Matérias Mais Lidas

imagemBeatles: A música que Paul McCartney compôs para calar a boca de Pete Townshend

imagemAs 10 músicas mais estranhas do Guns N' Roses, em lista do Ultimate Classic Rock

imagemGene Simmons sobre o Ramones: "Punk nos EUA não significava nada"

imagemBlaze Bayley diz que um dos menores shows da carreira do Maiden foi o seu melhor

imagemMaranhão Open Air anuncia line-up com 24 bandas em dois dias

imagemCinco músicas lançadas após o ano 2000 que se tornaram clássicos do rock - Parte II

imagemA opinião de Dave Mustaine sobre a clássica "The Unforgiven", do Metallica

imagemDez clássicos do thrash metal que não foram gravados pelo "Big Four" - Parte I

imagem"Não venham aos shows do Pantera", pede Charlie Benante para os haters

imagemAudioslave: Tom Morello recorda seu sinistro primeiro encontro com Chris Cornell

imagemAs obscuras músicas favoritas do Red Hot Chili Peppers de John Frusciante

imagemPrika Amaral esclarece por que contratou apenas mulheres europeias para a Nervosa

imagemVocalista do Anvil afirma que Rob Halford e Ian Gillan são personagens

imagemIggor Cavalera relembra quando Max foi para delegacia e delegado palmeirense o salvou

imagemO hit do Engenheiros do Hawaii frequentemente confundido com confissão de aborto


Dream Theater 2022

Spartacus: A essência do Metal brasileiro

Resenha - Imperium Legis - Spartacus

Por Vitor Franceschini
Em 27/02/15

publicidade

Com quase 30 anos de carreira, o grupo porto-alegrense Spartacus é um dos pioneiros do Heavy Metal gaúcho. Porém, em meio a mudanças de formação, a banda pouco pôde produzir nessas três décadas, tendo lançado seu debut "Libertae" apenas em 2004. Mas a banda nunca acabou de fato e agora lança seu segundo petardo, este encantador "Imperium Legis".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com uma produção sonora de muita qualidade (a cargo de Sebastian Carsin, no Hurricane Studios, que também mixou o álbum), "Imperium Legis" se mostra um álbum de extrema qualidade e possui uma desenvoltura pouco vista nos dias atuais. O álbum soa atual, mesmo carregando influências oitentistas e a banda soando épica em vários momentos.

Um fator importante a ser ressaltado é que a sonoridade demonstra a verdadeira essência a que deveria pertencer o Metal brasileiro. Não, o Metal não foi inventado aqui, mas poderíamos ter o nosso jeito de fazê-lo e adotar o nosso idioma de forma correta ficaria muito interessante, e é isso que o Spartacus faz.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O instrumental não pode fugir do alicerce que foi criado quando surgiu a NWOBHM no Reino Unido e ainda adiciona elementos típicos do Speed Metal (bem de leve) e, com letras inteligentes, a banda consegue se utilizar de metáforas interessantes que pregam a liberdade, existencialismo e sentimentos pessoais.

Bem estruturadas e com um timbre excelente, as guitarras de Victor Pertoscki destilam bases e solos de ótimo bom gosto, enquanto o baixista, líder e principal compositor Marco Di Martino coloca as seis cordas em seu devido lugar acompanhado pela bateria certeira de Guilherme Oliveira.

M. Canto possui um senso de melodia e interpretação preciso e ainda tem um vocal privilegiado pelo seu timbre, além de não escorregar em nenhum momento. O Spartacus soa como um verdadeiro conjunto, sem espaço para destaques individuais, de onde saem músicas pegajosas e com fortes refrãos, com destaque para Encontro de Almas, Na Rota da Colisão, Nas Trevas da Insanidade, Noite Sem Lua e Sob a Sentença, Um Carrasco. Formidável.

http://www.spartacus.mus.br/

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gênero

Andreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini.