7th Symphony: Vários gêneros e muita técnica

Resenha - Written With Blood - 7th Symphony

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Primeiro disco destes paranaenses que investem em uma sonoridade ao mesmo tempo complexa e acessível. Complexa porque possui um instrumental trabalhado levado para o lado do progressivo e acessível porque possui arranjos sinfônicos que dão certa leveza nas composições.
5000 acessosNargaroth: "Brasileiros, deixem meus músicos em paz!"5000 acessosTradução - Fear Of The Dark - Iron Maiden

Sim, há peso e muito, mas se contrastam com a suavidade. Há malabarismos durante a execução das músicas, mas nem tão exacerbados, sendo que poderia ser um pouco menos. As viradas são muito interessantes e mostram uma banda coesa, enquanto os já citados arranjos são o diferencial com ênfase na música erudita.

A vocalista Juliane Carvalho possui um belo timbre e interpreta as composições com emoção. O único problema é que os vocais dela ficaram um pouco a frente dos instrumentos, erro de produção que pode ser consertado em um próximo trabalho.

Os timbres das guitarras foram muito bem escolhidos e os solos partem para um lado neoclássico. Às vezes as músicas parecem ser instrumentais de tanta ‘mirabolancia’, mas não chegam a cansar devido à competência dos músicos.

A cozinha também se destaca, sendo a precisão da bateria e o baixo forte e audível algo que adicionou e muito à banda. A produção no geral, com exceção dos já citados vocais, ficou muito boa. Exceto algumas ressalvas, o resultado final do disco é acima da média.

http://tnb.art.br/rede/7thsymphony
https://www.facebook.com/7thSymphony

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "7th Symphony"

NargarothNargaroth
"Brasileiros, deixem meus músicos em paz!"

TraduçãoTradução
O clássico Fear Of The Dark, do Iron Maiden

Kerry KingKerry King
"Não acho que Jeff e eu éramos melhores amigos."

5000 acessosArch Enemy: "satanismo é o cristianismo de ponta cabeça"5000 acessosJon Lord: "Bolin era bom, mas não era um Blackmore"5000 acessosGame Of Thrones: 7 músicas Heavy Metal inspiradas na saga5000 acessosSystem of a Down: E se o Padre Marcelo cantasse Chop Suey?3283 acessosBohemian Rhapsody: uma versão embriagada e presa5000 acessosMetallica: a semelhança estrutural dos discos da banda

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online