Witchburner: tudo que o Thrash Metal pede está neste trabalho

Resenha - Bloodthirsty Eyes - Witchburner

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Todos sabem e conhecem a história do Thrash Metal alemão. Sim, o mesmo que nomes como Kreator, Sodom, Destruction e outros grandes grupos ajudaram a consolidar. O Witchburner pode ser considerado um dos desses representantes, mesmo surgindo alguns anos depois, mais precisamente em 1992.
5000 acessosHistória do rock: Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos5000 acessosRefrãos: alguns dos mais marcantes do Rock/Metal

"Bloodthirsty Eyes" é o sétimo disco dos alemães e foi lançado pelo selo nacional Kill Again Records, o que é uma boa pedida aos 'thrashers' de plantão. Afinal, tudo que o estilo (principalmente o germânico) pede está neste trabalho.

Riffs matadores, cozinha brutal e vocais urrados semi-guturais compõem as nove maravilhas de "Bloodthirsty Eyes". Tudo com aquela pegada típica do Thrash alemão, ou seja, agressividade e maleficência elevada ao mais alto nível. Ainda dá pra se notar uma grande influência de nomes como Possessed e Venom.

Todas as faixas possuem equilíbrio e não fogem da raia, mas se quiser dar uma ouvida mais branda (se é assim que posso dizer) vá direto a Path Of The Sinner e na faixa título, pois ambas resumem bem ao que a banda se propõe e possuem muita pegada.

Produzido pela própria banda e por Michael Frank, "Bloodthirsty Eyes" possui uma boa sonoridade que casa perfeitamente com o som do Witchburner. Além do mais, a bela arte gráfica, a cargo de Jowita Kaminska também se destaca. Um autêntico disco que representa com louvor o Thrash Metal alemão.

http://www.witchburner.de/
http://www.facebook.com/Witchburner

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Bloodthirsty Eyes - Witchburner

584 acessosWitchburner: o negócio aqui é Thrash Metal alemão 'Old School'365 acessosWitchburner: um dos melhores discos de sua carreira até hoje

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Witchburner"

CuriosidadesCuriosidades
Sexo bizarro, drogas, mortes e outros boatos

RefrãosRefrãos
Alguns dos mais marcantes do Rock/Metal

MetallicaMetallica
Músicos regravam o St. Anger "da forma correta" - ouça

5000 acessosIron Maiden: fatos estranhos na gravação de The Number Of The Beast5000 acessosMetallica: os fantasticos carros de James Hetfield5000 acessosCorey Talor: "Axl é um pau no cu e quem espera por ele é otário"5000 acessosTarja Turunen: entrevista da cantora na revista Playboy5000 acessosDinheiro: Qual a fortuna atual de alguns rockstars5000 acessosQuando shows dão errado: 25 apresentações desastrosas

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online