalos: entrevista com a banda para o Blog Arte Metal Holy Week Ends: Deathcore e mais um pouco Sodamned: entrevista com o vocalista pelo Blog Arte Metal Bywar: banda é entrevistada pelo Blog Arte Metal Clawn: sem desculpas para dominar o underground Anlis: entrevista com a banda pelo Blog Arte Metal Cruscifire: entrevista concedida ao Blog Arte Metal Deus Otiosus: entrevista com Henrik Engkjaer no Arte Metal Ecliptyka: entrevista com a banda pelo Blog Arte Metal Torture Squad: entrevista do grupo ao Blog Arte Metal Mysteriis: Ressurgimento Infernal - entrevista com Mantus At War: "Thrash é tão relevante hoje como era há 25 anos" Red Front: "É hora de malhar o boneco Emo..." Ágona: "retratamos a agonia do fim da existência humana" X-Hatred: entrevista com a banda do Distrito Federal

Resenhas de CDs e DVDs

Rocket Five: apresentação quase perfeita em energia e coesão Niharp: um profissionalismo que deveria servir de exemplo Rotten Filthy: a fé, espiritualidade e os cultos aos orixás Disruption Path: sonoridade extrema que une técnica e feeling Necrotério: O retorno da podridão Regarde Les Hommes Tomber: Mesclando estilos distintos Deluge: Preenchendo vazios Horrid: Clássico do Death Metal italiano Ice Dragon: Um ledo engano Ceifador: Sem espaço para firulas Serrabulho: Os reis do humor no Grindcore Inexorable: Exaltando a morte Hopelezz: Metal moderno da terra do Metal Ineffable Act: Single agressivo, brutal e livre para download Hereza: Duo Death Metal Khaos: Do Rock ao Metal Godzorder: Evolução e peso bruto Anguere: Insano e agressivo Dust Commando: Juntando elementos sem perder as características Inquisitor: Retorno e relançamento holandês Kamala: Reformulado para o bem Hellarise: Single sinalizando coisa boa Karnivore: Superando o antecessor Desdominus: Entre melhores CDs de Metal extremo nacional de 2015 Hagl: Confirmando a força do Black Metal russo Nightwish: Controverso, porém bom Verfault: Experimentalismo no Metal Extremo H5N1: Gripe Death Metal Grotesco: Não indicado a ouvidos sensíveis Stoneria: Simples e inteligente Mad Dragzter: Retorno com essência mantida Brutallian: Investindo no Metal puro Kjeld: Atendendo todos os quesitos do Black Metal Krueger: Quase 30 anos dedicados ao Metal extremo Graveyard Ghoul,Cryptic Brood: Podreira obscuridade Last Minute to Jaffna: Difícil de compreender Lethal Vice: Obviedade no título Gasoline Guns: Metal 'n' Roll invadindo a Ucrânia Araraquara Rock: Primeira coletânea do evento Sirenia: Evolução com resgate as raízes Powerwolf: Desfrutando do melhor momento Baktheria: Lusitanos matando a pau Imminent Attack: O Retorno dos mamutes Individual: Busca incessante pelo não explorado Astafix: A redenção a Paulo Schroeber Arkona: Lançamento nacional de um dos principais nomes russos Lothlöryen: Atingindo o ápice criativo Rattle: Fazendo valer a espera em "Tales of the Dark Cult" Roadie Metal: Mais uma bela coletânea Vetor: Atual e abrangente em "Chaos Before the End" Maceration: Clássico do segundo escalão Finita: Versátil como se necessita Felipe Fr3ak: Modernidade misturada ao Metal extremo Aske: Estreando magnificamente Battalion: Moldado no Metal tradicional Silence Hall: Banda experiente em experiência nova Warmask: Metal sim, senhor! Mandragora: A imponência do Metal sul-americano Peso e Cadência: Peso e Cadência em EP Maestah: Gana pra sair da mesmice Merkabah: Técnica e coerência Falling In Disgrace: Na linha tênue entre extremos Midnight Bullet: Hard Rock de peso Desolate Pathway: Novo projeto de ex-Pagan Altar e Sacrilege Aske: Enraizado e muito bem feito F.A.C.E.: Da Bulgária para o mundo Makinária Rock: Ao Vivo na Cidade Rock Serenity In Fire: Fazendo o passado se encontrar com o presente Tempestilence: Sede de Death Metal! Sky In Flames: Melodia e aura maléfica Apple Sin: Um belo cartão de visitas Pray For Mercy: Soando atual sem soar piegas Phantom: Psycho Minds é muito legal In Torment: Honrando seu nome Save Our Souls: Enfim, o debut! Esdras: A atitude que resiste Hellsakura: Mescla rebelde de Punk, Rock and Roll e Metal Hollow: Seguindo a cartilha do Thrash Metal atual The Brainwash Machine: Fugindo do típico Metal colombiano The Profane: Paraguai e seu Rock 'n' Roll malvado Mad Roulette: História comum, consolidação diferenciada Miseo: Banda nova, músicos experientes AirTrain: Facilidade em mesclar Metal e Hard Rock Chaos Synopsis: Superando o insuperável Melyra: A propriedade das mulheres do Metal Exodia: Mantendo a energia de sempre Alefla: Dando ainda mais gás ao Power Metal Wild Child: Uma grata surpresa Munruthel: Primeiro trabalho relançado Existance: Metal tradicional empolgante Monster Stupid Face: Indonésia em peso Esotherisst: Contrastando peso e suavidade Silver Razor: Boa energia e refrões excelentes Furia Inc.: Um dos melhores representantes do Metal moderno Vomitfication: Unindo todas as facetas do Death Metal My Dying World "Mako": Particular e angustiante Doomraiser: Doom Metal diferenciado Nader Sadek: Brutal, intrincado e apocalíptico Drawers: Cada ouvida uma descoberta Corpse Garden: Sem palavras de tanta qualidade Animal House: Prioriza o Metal mas dá espaço a outras influências Warsickness: Mantenha-se Thrash Metal Skyforger: Melodic Folk/Death Metal? Black Oil: Semelhante, mas de aura pura Sordid Flesh: Mais abrangente, mais universal Diablerie: Mais um representante do Metal industrial Solitary Sabred: Variando a sonoridade Dirty Grave: Transmitindo honestidade e talento Roadie Metal: Mais uma coletânea de tirar o chapéu Deus X Machina: Exemplo de Power Metal Primator: Enfim o debut com "Involution" Sotajumala: A hora de mais reconhecimento no Brasil Despot: Surtindo o efeito positivo Decayed: Um dos principais nomes do Black Metal português Spectral Haze: A parte nebulosa e colorida da Noruega Borknagar: Relançamento dos noruegueses Bloody: O retorno sangrento Sistema Sangria: Combatendo o estado de alienação Dr. Living Dead: O Crossover vive! Encéfalo: Subindo alguns degraus Luis Kalil: O menino prodígio da guitarra Spiritz: Músicas criativas e empolgantes Dominhate: Indicado a fãs de Immolation e Hate Eternal Bella Utopia: Nada corriqueiro dentro do Rock/Metal Acrania: Death Metal ainda mais latino Regurgimentação Necrovaginal Sangrenta: Grind/Gore bem produzido Pop Javali: Sabendo exatamente o que querem Draconis: Mais uma banda de qualidade vinda da Argentina Portal: Provando o improvável Phrenetix: Demo com pinta de álbum oficial Deus Otiosus: Inovando, mas mantendo a essência Piah Mater: Talento imprescindível e conhecimento de causa Primalfrost: Banda do mais novo guitarrista do Vital Remains Corpsia: Order From Chaos - Peso é a ordem Buaiteoir: Primeira demo divulgada Relentless: Guitarras dando conta do recado Abattoir: Clássico do Speed Metal relançado Contempy: Confirmando o que já prometia Sidious: O lado indigesto da coisa Cro-Mags: Clássico Metal das ruas relançado Seawalker: Tendo muito a oferecer Vulcano: Clássico absoluto do Metal nacional Saint Spirit: Loucura como temática conceitual Setrovian: Procurando a medida certa Deathinition: Thrash Metal dinâmico Suicide of Disaster: Indonésia provando que Death é o seu estilo ssSHEENSss: Nome estranho, som nem tanto Tengger Cavalry: Primeiro novo álbum regravado Conjuro Nuclear: Nem tudo de ruim The Meatfückers: Correndo riscos com o Pornogore Chronosphere: De alguma forma soando original Concrete Icon: O fúnebre Death/Doom Colosus: O individualismo característico Vizaresh: Unindo grandes nomes do Metal extremo nacional Mork: Um salto impressionante de qualidade Cortez/Borracho: Split de Stoners diferentes Calibre Zero: Dinamismo e pegada no Hard 'n' Heavy Chainfist: O peso do Hard Rock dinamarquês Walker: Expandindo a sonoridade de Minas Gerais Vulcano: Sempre honrando seu legado Rhestus: Material histórico da banda catarinense Certos Porcos: Banda de ex-Holocausto na área Impurity: Mais um clássico do Black Metal nacional relançado Syren: Cariocas estão evoluindo plenamente Espera XIII: Um dos melhores discos de 2015 Skyconqueror: Metal das antigas como deve ser Os Capial: Brutalidade e bom humor andando juntos Murder Worship: O poder do extremo underground Bloody Violence: Metal extremo, extrema técnica Nando Moraes: Mais um herói das seis cordas Feartone: Apenas o lado agressivo do Metal moderno Nuestro Odio: O lado bom do nosso pior momento Burning Butthairs: Grind/Death proibido para menores Unmasked Brains: Inovando o passado Losna: Continuando sua saga maléfica Blues Pills: A nova sensação do Rock clássico mundial Bloodshot Dawn: Dando um passo adiante Whipstriker: Metal brasileiro, extremo e old school Torchure: Relançamento underground do Death Metal europeu Dante Fenderrelli: Mesclando estilos pra buscar originalidade Trigant: Alemães também precisam de ajustes The White Indian: Death Metal feito por descendentes indígenas Quinta Travessa: Agressividade e letras ácidas Doomsday Hymn: Mensagem em português e som universal Blast Off: Thrash Metal sem piedade Thalion: Banda canadense oferecendo o que o Power Metal exige Black Crown Initiate: Death Metal nada comum Blackwelder: Dream team com Aquiles Priester e Ralph Scheepers Bjarm: A extremidade do Metal sinfônico Panzer: Detonando com primeiro DVD Embalmed Souls: Passando da hora de lançar um álbum oficial Undecimber: Gothic Rock flertando com pop Uruben: Viking Metal pra quem tem origens Beyond Mortal Dreams: Death Metal da Oceania Bane of Bedlam: Nem datados, nem tendenciosos Atomic Bomb: A selvageria imperando no underground Necromesis: Entrando pra história do Metal extremo nacional Vigans: "Além do Caos" está além do Metal comum Vallenfyre: Com membros do Paradise Lost, My Dying Bride e CoF Hard Desire: De volta com EP digital Imperative Music: O volume mais extremo da coletânea Vargsheim: Alemanha entrando de vez no celeiro Black Metal Avulsed: EP dos mestres do Death/Gore espanhol Vengeful Ghoul: Metal direto da Turquia Arroganz: Encontrando meios de diferenciar-se Apocryphal Voice: Uma ode à versatilidade Vile Regresion: Apostando na melodia e brutalidade Anti-Clone: Saudades do New Metal? The Assault: Explorando todas as facetas do Thrash Metal Hammerhead Blues: Talvez de outro planeta Lethal Rising: Pernambucanos demonstrando talento acima da média Crom: Voltando pra ficar com "We Are Steel" Crucifixion BR: Enfim o debut destes guerreiros do Metal nacional N.W.77: Crossover aliado à técnica em "Nuclear Awake" U.D.O.: Melhor trabalho do baixinho nos anos 2000? Roadie Metal: Coletânea dupla com o melhor do Metal brasileiro Anarchos: Se inspirando em mestres conterrâneos Seu Juvenal: O Rock errado que deu certo Vomitile: Cipriotas se inspirando em sonoridade americana Alunah: Uma vocalista comandando a velharia Horyzon: Uma aula de qualidade no AOR Voyag3r: Instrumental de tirar o chapéu Rotten Penetration: Honrando tradição do Metal extremo brasileiro Braidance: Disco baseado na cultura egípcia Will of The Ancients: Escondendo o jogo Amok: Thrash Metal despretensioso e de qualidade Wild Witch: Grata surpresa brasileira Altergeist: Vocalista influenciado por Michael Kiske Immortal Opus: Estreando com single matador Ad Patres: Relançamento de álbum memorável Witchfyre: Preservando as raízes do Metal Warshipper: Dando uma nova cara ao Metal extremo Signs Preyer: Diversificado abrangendo diversos gêneros Exxorddium: Bebendo em fontes do Metal nacional oitentista Antcorpus: Agressividade do início ao fim Witching Hour: Black Metal rústico e agressivo Sweet Storms: Collector of Souls e Metal Extremo M-Pire of Evil: Lançamento ao vivo dos ex-Venom 2 Wolves: Representando bem suas origens Brutal Morticínio: Grande aproximação de sua identidade própria Dödsvarg: Sem impor limites à criatividade Blackning: Estreando com pé direito e calibrado Bloodwork: Conhecimento de causa no Death Metal M-pire of Evil: ex-Venom lançados no Brasil Zud: Black Metal, Rock and Roll e Blues? Old Burn: Caos em forma de música Agnata Fides: Fazendo o diferencial nas Minas Gerais X Avenger: A imponência do Metal verdadeiro Spartacus: A essência do Metal brasileiro IncognoscI: Implora-se por um debut urgente Enforcation: Juventude livre de tendências Putrid Offal: Experimentando em diversas formas Ten: Praticamente 20 anos dedicados ao Hard/Prog Metal Terror Empire: Enaltecendo o Thrash Metal português Paria: Adicionando melodia em influências clássicas Fallen Idol: Saindo da zona de conforto Anarkhon: Uma aula de Death Metal Tor Marrock: Abrangendo muito mais do que propõem Betoken: Honrando as tradições italianas Anarkhon/Vomepotro: Duas entidades do Death Metal nacional 352 Poserkiller: Direto da longínqua Luxemburgo Brutal Morticínio: O primeiro despertar Flesh Grinder/Lividity: Brasil e EUA unindo forças e brutalidade Abate Macabro: Colocando o Brasil entre os maiores do Black Metal Vomepotro: Podridão e técnica de uma só vez Morfolk: Uma das mais importantes no Death Metal em SP Grabnebelfürsten: Não é o que parece Helloween Brazilian Tribute: Homenagem brasileira às abóboras Spun in Darkness/Chronic Infect: Split pra quem gosta de Death Into The Cave: Mesclando o lado mais extremo do Metal Hebosagil: Entre o bizarro e a escrotice Janx: Estreia com pontapé direito Sextrash: Clássico do Metal extremo mineiro é relançado Black Mare: Indicado aos herdeiros da Dark Wave Tourniquet: Experimentando lados ainda mais técnicos Acrania: Salsa Death Metal? Territory: Uruguai representando no Thrash Metal Dead Dark Slide: Capa estranha, livro estranho, som estranho In Absenthia: Segundo passo com cadência e obscuridade Creature: Black Metal puro e simples A Hill To Die Upon: Black Metal Brothers Maleficarum: Honrando a tradição do Metal Extremo nordestino Imperative Music Compilation: V8 com direito à Epica e Obituary Dyingchrist: Honrando o Black Metal sulista Dead City Walker: Projeto ousado de Heavy Metal Jupiterian: EP agradará aos fãs de Doom Metal Íami: Trabalho praticamente artesanal Dissorted: Alemães fazendo o que alemães sabem fazer Siriun: Banda brasileira com baterista do Suffocation Johnnybox: Rock and Roll bem definido Terminus Est: Direto do Pará para conquistar outros territórios The Autist: Metalcore abalando em Portugal Cervical: A redenção do "Rock paulera"? Accept: Fechando a trinca com chave-de-ouro Through The Silence: Portugueses com sede de Metalcore Hammerfall: "(r)Evolution" é uma volta às raízes? Uganga: Atingindo seu ápice com quarto disco Tellus Terror: Mesclando estilos como poucos Open Scars: Brutalidade direto do Paraná Grimriot: Além do que se propõe em estreia Sinister: 7" EP raro dos holandeses Phrenesy: Thrash Metal em estado bruto D.A.M.: Aparando todas as arestas Sakrah: Fazendo o que sabe e muito bem feito Andsolis: Grata surpresa do Extreme Progressive Metal Addicted To Pain: Projeto inovador com músicos de alto gabarito Noturnall: DVD do primeiro show como se fosse o milésimo Hammerthrash: Trabalho para os "das antigas" Moonspell: Brasileiros homenageiam portugueses com categoria Girlie Hell: 7"EP pra glorificar! Dune Hill: Honrando a nova safra do Hard Rock brasileiro Valhalla: Power trio feminino em um de seus melhores trabalhos Acefalia: Não se restringindo apenas ao Death Metal Steelgard: Maturidade fora do comum Animal House: Jorrando pela primeira vez Crushing Axes: Mais visceral, menos experimental Cripta Mortiis: Single pra degustar Kriver: Um dos melhores Eps nacional do ano The Hollywood Monsters: com Appice, Bogert e Di'anno Fire Hunter: Evoluindo com seu Metal tradicional Lords of Aesir: 1º álbum da banda de Symphonic Metal nacional Hellcraft: Banda ucraniana cantando na língua pátria Lamia Culta: Segundo trabalho da banda ucraniana Hell Side: O retorno da lenda araraquarense Desalmado: Escravos do Grindcore Perturba: Punk Rock and Roll do quarteto de Várzea Paulista Red In White: Técnica e Hard Rock Walsuan Miterran: O sentimento da alma na guitarra Zaltana: Novo projeto de Tito Falaschi, ex-Symbols Perversity: 20 anos de carreira e metal extremo Relinquished: Facetas de diversos estilos Csejthe: Black Metal canadense cantado em francês Slug Comparison: Projeto do vocal/guitarra do FEN Atrum Tempestas: Passagens atmosféricas e climas tristes Necrobiotic: Ode ao Death Metal Heia: Um exemplo para o Black Metal Land Of Tears: Extremidade no Metal com aura épica Crown of Scorn: Death Metal gringo com vocal brasileiro Three Sixes: Bíblia sagrada insana Bandanos: O retorno dos reis do Crossover Nacional Cris DeLyra: Simplicidade e técnica caminhando juntas Creinium: Técnica, melodia e passagens industriais Sylvatica: Folk e melodia no trabalho do trio dinamarquês Mutran: Novo EP revigorado Machinergy: Segundo petardo do power-trio português Hårda Skit: Tradicionais características do Black Metal Magenta Harvest: Nome estranho e som surpreendente Makumbah: Abordando temas do interior paulista Hard Riot: Erguendo a bandeira do Hard Rock alemão Haloperidol: Transtorno Death Metal Godzorder: Uma prévia do que está por vir Miracle Master: Alemães que fazem Hard Rock pesado! Fallen Fate: Não inova, mas é magnífico Necromancer: Finalmente os debut dos cariocas Expulsion: Coletânea de raridades da banda sueca Enviktas: Finalmente o primeiro trabalho Degolate/Gulag: Split unindo duas forças nacionais do Death Metal No Remorse: Novo EP dos cariocas Noumena: Quem não tem Gothic caça com Melodic Death Metal Endemise: Agressivo e melodioso na medida certa Woslom: Coletânea de clipes e videos Doomsday Hymn: Som moderno, produção orgânica Paura: Peso e Groove no Metal nacional Discipline X: Crossover finlandês Amen Corner: Comemorando mais de 20 anos com lançamento especial Die Young/Confronto: Confronto cantando em inglês Imperium Infernale: Uma das melhores do Brasil no estilo Karne: Black Metal francês lançado no Brasil Agressor: Mais de 30 anos dedicados ao Metal Eternal Sex And War: 2º petardo dos italianos lançado no Brasil Joe Bonamassa: O novo trabalho do mestre do Blues contemporâneo Incinerad: Death Metal pra glorificar o mal! Edi Roque: Heavy Metal, Classic Rock e muito mais na guitarra Cartoon: Banda cobra criada inspirada em boas influências Rebeligion: Experimentando demais Gustavo Diaz: Talento das seis cordas Deguella: Violência pura em forma de música pesada Lottors: Heavy Metal nada comum Wintter: Inspirados em Rush, mas com características próprias Unearthly: Ápice dos reis do Black/Death Nacional Anno Zero: Versatilidade e ousadia Sob Cerco: Metal de pai pra filho Dancing Flame: Influência direta dos anos 80 Leprechaun: A verdadeira essência do Folk Shrapnel Storms: Investindo em demos Condemnation Cristi: Sinfonia Metálica como trilha sonora Higher: Deixando o Jazz e investindo no Metal NoWay: "Rise of Insanity" - A bela que é uma fera Silver Mammoth: Categoria unindo estilos R-Vox: Nocauteando com muito Rock and Roll Colosso: Portugueses experimentando com Death Metal? Age of Artemis: Firmando banda como uma das principais no estilo Shock: Retorno triunfal com um clássico Metal Sinnerator: Resenha do single da banda Alkanza: Mostrando a hipocrisia em forma de Thrash Metal Cemitério: Trilha sonora de Death Metal para filmes de terror Angry: Paulistas fazem um Thrash Metal furioso! Skydancer: Para apreciadores do verdadeiro Melodic Death Metal Bakken: Metal tradicional e Power Metal de alto calibre Hatefulmurder: Enfim o debut dos cariocas! Tunguska Mammoth: Stoner com Thrash? Canadenses ousados Warfather: conheça a banda de Steve Tucker (ex-Morbid Angel) FEN: Conheça o terceiro álbum da banda canadense Epistheme: Quinteto italiano diferenciado Ratos De Porão: Disco excelente de reis do Crossover nacional Creptum: Conheça a primeira demo da banda Republica: Música pesada de gente grande Chaotic System/S.F.D.: Split para quebrar os ossos Made of Stone: Superando a síndrome do segundo disco Hazy: Não se deixe enganar pela capa Harmony Fault: Um dos maiores expoentes do GoreGrind brasileiro Fishead: Do Grunge ao Thrash Metal? Winter Deluge: Da longínqua Nova Zelândia para o mundo Hagbard: Uma das melhores bandas de Folk Metal do Brasil Creptum: Black Metal na sua mais pura essência Fear of God: Barulho levado a sério Innvein: Agressivo Prog Metal argentino Imperative Music: Mais um volume da coletânea mundial Eternal Malediction: O retorno da maldição Maquinários: Rock como deve ser feito Nervochaos: Álbum mais variado dos guerreiros do underground Torture Squad: Metalizando os anos de chumbo Sodamned: Mantendo sua essência no "Dynamite" Metacrose: "Interrorgate" é variado e ousado Abusive: Três minutos bem aproveitados Venereal Sickness: Massacre contra a hipocrisia midiática A Red Nightmare: Metal extremo e moderno Syndrome: Mesclando Rock com gênero alternativos Redquarter: Mesclando gêneros com o "Innersight" Gasoline Special: O Rock que faltava Coldwar: Quarto álbum matador destes irlandeses Beastkrieg: Formação brasileira fincada nas raízes do Black Metal Shaking the speakers: Fundamental para conhecer a cena nacional Hate Embrace: Conheça o primeiro disco da banda Steelfox: Heavy Metal tradicional no sangue COAG: O Verdadeiro Open Grindcore Taketh: Mais um bom fruto da Suécia Centura: Composições cheias de energia Waterghost: Metal opera a caminho Tuomas Holopainen: História do Tio Patinhas em álbum conceitual Semblant: Desbravando novos estilos Fire Shadow: EP com cara de álbum oficial Tennger Cavalry: Prolíficos chineses em mais um álbum memorável Bloody Violence: Death Metal gaúcho técnico e brutal Bloodhunter: Frontwoman vociferadora! Bifröst: Som extremo com levadas interessantes Toxic Waltz: Thrash Metal atual com influência antiga Butchercrow: Pesado Death/Thrash sul-mato-grossense The Black Rook: Composições pegajosas e bem estruturadas Vagination: Nos limites da insanidade humana Balam: Doom Metal inspirado nos clássicos Brutal Exuberância: Thrashcore amazonense Humanart: Black Metal diferenciado Aurora Borealis: Indo do Death ao Black sem muito esforço Dead Or Alive: Mais pesado, mais técnico e mais bem produzido OldBoy: Projeto solo do baixista da Hate For Revenge Asphyx: DVD histórico da lenda do Death Metal holandês Valknacth: Melódico, épico, mas ainda assim agressivo Pile of Corpses: Death Metal e bom humor Amputated: Brutalidade e quebradeira Revolted: Entre a tênue linha do Thrash e Death Metal Hate For Revenge: Retornando com pegada certeira Among Gods: Variação no Death Metal Ergus: Prévia de um álbum promissor Mutran: Hard Rock com peso e suavidade na medida Hate Embrace: História de Lampião com trilha sonora Death Metal Detriktuss: Grande nome do Death Metal colombiano In Soulitary: Primeiro álbum lançado com êxito Verminous: Primeiro álbum relançado Aço Negro: Melodic Death Metal cantado em português Diabolical Hate: Nova demo da banda sul-mato-grossense Violation Wound: Projeto Punk/Hardcore de baterista do Autopsy Abysmal Grief: Doom Metal e temas de horror Chaos Plague: Mórbido Death Metal progressivo Protector: Thrash alemão lançado em território nacional Pentacrostic: Clássico pioneiro do Doom nacional é relançado Farscape: Thrash nacional em seu terceiro ato Masacre: Registro histórico da banda Colombiana Kismet: Mesclando Metal com música alternativa como poucos Crucified Mortals: Finalmente trabalho lançado no Brasil Endless Massacre V: Coletânea underground Deus Castiga: Mais um castigo Grindcore Lord: Diversos estilos em uma só música Hyperborean: Symphonic Black Metal e estreita relação com Marduk South Legion: Exaltando a cultura gaúcha com Metal extremo Nocturnal: Vocalista demoníaca no Black/Thrash Metal Metal Witch: Metal alemão na mais pura essência The Force: A redenção do Metal paraguaio Violator: Último registro antes da pausa Jackdevil: Atendendo as expectativas Necroccultus: Mexicanos apostando na extremidade Symphony Draconis: Memorável disco de Black Metal brasileiro X-Empire: É praticamente "inrotulável" a música da banda De Profvndis Clamati: Indicado às almas tristes e mais obscuras Deus Otiosus: Terceiro álbum mesclando anteriores Dfront SA: Letras em português na melhor forma de protesto Bad Luck Train: A pura essência Rock and Roll Slave Zero: Death Metal futurista Khaos Aeon: Som carregado de aura negra Unangel: Sonoridade engloba Death e Thrash com roupagem atual Vanhelga: Tão curioso quanto a alcunha do próprio mentor Chestburster: Soando descompromissado em segundo álbum Black Laguna: Nome inspirado hilariamente no Black Label Society Angerseed: Merecendo um álbum oficial Subcut: Uma das bandas mais "únicas" do Grindcore nacional Sangrena: Finalmente lançado no Brasil Vinterbris: Da fria Noruega, honrando as raízes Scordatura: Death Metal raro da escócia Krow: Novo EP matador da banda mineira Andralls: DVD ao vivo gravado em Belém/PA Ribspreader: Nova banda de ex-Deranged Onirophagus: Representando o Death/Doom Metal espanhol Divine Pain: Projeto do guitarrista do Malefactor Fire Hunter: Dos covers ao debut álbum Arandu Arakuaa: Maior representante do Metal indígena no Brasil ShitFun: Grindcore levado a sério Conquistadores: Metal cantado em português como deve ser feito Outlanders: Bebendo na fonte do Metal oitentista Noturnall: Músicos consagrados que fazem música de qualidade Asking Alexandria: Podem ser considerados ícones do Metalcore Agathocles/Preguh/Archagathus: Brasileiros em split com ícones Heretic Soul: Turcos detonando no Death Metal Expose Your Hate: Virando o "olho" pra lua Reckoning Hour: Agressividade no Metalcore Prólogo: Representando o Metalcore catarinense Legendary: Single mostra que estão prontos para o debut Sirenia: Passado e presente em um único trabalho Sirenia: Passado e presente em um único trabalho Inaftor: "Tosqueira" de bom gosto Executer: Veteranos do Thrash ensinando como se faz DNR: Som violento que pode quebrar o seu pescoço Madness Factory: Unindo influências do Crossover e Thrash Metal Climatic Terra: Metal argentino de responsa

Iced Earth: Stu Block encaixado de vez na bandaIced Earth
Stu Block encaixado de vez na banda

NoWrong: Unindo gerações do Metal Death Angel: O melhor álbum desde o retorno Scream of Death: Thrash Metal destruidor M-19: Banda das antigas, soando atual Hawthorn: Metal sinfônico como deve ser SuperSonic Brewer: O som pesado viciante Jugger: Versatilidade entre o Prog e o Power Metal Warcursed: Segundo álbum superior P3rception: Prog Metal abordando ciência e religião Lothlöryen: Regravação e conquista de mais espaço Soturnus: Gothic Metal com elementos de Black e Death Metal Necromesis: Potencializando ainda mais seu Death Metal Muqueta Na Oreia: Sarcasmo e Thrash Metal Lusferus: Seguindo os novos moldes do Black Metal Forkill: Grande nome do Thrash carioca Hate Handless: Mais uma poderosa formação das profundezas gaúchas Apoteom: Direto do Rio Grande do Sul Envoke: Chutando tudo logo de cara Skin Culture: Banda tinindo e furiosa Finitude: Versatilidade e músicos excelentes Pandemmy: Primeiro álbum superando expectativas 7th Symphony: Vários gêneros e muita técnica Sunroad: "Carved In Time" - Quem sabe, sabe The Underground Remains: Coletânea com distribuição mundial Spreading Hate: Brasil com som de Gotemburgo Scrok: Experiente banda nacional Every Man Is An Island: Qualidade, modernidade e bom gosto Skinning: Patrícios do Metal extremo Sevciuc: Quase nota 10 para álbum de banda carioca Paragoria: Mais uma grata surpresa eslovena Slasher: Superando o debut com maestria Revamp: Floor Jansen mostrando sua faceta maléfica Sabaton: Mais um ao vivo dos reis do Metal sueco Ayin: Brutalidade e técnica como pouco se vê Terror Fronte: Tudo que há de mais sujo no Metal Kappa Crucis: Um título que traduz exatamente o que a banda é Devachan: Heavy Metal cantando em português Implosion Circle: Variação e abrangência no Metal suíço Enforcation: Estreia digna de gente grande Hugin Munin: Os vikings brasileiros Human Improvement Process: Groove e peso na medida certa! Perceverance: Primeiro full-length dos italianos thrashers! Artillery: Mais um petardo dos reis do Thrash dinamarquês Seventh Seal: Estreia de Leandro Caçoilo em estúdio Her Dying Regret: Metalcore furioso Coldblood: A essência do Metal extremo brasileiro République du Salém: O verdadeiro Rock Nacional da atualidade Eibon La Furies: Metal obscuro indefinido Servi Diaboli: Rústico Black Metal de trio espanhol Disgrace And Terror: Colocando o pé no Death Metal Petit Mort: Álbum autointitulado é pesado e variado Wagner Gracciano: Abrangente e de ótimo bom gosto Marcos De Ros: O fantástico mundo de De Ros Darkside: Som equilibrado e abrangente Front Attack Line: Bônus tira o brilho do protagonista Electric Blues Explosion: Esplêndido com conhecimento de causa In Vida: Modernidade com peso de guitarras necessários Paulo Schroeber: Mostrando sua versatilidade Vingador: Thrash Metal diferenciado Chemical Disaster: Adotando o extremismo puro e simples Losna: Viva o Metal extremo gaúcho! Bioface: Primeiro álbum com participações de peso Temple Of Void: Soturno e rústico Doom Metal Diablery: Quinteto grego jogando pra ganhar Terrortory: Prometendo muito para o primeiro álbum Corporate Death: Um dos melhores álbuns nacionais de 2013 Acacia: com membros do Shining, Svart e Spawn Of Possession Sociopata: Agressividade e revolta contra a sociedade! Lucifericon: Se auto-intitulando Occult Death Metal Lepra: Grindcore como deve ser feito Igor: Músico português que não convence no Rock Kid Joe: O bom e velho Hard Rock nacional Monachus: "Below" é incomum e complexo Idensity: Mesclando estilos com muita competência Gengis Khan: Não são os criadores do "Comer, Comer" Mutant Squad: Passando longe da tosquice No Remorse: Sem remorso, sem piedade Godhum: Remanescentes de nomes como Extremunção e Venial Ocram: One-man-band direto de Málaga Napalm Death: Homenagem merecida das podreiras brasileiras Monge: Uma celebração brutal e infernal Fuck Off: Banda espanhola faz um Thrash Metal variado Dethrone: Banda jovem fugindo das tendências Perversion: Extremidade direto de Dubai Eutenia: Metal moderno, diversificado e cantado em português Rotting Empire: Extremo e diferenciado Demona: Speed Metal chileno com vocal feminino Statik Majik: A melhor banda Stoner Metal do Brasil Silent Cell: Investindo na tradição e na modernidade Deals Death: Terceiro petardo dos suecos Scourge: Odioso metal extremo mineiro Zombeers: Safadões e beberrões nada anônimos Hocnis, Imminent Attack e Puppets: Split com 3 bandas de Thrash Nervochaos: Boxed histórico da banda Uncaved: Mais um grande representante do Death Metal nacional Sarcasm: Resgatando a história do Metal esloveno Septekh: Direto e agressivo em seu terceiro EP Dead Awaken: Finalmente o debut "Where Hope Turns Dripping Red" Crowdburn: Unindo várias vertentes com peso Skum: Metal extremo com toques modernos Crossfear: Agressividade e técnica sem se intimidar Imperious Malevolence: Honrando a tradição nacional Desdominus: Compensando os 10 anos de espera Stone Magnum: Indicado aos fãs de Candlemass e Memento Mori Broken Fate: Thrash Metal nos moldes atuais Big Guns: Norte-irlandeses estreiam com o pé direito! Svart: Músico sueco aplica técnica ao Black Metal Artical: Banda grega com Mark Boals no vocal Advente Of Bedlam: Com participação de Tim Aimar (Control Denied) Tennger Cavalry: China impondo respeito no Metal Faust: Death Metal com Steve DiGiorgio no baixo Vanhelga: Som e pseudônimos curiosos Master Charger: Stoner/Doom Metal alegre? Mahogany Head Grenade: Música instrumental de qualidade Krownn: Peso e cadência direto da Itália Meaning Of Life: Primeiro álbum cheio de tristeza e melancolia Moss Of Moonlight: Mesclando diversos estilos com o Gothic Metal Contempty: Mais uma grande promessa do Doom/Death nacional Joyless Jokers: Revivendo o princípio do Melodic Death Metal Mena Brinno: Gothic/Symphonic Metal de respeito Explicit Hate: 25 anos de "A View Of The Other Side" Ghost Avenue: Heavy Metal como deve ser feito In The Burial: Um dos discos mais surpreendentes de Death do ano Hybreed Chaos: Abrangendo todas as vertentes do Death Metal King Fear: Nova banda do ex-vocal do Dark Funeral Panzer: "Honor" mostra a banda ainda mais agressiva Nidra: Indicado para as almas mais sombrias Necromancia: Mantendo a honra do Thrash Metal do ABC Hellarise: Ainda mais agressivas! Psychocalyspe: One-man-band de Melodic Death Metal Dogmatic: Poloneses estreando com o pé direito! Revolted Masses: Mesclando o Thrash Metal com o Death Metal Jackdevil: Um dos pilares do Thrash brasileiro Crocell: Inspirados em ícones do Blackened Death Metal Chaos Invocation: Black Metal na medida certa Gutted Souls: Death Metal autenticamente nacional Vidharr: Banda italiana faz um Black Metal diferenciado Aneurose: Debut vindo diretamente do inferno Implode: Mesclando Thrash e Melodic Death Metal Disorder Of Rage: Já está na hora de um debut Dichotomy: Brutalidade e técnica impecáveis Discurso de Pobre: Protesto em ritmo de Grindcore! Dysnomia: Prontos para lançar o debut Flagellant: Para fãs de Celtic Frost/Hellhammer Eshtadur: Metal extremo da Colombia com nível de 1º mundo Dark Tower: O que era esperado foi confirmado Elmsfeuer: Folk Metal na essência e no som Laid 8: Diversas influências desde o alternativo até o Metal Arceye: Peso, agressividade, brutalidade, melodia e técnica Illogicist: Influência de Death sem hipocrisia Uvikra: One-man-band Death/Doom Metal Among Rats: Death Metal direto da Áustria Backyard Mortuary: Debut álbum da banda australiana Crushing Axes: Um petardo da one-man-band de Alexandre Rodrigues Bukowski Family: Death Metal direto da Hungria Your Last Wish: Indicado a fãs de Arch Enemy Abductum: Uma volta ao passado glorioso do Metal Eminence: Uma das melhores bandas do gênero no Brasil Tyrants Blood: Aos aficionados por Metal extremo Voice Of Revenge: Death Metal com climas épicos Avec Tristesse: Retorno triunfal da banda carioca Black Diamond: Metal tradicional de qualidade Fuel 'n' Fire: Rock/Metal versátil, bem executado, cheio de pompa Queiron: Brutal Death Metal sem dó nem piedade Shadows Legacy: Suprindo a demanda do Metal tradicional Deventter: Agradará em cheio apreciadores da nova safra do Metal Deadly Curse: Metal extremo que abrange vários estilos Mehra: Metal moderno, mas com algo inovador Nordheim: Quinteto canadense faz Folk Metal agressivo! Marie Dolls: Mulherada mandando ver no Hard 'n' Heavy! Sacrário: Thrash Metal dos pampas em seu terceiro álbum Afgrund: Caminhando entre o Grindcore e o Death Metal Hellish War: Sem dúvidas o melhor disco do estilo até então Uganga: Eurocaos Ao Vivo é material histórico Orphaned Land: mais direto, porém mantendo as características Avulsed: Mantendo a linha Death Metal com temáticas Gore Armaroth: Death Metal clássico com pegada atual Necromass: Todo ódio que o Black Metal deve proporcionar In Absenthia: Doom/gothic nos moldes antigos Nostalgia: Depressive Black Metal oriundo do Peru Lady Beast: Metal como pouco tem se visto atualmente Despot: Black Metal nacional fincado nas raízes do estilo Infestatio: Thrash Metal com pegada Rock and Roll Black Magic Mountain Goat: Death Metal "old school" da Suécia Sinocence: Thrash e Prog Metal caminhando juntos Hammathaz: Unindo modernidade e bom gosto no Metal Horna: Clássico Black Metal escandinavo Onnírica: Metal melódico com dois vocalistas gabaritados Wael Daou: Guitarrista paraense em seu primeiro disco solo Metalizer: Trilhando os caminhos do Thrash Metal oitentista Silent Knight: Investe no Metal dos 80's com uma cara mais atual Fatal Impact: Power Metal direto da terra do Black Metal Hevilan: Aquiles Priester em debut da banda paulistana Prophajnt: Navegando nas águas do Heavy Metal, Hard Rock e AOR Stellar Master Elite: Black Metal diferenciado

Masterplan: recomeço e uma leve volta às origensMasterplan
Recomeço e uma leve volta às origens

Queensryche: superando a banda de mesmo nome de Geoff Tate As Dramatic Homage: o primeiro álbum oficial dos cariocas Darker Half: Power/Speed Metal com referências da NWOBHM Cadaveric Fumes: Death Metal old school focado nas raízes Visceral Slaughter: nova banda dos ex-Anonymous Hate Voyag3r: Metal experimental com cara de trilha sonora Universal Theory: trabalho que se descobre após várias audições SupreMa: profissionalismo em voga Dorrn: rock acessível com uma sonoridade alternativa e peculiar Helllight: um dos maiores expoentes do Doom Metal nacional Electric Age: promessa cumprida no primeiro EP Arthanus: Death/Viking de gente grande e pouco importa o resto Left Hand: influências de Thrash noventista e Hardcore Lugnasad: um dos melhores álbuns de Black Metal do ano Reign Of The Architect: para fãs de Metal Operas Escarnium: um dos maiores representantes do Death Metal baiano Zênite: E tem gente que diz que o Rock morreu... Illnulla: Black Metal da Itália com boa produção In Soulitary: influências que vão do Power Metal ao Hard Rock Pervencer: eles já estão aptos a lançar o aguardado debut Pessimist: Thrash Metal na tradicional escola alemã Gonoba: mais uma ótima banda eslovena Striking Beast: Thrash Metal sem tréguas feito na Polônia Scibex: já temos um bom representante do Black Metal atual Desecrated Sphere: unindo técnica e brutalidade de forma ímpar Frost Despair: Symphonic Black Metal nacional de qualidade Parágonia: coletânea mostrando a cena paraense Burialkult: um odioso Black Metal calcado nas raízes do estilo Devil's Bridge: som bem particular entre o old school e o moderno Rinoceronte: som que mescla Classic Rock com o Stoner atual Black Heart Rebellion: composições que não são pra qualquer um Konstellation: Black/Death Metal com nuances de Progressivo Forlorn Path: Cipriotas indicados para fãs do melódico italiano Tomcat: banda surpreende unindo Classic Rock, NWOBHM e Hard Rock D.A.M: trilhando caminhos do Melodic Death Metal Corréra: no seu ápice e com sangue nos olhos Brain Dance: Thrash/Groove Metal com uma pitada de progressivo Hibria: o ápice da carreira do quinteto gaúcho Angels Holocaust: mistura quase perfeita entre NWOBHM e Thrash Alphakill: se mostram competentes naquilo que se propõem Arrayan Path: Um dos maiores nomes do Metal do Chipre Bakken: banda mantém o mesmo pique em todas as composições Gama Bomb: Fazendo nome pelo underground mundo afora Lordi: Mais um bom trabalho dos "monstros" finlandeses Unearthly: DVD feito para fãs da boa música extrema Iced Earth: DVD mostra show intimista da banda Bloodbrothers II: seleção de bandas mais equilibradas que já vi Age Of Woe: um som pesado, grosseiro (no bom sentido) e sujo Mortifer Rage: banda impõe seu Death Metal Broken & Burnt: som pesado e cheio de 'groove' Woslom: um bom grau de evolução em seu Thrash Metal técnico Executer: um trabalho que não pode deixar de ser conferido Absent/Minded: Sludge/Doom Metal vindo da Alemanha Made Of Stone: Rock Alternativo, Prog Metal e Metalcore Against Tolerance: Deathcore ainda com nuances de Progressivo Otto Kinzel: solo do proprietário do selo Bluntface Records Skullcrusher: o Metal sul-americano está em uma ótima fase Screaming Savior: chineses surpeendendo com Black Metal sinfônico Tropa de Shock: o diferencial da banda é a identidade própria Amaze Knight: Prog Metal italiano com força e técnica Sercati: primeiro registro oficial do trio belga Wastefall: Prog Metal com nuances de Rock Alternativo e Thrash Scornage: boa execução, coesão e produção em geral Rhapsody: a banda perdeu tempo em seu começo por não fazer shows Iced Earth: Live in Ancient Kourion é de tirar o fôlego Overoth: som de peso, brutal e com variação rítmica Philosophie des Toren: mesclando facetas esdrúxulas do Metal Ritual Killing: Death/Thrash com sonoridade brutal e cativante Eu Acuso!: metendo o pé em tudo com seu primeiro disco Nekröllapse: som que possui qualidade, dentro de seus limites Lacerated And Carbonized: uma das melhores na atualidade Out Of Decay: mais agressividade, menos groove, menos tendencioso Rhestus: erguendo a bandeira do Thrash Metal mais tradicional Skinlepsy: retorno triunfal de um dream team do Metal nacional Still Living: arte, produção sonora e composições de dar gosto Attractha: Heavy Metal com Hard Rock e influências de Prog Metal Obskure: possivelmente o maior nome do Metal cearense atual Electric Age: single deixa aquele gosto de quero mais Immolated: faixas com menos de dois minutos dão o ar da desgraça Eclipse Prophecy: Power de qualidade que não foge dos clichês Arroganz: Blackened Death Metal de alta qualidade e muito ódio Barbaria: proposta sólida de fazer algo focado no Metal germânico Asenblut: variação de ritmos que a banda impõe chama atenção Chosen: muito mais que um simples Melodic Death Metal Devils Rage: som de alto nível e extremamente profissional Virus Cycle: extremamente indicado aos fãs do Post-Apocalyptic Stoneload: mescla bem influências antigas com o Metal atual Archaic Winter: Black Metal mesclado com facetas do Death Metal Revenge: um brinde ao Metal oitentista e um clássico desta Hells Anarchy: som instrumental de alto impacto Macabre Demise: sonoridade forte e agressiva Moghul: faz um som que segue a linha Sludge/Doom Metal Nailgun: Heavy Metal tradicional com influências de Prog Metal Gallo Azhuu: Rock e blues com pitadas bem leves de Metal Rotten Filthy: banda investe em um Thrash Metal brutal e pesado Nocte Obducta: som bem complexo e difícil de digerir logo de cara Face Off: uma banda que investe no Gothic Metal H.O.S.: Thrash Metal é o que manda aqui Anneke Van Giersbergen: demonsta ser mais Rock que sua ex banda Heaving Earth: continuam propagando seu Death Metal brutal BlackSkull: Speed/Heavy Metal inspirado no som oitentista Revenge: sonoridade caminha entre o Speedy/Heavy Metal oitentista Visagem: poderia facilmente ser a representante do Rock em geral FastKill: possui uma sonoridade que nos remete à banda Whiplash Ad Verita: Prog Metal com um misto de Metal Melódico Witchburner: tudo que o Thrash Metal pede está neste trabalho Battalion: banda investe em um Heavy Metal puro e simples Dark Ring: Metal não tem fronteiras e muito menos limites Dark Salvation: sonoridade voltada para o Melodic Death Metal Exarsis: um som enérgico e com muita gana Hell's Thrash Horsemen e Rattle: um único propósito, fazer Metal Andragonia: missão de elevar mais seu nome e superar o bom debut Kuazar: Mais uma banda sul-americana que produziu um bom trabalho FEN: Mais um grande trabalho deste quarteto canadense Order Of 315: Sonoridade versátil e alternativa D.I.E.: Quarteto mostra Hardcore nova-iorquino em EP Fanttasma: Um dos melhores trabalhos do ano Makinária Rock: Rockão pesado com um pé no Heavy Metal Patria: uma linha mais rústica e focada no extremismo do Black Hirax: quase 30 anos na cena e ainda fugindo do mainstream Terrifier: muito bem produzido e principalmente bem executado Unmasked Brains: banda volta à cena depois de treze anos Varicella: apenas para fanáticos por Metal Industrial Thygard: o que faz Harvest é muito mais que algo ousado. Sirocco: Epic/Celtic Metal com pitadas de Folk Distraught: o que temos aqui é um belo álbum de Thrash Metal Svoid: Black Metal interessante e, de certa forma, variado Chaos Synopsis: tudo no novo material é digno de gente grande Rusted Brain: que temos em "High Voltage Thrash" é uma obra prima Requiem: banda faz e muito bem o que se propõe Prey of Chaos: trabalho lançado de forma meteórica Oprich: sonoridade que abrange o Pagan/Folk Metal Order Of Victory: alguém que investe no Martial/Neo Folk Lago: destila o melhor do Death Metal americano Heroes Of War: sonoridade do grupo é mais direta e crua Discordiam: influência do Metal Tradicional com pegada Thrash Vomitory: banda anunciou que irá se dissolver no final de 2013 Impéria: Rock Nacional passando pelo Hard e flertando com o Metal Vader: Lytany foi um grande passo para consagração General Surgery: junção perfeita de Death Metal com Goregrind Trayce: uma aula de profissionalismo e bom gosto Black Mass: Black Metal com muita influência Crust/Grindcore Demolishment: Algo de Death Metal e uma pitada de Metalcore Vargsheim: banda abrange a natureza e diversos tipos de emoções Year Of The Goat: corra atrás desse trabalho, é excelente! All Still Burns: representante do Metalcore na região norte Corrosion Of Conformity: o trabalho que foi a redenção da banda God Dethroned: a fábrica de riffs se mantém intacta Totengeflüster: extremo, brutal e agressivo como Black Metal pede Molllust: elementos eruditos com bases e levadas Heavy Metal Leviathan: Black/Death Metal com uma grande dose de melodia System Annihilated: banda investe pesado no Melodic Death Metal Failure: numa sonoridade nada comum em países latinos Dark Vision: banda comemora seus 15 anos com EP Celtachor: som do grupo é focado no Folk/Black Metal Borg 64: pegada das faixas são raivosas, insanas e agressivas Avens: banda tenta difundir vários elementos em sua sonoridade Woslom: Thrash Metal proposto funciona muito bem Fates Prophecy: banda mantém sua sonoridade característica Rusted Brain: poloneses investem em um Thrash Metal brutal Vanderbuyst: Metal tradicional com boas pitadas de Hard Rock Asphyxia: Melodic Death Metal com uma certa pitada de Gothic Tribe: mescla elementos que vão desde o pop ao Rock Alternativo Rust N' Rage: uma sonoridade retro e com um visual bem clichê Priorato: Thrash Metal com forte influência de Black Metal Kaosmos: banda alia ao estilo muita técnica e variação Memorain: disco em um todo é uma paulada só Flagelo: grupo investe no Thrash da forma mais 'brazuca' possível Cauê Leitão: esse disco pode sim ser apreciado por leigos Instincted: "Ousado" é a primeira palavra quando ouvimos Chariots Of The Gods: primeiro álbum após 5 anos de atividades Inset: Death que não é simplesmente de maneira simples e direta Vorum: aquele Death Metal com uma aura maléfica Obscurity: apesar de auto-intitulado, é o sexto disco da banda Sanity's Rage: banda ainda tem muita lenha pra queimar Valfreya: sonoridade que mescla Black Metal com Folk Metal Slayer: álbum transmite toda pegada, fúria e agressividade Makumbah: demo pra soltar toda a fúria que o Grindcore necessita Outlove: com pitadas Hard, grupo possui influência Pop oitentista Kemilon: som da banda possui aquele clima espacial e viajante Eu E Os Meus Onanismos: continuam investindo na esquisitice Imperium Infernale: empunha a bandeira do Black Metal Black Coffins: demonstram experiência e maturidade Mad Maze: banda se envereda pelos lados Thrash Metal da Bay Area Infliction: fogem da tradição de seu país e fazem algo moderno Intractable: raiva e agressividade neste primeiro trabalho Rancid Flesh, Triturador, Industrial Noise: mega split brasileiro Morfolk: aula para quem insiste em plastificar o Metal extremo Hopelezz: banda é técnica, mas não deixa a agressividade de lado Metalmorphose: se saem muito bem cantando em nossa língua Pray For Mercy: pouco solo e muita brutalidade Panzer: ressurgem das cinzas dez anos depois Insepsy: 12 pedradas do melhor do Goregrind Hellscourge: banda chega ao segundo petardo com mais maleficência Tempo De Cinzas: fazendo um som focado na nova onda do Metal Gold: primeiro trabalho tem como fórmula fazer o básico Formis: se enveredam pelo Death/Thrash de forma nada simples Lacerated And Carbonized: equilibrada de forma quase perfeita Pombagira: os caras fazem um som bem excêntrico Impade: som que um dia dominou o mundo Heavy Metal Attic: riffs pesados, solos melódicos e cozinha com pegada Huldre: foca na sonoridade e temática do povo nórdico Voodoopriest: ar mais moderno na abordagem da composição Nostoi: som da banda vai do Classic Rock ao Heavy Metal Goatlove: um dos mais influentes músicos do Gothic Rock no Brasil Bingo: Crust/Hardcore insano, típico das bandas finlandesas NervoChaos: Death Metal feito na medida certa Xul: técnica, brutalidade e um clima bem obscuro Landwork: grupo se sai muito bem no que propõe Zaklon: 'one-man-band' que caminha pelos trilhos do Black Metal Scarlet Anger: alia todas as camadas do estilo de forma ímpar O: ódio, ira e muita, muita raiva Evil Emperor: Metal extremo de qualidade que alia Black e Death Endless Recovery: Thrash da Bay Area com o mesmo estilo Europeu. A Band Of Orcs: se enveredam pelos caminhos do Death Metal There's No Face: eles pendem pro lado mais extremo da coisa Munruthel: integra também o grupo de Thrash/Industrial [maua]: raramente se vê uma música com tanto vigor como essa Gangrena Febrosa: necessita de muita profundidade para audição Berkowitz: composições mostram uma pegada Black Metal Rhevan: eles não reinventam o estilo, nem têm intenção Chronosphere: o revival do Thrash também se aportou pela Grécia Symbolica: bom gosto, equilíbrio e peso imperam aqui Witchcraft: fazem um Black mais tradicional que seus conterrâneos Master: banda ajudou a criar o estilo mais violento do Metal Incursed: segundo trabalho acaba de sair do forno Hammathaz: riffs mortais, cozinha brutal e urros insanos Yekun: uma mistura de diversas influências Zombie Cookbook: primeiro trabalho oficial da banda Veér: envereda pelas raízes mais profanas do metal negro Hellarise: banda mostra evolução natural neste single Darkest: som de qualidade com influência do Thrash Mortage: lado mais agressivo e extremo do Thrash Metal Riti Occult: peculiar em quase todos os sentidos Blood Burns On: vêm conquistando um público jovem Rancid Flesh: traz toda fúria típica de suas composições ZhOra: caminha entre o Heavy Metal e o Stoner Steps Of Silence: do Metal tradicional ao Thrash Metal Deus Otiosus: segundo trabalho depois do "Murderer" Bloodbeast: Death de qualidade e feito por quem entende Kroh: não é um trabalho de fácil assimilação Anomally: banda é aquele caso de exemplo a ser seguido Shadows In The Crypt: riffs gélidos e melancólicos Plector: segue os caminhos do Death com influência Thrash Chaos Inception: fazem o Death Metal ecoar pelo underground Silentium/AR: split com duas bandas de peso da Ucrânia Imminent Attack: banda enérgica, divertida e rápida Viter: o que contém neste trabalho é muito aproveitável ChaosFear: uma sonoridade atual e nada tendenciosa Beyond Mortal Dreams: letras maleficamente doentias Orckout: Thrash Metal noventista com pegada Stoner Rock Innocence Lost: Heavy Metal de qualidade Evildead: Heavy Metal tradicional de ótima qualidade Germ: finalmente algo experimental e de bom gosto Silent Leges Inter Arma: cheio de quebradas insanas Atsphear: está muito mais aliada à técnica Kaapora: banda prima pela densidade de seu som Inkilina Sazabra: carrega um clima denso e obscuro Nervosa: Thrash Metal do grupo não está para brincadeira Massacre: Death/Thrash Metal focado nas raízes do estilo Dinamite Pangaláctica: som agradável, típico de festas Rock Three Hour Ceasefire: sabe fazer um bom Thrash/Death Metal Science of Sleep: encorpado e emana brutalidade The9thCell: material fresquinho na área, saindo do forno Nemphis Belle: unindo influências, mas sem soar datado Trails Of Sorrow: som sorumbático, arrastado e soturno Gypsy Chiefs Goliath: fácil ouvi-lo diversas vezes seguidas Desalmado: Grindcore sem dó nem piedade por todos os cantos Label Ohne Licht e Immemorial: não é pra qualquer um Chained And Desperate: teor melódico bem agradável Undecimber: clima obscuro e viajante sem e melancolia Morterix: Thrash bem característico com um pé no Crossover As Silence Breaks: som encorpado com boas melodias e groove Arandu Arakuaa: Metal com temática indígena brasileira Nathorg: Black Metal oriundo do Irã Blutvial: Black Metal perturbador e apocalíptico Lethal Storm: meio termo entre Death atual e "old school" Reverence: Não é preciso ser original para ser bom Gojira: Coesão absurda, com uma pegada certeira Paradise Lost: comemoração antecipada dos 20 anos do disco Test: Ar muito mais macabro e maléfico que anteriores Hirax, Mortage e Devil On Earth: Overdose de Thrash Metal Tortorum: mais um herdeiro do Metal negro norueguês Six Feet Under: Pérola do Metal extremo mundial Space Mirrors: Som nada comum, auto intitulado Space Metal Steel Wölf: Um som que pode dar certo Santarem: Digno da evolução natural da banda Command6: Uma banda muito afiada e coesa Terror Empire: Thrash Metal furioso e friamente calculado Purification: Mais de densidade do que o de costume Hellstouch: Apoiamos o Metal Nacional, e você? Ódio: Death Metal com pegada brutal e uma veia old school Neuronia: Thrash Metal, Melodic Death Metal e Hardcore Imagery: Quebras de andamento e arranjos intrincados Scar For Life: Caminha pelo trilho dos conterrâneos famosos Shock: Riffs nervosos e uma interessante linha de baixo. Mystagog: Para os ouvidos menos sensíveis do Metal negro Executer: Sonoridade focada no Thrash Metal puro e direto. Kvlt Of Hiob: A loucura cristã entre outros assuntos. Neutron Hammer: Tudo nos remete ao som extremo de raiz Atsphear: Uma banda que merece mais atenção Encéfalo: Metal nordestino continua ecoando com toda força. Slayer: Mais maduros e menos infantis Amnesia: Técnica e pegada certeira Machinage: Uma boa repercussão pelo underground nacional Necromorten: Velocidade com riffs violentos e nervosos Orrör: Um Grindcore primoroso feito por quem sabe Motosserra Truck Clube: Dose de peso na medida certa King Diamond: Resolvendo ousar e continuar com a saga Skylark: Projeto que já está há 18 anos na cena Hellride: Mais uma banda promissora vinda de Belém Andralls: O som do grupo continua cheio de feeling Coldblood: Ótimo trabalho, banhado em Death Metal Sarah Jezebel Deva: EP com Dani Filth e Björn "Speed" Strid Prey Of Chaos: Grindcore, Hardcore, Thrash e Death Metal Killer Klowns: Acessível, mas nada que tocaria em uma rádio Lymphatic & Pankreatire: Split LP com 2 bandas Goregrind Hard Desire: Muito mais que um emaranhado de influências Neófito: Death onde não impera originalidade, e sim feeling Soilwork: Em 2002, a caminho do extremo, melódico e moderno Slayer: Raízes do Black Metal em Show No Mercy Borknagar: Urd é o melhor trabalho dos noruegueses? Blackskull: Speed/Thrash totalmente oitentista Atsphear: Mais um grande trabalho desta banda espanhola Anonymous Hate: Death Metal, honestidade e bom gosto Fenícia: Pop Rock de classe e com personalidade Mysteriis: Transpassando sem abandonar o Black Metal Coldworker: Death influenciado por Entombed e Dismember Astafix: Simples, mas profissional e de boa qualidade Atsphear: Banda espanhola investe no Melodic Death Metal Anonymous Hate: Um bom debut desta banda de Macapá Scars From The Last Fight: Com maior foco no Metalcore Napalm Death: "Utilitarian" é um dos trabalhos ousados Krow: Metal extremamente profissional e de bom gosto Astafix: Sonoridade focada no Thrash Metal moderno Edge Of Paradise: O Prog Metal ainda é o foco principal Old Grindered Days: 9 bandas destilando podridão e barulho Buffalo Theory MTL: Som enérgico, com gana e de muito peso Gods Of Chaos: Influências que vão do Crust ao Grindcore Crunch Delights: Goregrind que transborda podridão Brutally Murdered: Nos moldes mais tradicionais do Death Sabaton: sempre mantendo a chama do Power Metal acesa Slippery: Hard Rock com pitadas de Heavy Metal Masterplan: Pontos positivos são a obrigação deste time Kliav: Álbum é um trabalho muito bem produzido e executado Ponto Nulo No Céu: Metalcore cantado em português Soilwork: "Panic Broadcast" define de vez sua sonoridade Circle II Circle: "Consequence..." é seu álbum mais pesado Candlemass: Ao vivo e trazendo um DVD com dois shows Candlemass: a essência da banda com o vocalista Robert Lowe Orden Ogan: Power com pitada de Folk Metal Cruscifire: EP traz seis faixas para degustação Sirenia: Gothic cheio de arranjos belíssimos e variação U.D.O.: Seguindo clichês que Dirkschneider ajudou a criar Ancesttral: Prévia do trabalho que está sendo composto Age Of Artemis: Tirando leite de pedra de estilo saturado Fire In The Cave: Sludge, Doom e leves toques de Stoner Insanity Force: Três guerreiras do underground em EP Lothloryen: Resultado final, uma sonoridade agradabilíssima Thygard: Demo tem como foco o Metal Industrial Warpath: EP traz sete faixas, sendo três ao vivo Sarah Jezebel Deva: Personalidade forte e figura carimbada Aborted: Quinze anos lapidando seu som Totem: O trabalho de estreia da banda candanga Beyond The Grave: Grata surpresa o debut desses paulistas Bruto: Thrash com veia Rock And Roll cantado em português Corpse Grinde: Novo álbum digno da história da banda Orphaned Land: A banda é, no mínimo, exótica Crushing Axes: De difícil digestão, mas com bom gosto Psychotic Eyes: Influências de Death, Carcass e Arch Enemy Repulsão Explícita: "Não quero saber de porra nenhuma!!!" Claustrofobia: Mais um belo registro em sua história Omfalos: Sonoridade inteligente e perturbadora The Force: Thrash veloz, riffs intensos e cozinha simples Drowned: Belligerent Part Two; Death And Greed Are United Deformed Slut: Bom trabalho Brutal Death Metal em estreia Destruction: Adaptada aos tempos atuais sem soar modernosa Mistrust:: Composições de bom gosto e muito agradáveis Forka: Um trabalho que demonstra certa homogeneidade Evisceration Blast: Pancadaria e técnica em três faixas Warfire: It's Time To War é Heavy Metal puro e simples Necromesis: Sem abusar de firulas ou soar cansativos Severe Disgrace: Thrash/Death Metal moldado em sons antigos Division Hell: Impressionante o vigor que emana das faixas Project 46: Fazendo muito conservador torcer o nariz Polaris: Thrash/Speed Metal, mas nada retrô Sodamned: Aliando Death old school com Metal extremo atual Device: Caminhando entre o Thrash e o Death Metal Aeon Arcanum: Para apreciadores de brutalidade e técnica Clawn: Um dos melhores discos de Brutal Death no Brasil Mythological Cold Towers: O álbum mais melódico do grupo Against Tolerance: Muito mais competente do que original Bywar: Um dos melhores do ano, e com cara de clássico Slasher: Estreia é um belo cartão de visitas At War: Heavy Metal rápido, cru e sem frescuras Sacrificed: Influências do Metal tradicional ao Prog Almah: Explorando outras vertentes sem perder o feeling Oligarquia: Uma das mais importantes bandas Death de SP Cruscifire: Death Metal com algumas pitadas de Thrash Symphony X: Mantendo som característico dos últimos álbuns Chrome Division: Numa linha tênue entre Rock & Roll e Metal Pegazus: Para quem curte Metal com clichês e paradigmas MindFlow: Criando uma nova essência para o Prog Metal Murderer: Trabalho homogêneo, como o Death Metal deve ser Ad Baculum: Trabalho honesto feito por quem sabe do assunto Scorner: Death Metal influenciado por Cannibal e Nile Ecliptyka: A estreia da banda de Gothic/Power Metal Deathraiser: O retorno triunfal do Thrash Metal à cena Errana: Prog e Doom Metal entre suas influências Deus Castiga: punindo seus ouvidos em demo

Resenhas de Shows

Testament, Cannibal Corpse, Genocídio: três lendas no palco em SP Araraquara Rock 2012: como foi o Dia do Metal do evento 1º Metal Descalvado: quinze anos sem um evento do gênero

Galerias de Fotos

Sepultura: Galeria de fotos do show no SESC São Carlos

Maiores e Melhores

Arte Metal: lista dos melhores de 2013 segundo Vitor FranceschiniArte Metal
Lista dos melhores de 2013 segundo Vitor Franceschini