Anguere: Insano e agressivo

Resenha - H.C.R.C. - Anguere

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Este é o segundo EP da banda Anguere (se pronuncia Anguerê), trio formado em Rio Claro/SP em 2008 – aliás, “H.C.R.C.” significa Hard Core Rio Claro”. Este trabalho serve como uma prévia do primeiro full-length que sairá em novembro sob o nome de “Choque” junto com um novo clipe da banda.

5000 acessosQue tipo de metal você está ouvindo?5000 acessosZakk Wylde e Dave Grohl: A treta por causa de canções para Ozzy

Apesar da vidente e anunciada conotação Hardcore, a banda apresenta em sua sonoridade algo que vai além. Afinal, o som do grupo é brutal, possui certa dose de ‘groove’ e a única coisa exclusiva do gênero são as letras de protesto e caos típicas do estilo.

A faixa título abre o disco de forma meteórica com uma pegada Grind/Thrash de apenas onze segundos. Isso já mostra toda insanidade e agressividade do grupo. Insanidade retratada nos vocais de Thiago Soares que vomita as letras em português com toda fúria que as linhas pesadas do instrumental impõem.

Corrupção F.D.P. e Campo Minado, ou seja, as outras duas faixas que compõem o EP trazem variações rítmicas, quebradas, ‘groove’ e até ‘blast beats’ com destaque para os riffs caóticos de Campo Minado que transmite uma energia e agressividade absurda. A produção do trabalho é boa com os timbres interessantes e bem escolhidos. Com certeza se o álbum seguir esse caminho é som pesado de qualidade garantido.

https://www.facebook.com/anguere?fref=ts
https://soundcloud.com/anguere

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Anguere"

HumorHumor
Que tipo de metal você está ouvindo?

Zakk Wylde e Dave GrohlZakk Wylde e Dave Grohl
A treta por causa de canções para Ozzy

BateristasBateristas
Três músicos que todo fã de rock deveria conhecer

5000 acessosDelain: baixista quase perde testículo no palco - veja vídeo5000 acessosGuns N' Roses: Axl desafina guitarra de Slash e pede desculpas5000 acessosLinkin Park: um exemplo mostra que é a banda mais foda do mundo5000 acessosGuns N' Roses: "Sweet Child O' Mine" seria um plágio?5000 acessosBlack Sabbath: os 10 momentos memoráveis de Tony Iommi5000 acessosRiffs Heavy Metal: 50 dos mais famosos em 18 minutos

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online