Matérias Mais Lidas

A opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano BrownA opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano Brown

Steve Vai: Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como eleSteve Vai: "Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como ele"

Malas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citaçõesMalas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citações

Bruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atençãoBruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atenção

O sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitidoO sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitido

Capital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do ViperCapital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do Viper

Raul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositorRaul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositor

John Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com YokoJohn Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com Yoko

Homem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeoHomem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeo

Após treta com Max Cavalera, Marc Rizzo elogia Andreas Kisser e novo disco do SepulturaApós treta com Max Cavalera, Marc Rizzo elogia Andreas Kisser e novo disco do Sepultura

A opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o MetallicaA opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o Metallica

Por que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos TrilhaPor que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos Trilha

Barão Vermelho: a curiosa história do clássico Por Você, segundo Maurício BarrosBarão Vermelho: a curiosa história do clássico "Por Você", segundo Maurício Barros

A importante dica sobre política que Tico Santa Cruz recebeu de Fábio AssunçãoA importante dica sobre política que Tico Santa Cruz recebeu de Fábio Assunção

YouTube ajudou Eric Clapton a montar o quebra-cabeça anti-vacina; me chamam de loucoYouTube ajudou Eric Clapton a "montar o quebra-cabeça anti-vacina"; "me chamam de louco"


Stamp

Blutvial: Black Metal perturbador e apocalíptico

Resenha - Curses Thorns Blood - Blutvial

Por Vitor Franceschini
Em 15/09/12

publicidade

Nota: 8

Formada em 2011 por Aort (guitarra, baixo e bateria, Code) e Ewchymlaen (vocal, guitarra, ex-Reign Of Erebus), a banda Blutvial definitivamente não é o tipo de horda que está para brincadeira. Desde o ano passado o baterista Zemogh está com o duo, formando o trio que gravou este "Curses Thorns Blood", que sucede o debut "I Speak Of The Devil" (2009). Além destes, a banda lançou o EP "Full Moon Possession" em 2007.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

O grupo faz aquele tipo de Black Metal perturbador, inquietante, raivoso com um clima denso e apocalíptico. É o tipo de som que se fecharmos os olhos iremos imaginar uma guerra no próprio inferno, sem nenhuma chance de escapar. Os riffs são ríspidos, a cozinha barulhenta e o baixo sujo, dando um ar ainda mais 'desgracento' às composições.

Os vocais de Ewchymlaen, apesar dos efeitos, carregam bem a bandeira do estilo imposto pelo grupo. Mesmo com essas características a banda soube variar em suas composições e isso pode ser retratado em contrastes entre faixas como Tirade Against Oversocialisation, que é cadenciada e possui um riff mais Rock and Roll e Three Curses e seus 7 minutos e meio de brutalidade e destruição.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Ainda assim a banda consegue imprimir climas épicos como se pode notar em A Light In The Forest e seus mais de 10 minutos de pura devoção ao Metal negro. At The Stones We Gather, que abre o disco, também se destaca por ser um belo cartão de visitas, além de possuir bons riffs e refrão.

A produção, propositalmente abafada, ficou a cargo de Jaime Gomez Arellano e foi feita no Orgone Studios (onde já gravaram Ulver, Ghost, Aura Noir e Cathedral). Banda que agradará em cheio os fãs mais radicais do Black Metal atual e servirá de inspiração aos apreciadores da pura violência sonoro. Aprovado!

http://www.facebook.com/Blutvial
http://www.myspace.com/blutvial

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Slipknot: como são os membros da banda sem as máscaras?Slipknot
Como são os membros da banda sem as máscaras?

Steven Tyler: primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeasSteven Tyler
Primeira vez aos 7 anos, com duas gêmeas


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini.