Arroganz: Encontrando meios de diferenciar-se

Resenha - Tod & Teufel - Arroganz

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

9


É muito bom ouvir uma banda que consegue achar (não sei como) meios de diferenciar-se mesmo mesclando gêneros que foram sugados até a tampa. E os alemães do Arroganz conseguem isso fazendo de seu Death Metal com flertes de Black Metal algo muito interessante.

Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?Ivete Sangalo: "Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e Rush"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Não, o trio oriundo de Cottbus, não se utiliza de elementos atípicos ou qualquer coisa que diferencie sua música de forma mais apelativa. Simplesmente se utilizam de uma fórmula simples, mas que é muito pouco explorada e só usam vocal, guitarra, baixo e bateria.

A questão é que buscam timbres diferentes, levadas diferentes e as incorporam ao tradicional, gerando um som agradabilíssimo e de muito bom gosto. Quem prestar bem atenção vai perceber que as guitarras sujas carregam um ‘Q’ de Stoner, mas que a execução de suas linhas vai muito além. Isso sem contar o baixo distorcido que dobra o peso das músicas.

Velocidade não é o principal objetivo da banda, que alterna ritmos arrastados, com outros menos cadenciados com alguns momentos mais brutais. Tudo isso sem contar a ótima produção no The Dark Depths Of Cottbus Studio, mixagem por Timo Rotten (Spitfire Productions) e masterização por Lasse Lammert (LSD Studio). Difícil mesmo é destacar algumas composições apenas.

http://www.hellishhordes.com/
https://www.facebook.com/hellishhordes




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Bandas: Por que ninguém está indo a seus shows?Bandas
Por que ninguém está indo a seus shows?

Ivete Sangalo: Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e RushIvete Sangalo
"Ouço muito SOAD, Linkin Park, Slipknot e Rush"


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor