Matérias Mais Lidas

imagemO reencontro entre Steve Harris e Paul Di'Anno na Croácia

imagemEddie aparece em versão samurai no primeiro show do Iron Maiden em 2022; veja foto

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemJen Majura disse que sair do Evanescence não foi decisão dela e recebe apoio dos fãs

imagemConfira as músicas que o Iron Maiden tocou no primeiro show de 2022

imagemRoger Daltrey revela a música "amaldiçoada" que o The Who não toca mais ao vivo

imagemSystem of a Down: por que Serj Tankian não joga mais nenhum vídeo game?

imagemAngra: Quantos shows seguidos a voz aguenta sem restrições? Fabio Lione responde

imagemSentado em cadeira de rodas, Paul Di'Anno faz primeiro show em sete anos

imagemDee Snider cutuca bandas com falsas aposentadorias e ingressos caros

imagemOzzy Osbourne diz que está bem aos 73 anos, mas sabe que sua hora vai chegar

imagemO clássico do Helloween que fez Angra mudar nome original de "Running Alone"

imagemVeja Iron Maiden tocando músicas do "Senjutsu" pela primeira vez ao vivo

imagemAndre Matos sempre foi de esquerda e reprovaria governo atual, diz irmão do maestro

imagemDo Ozzy ao Slayer: veja os momentos mais metal do desenho South Park


Stamp

Desalmado: Grindcore sem dó nem piedade por todos os cantos

Resenha - Desalmado - Desalmado

Por Vitor Franceschini
Em 29/09/12

publicidade

Nota: 9

Desde 2004 na cena, o Desalmado vem despejando seu Grindcore sem dó nem piedade por todos os cantos do pútrido underground. Este trabalho auto intitulado mantém a chama mostrada em "El Fuego" (demo – 2004) e do EP "Hereditas" (2008). Obviamente que a música evoluiu, mas a característica da banda está intacta.

Tudo o que se vê de novo aqui, graças ao tempo, é o entrosamento e a técnica da banda, além de doses extras de peso e brutalidade. A produção do disco, a cargo de Jean Dolabella (ex-Sepultura e Augusto Nogueira), está nítida e conseguiu deixar tudo em evidência, sem mexer nas características do estilo.

Não dá para não mencionar de cara o trabalho das guitarras. Os riffs de Bruno Teixeira (agora baixista) e Estevam Romera estão beirando a perfeição. O timbre sujo e grave caiu como uma luva e as influências de Thrash e Death Metal são latentes, como podemos sacar em Canibal Social (uma das melhores composições do trabalho, que porrada!) e Falso Profeta.

Sem querer puxar a sardinha para todo mundo, mas já puxando, os vocais de Caio Augusttus são um verdadeiro terror. O gutural é potente e os rasgados são tão insanos que chegam a arrepiar os cabelos da nuca. Tudo vociferando temas relacionados à política social e suas consequências nada boas.

Por fim temos uma cozinha que é muito exigida e que não deixa a desejar. Maria Piti injeta peso e agressividade com seu baixo, enquanto Ricardo Nutzmann parece usar um kit de bateria por show, já que destrói seu instrumento sem misericórdia. As já citadas Canibal Social e Falso Profeta, além de Todos Vão Morrer, Sofrer, Morrer e Apodrecer e Ceifador são minhas favoritas, mas prefiro ouvir o álbum inteiro. Já está na lista de melhores do ano.

http://www.desalmado.com
http://myspace.com/desalmado
http://twitter.com/desalmado
http://dessalmadogrind.tumblr.com


Outras resenhas de Desalmado - Desalmado

Resenha - Desalmado - Desalmado

Resenha - Desalmado - Desalmado

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Desalmado e Hibria no episódio 35 do podcast Papo metal



Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini.