RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemMustaine tentou fazer hit radiofônico e acabou escrevendo a "música mais idiota" do Megadeth

imagemOs 4 fatores determinantes que levaram Renato Russo a dependência química

imagemMax Cavalera escolhe seus álbuns "não metal" preferidos

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemMike Portnoy escolhe os álbuns preferidos de sua adolescência

imagemA opinião de Slash sobre Dave Mustaine e "Rust In Peace", clássico do Megadeth

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemFalling In Reverse insulta Sebastian Bach em seu novo clipe

imagemA opinião de Paul McCartney sobre a música dos Sex Pistols

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"

imagemOs 10 maiores álbuns da história do grunge, em lista do Brave Words

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal


Stamp

7th Symphony: Vários gêneros e muita técnica

Resenha - Written With Blood - 7th Symphony

Por Vitor Franceschini
Postado em 01 de abril de 2014

Nota: 7

Primeiro disco destes paranaenses que investem em uma sonoridade ao mesmo tempo complexa e acessível. Complexa porque possui um instrumental trabalhado levado para o lado do progressivo e acessível porque possui arranjos sinfônicos que dão certa leveza nas composições.

Sim, há peso e muito, mas se contrastam com a suavidade. Há malabarismos durante a execução das músicas, mas nem tão exacerbados, sendo que poderia ser um pouco menos. As viradas são muito interessantes e mostram uma banda coesa, enquanto os já citados arranjos são o diferencial com ênfase na música erudita.

A vocalista Juliane Carvalho possui um belo timbre e interpreta as composições com emoção. O único problema é que os vocais dela ficaram um pouco a frente dos instrumentos, erro de produção que pode ser consertado em um próximo trabalho.

Os timbres das guitarras foram muito bem escolhidos e os solos partem para um lado neoclássico. Às vezes as músicas parecem ser instrumentais de tanta ‘mirabolancia’, mas não chegam a cansar devido à competência dos músicos.

A cozinha também se destaca, sendo a precisão da bateria e o baixo forte e audível algo que adicionou e muito à banda. A produção no geral, com exceção dos já citados vocais, ficou muito boa. Exceto algumas ressalvas, o resultado final do disco é acima da média.

http://tnb.art.br/rede/7thsymphony
https://www.facebook.com/7thSymphony

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Exilio Angel

Slayer: a trágica e não revelada história do fim de Jeff Hanneman


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.
Mais matérias de Vitor Franceschini.