Matérias Mais Lidas

Youtuber expõe miséria que Spotify repassa a bandas de metal brasileiroYoutuber expõe miséria que Spotify repassa a bandas de metal brasileiro

Chega de Angra e Megadeth: Quais as favoritas do Kiko Loureiro pra tocar de boa em casa?Chega de Angra e Megadeth: Quais as favoritas do Kiko Loureiro pra tocar de boa em casa?

Black Sabbath: o dia que o jardineiro de Iommi chamou álbum da banda de Eternal IdiotBlack Sabbath: o dia que o jardineiro de Iommi chamou álbum da banda de "Eternal Idiot"

A música do Metallica que Kurt Cobain não parava de pedir para Kirk HammettA música do Metallica que Kurt Cobain não parava de pedir para Kirk Hammett

Iron Maiden: veja Adrian Smith cantando Wasted Years durante show do Smith/KotzenIron Maiden: veja Adrian Smith cantando "Wasted Years" durante show do Smith/Kotzen

Kiko Loureiro e shows que fez doente com Megadeth e Angra; contando minutos pra voltarKiko Loureiro e shows que fez doente com Megadeth e Angra; "contando minutos pra voltar"

Legião Urbana: conheça o casal que inspirou Eduardo e Mônica, que virou filmeLegião Urbana: conheça o casal que inspirou "Eduardo e Mônica", que virou filme

Fabio Lione revela como funciona pagamento de cachê nas bandas gringasFabio Lione revela como funciona pagamento de cachê nas bandas gringas

Saúde mental: como a correria das turnês do Megadeth afeta Kiko Loureiro?Saúde mental: como a correria das turnês do Megadeth afeta Kiko Loureiro?

Judas Priest: a surpreendente música que colocou a banda no mainstreamJudas Priest: a surpreendente música que colocou a banda no mainstream

Testament: Gene Hoglan não é mais o baterista da bandaTestament: Gene Hoglan não é mais o baterista da banda

John Lennon: como Simone conseguiu autorização de Yoko Ono para gravar Então é NatalJohn Lennon: como Simone conseguiu autorização de Yoko Ono para gravar "Então é Natal"

Paul Stanley homenageia Meat Loaf; Com quem você poderia compará-lo? NinguémPaul Stanley homenageia Meat Loaf; "Com quem você poderia compará-lo? Ninguém"

Por que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos TrilhaPor que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos Trilha

Black Sabbath: Tony Martin achou que fosse apanhar de Dio no primeiro (e único) encontroBlack Sabbath: Tony Martin achou que fosse apanhar de Dio no primeiro (e único) encontro


Rancid Flesh: traz toda fúria típica de suas composições

Resenha - Pathological Zombie Carnage - Rancid Flesh

Por Vitor Franceschini
Em 26/11/12

publicidade

Nota: 9

O duo nordestino - assim me refiro, pois são de Fortaleza/CE e Natal/RN - Laerte Guedes (vocais) e Adriano Sabiano (todos os instrumentos) já gravou com o Rancid Flesh um EP e 7 splits desde 2009 quando a banda se formou. Ou seja, os caras são produtivos.

"Pahological Zombie Carnage" é o primeiro trabalho oficial deles e traz em seu Death/Goregrind toda a fúria típica de suas composições e muito mais. Este trabalho é algo que entrará fácil para o 'hall' de um dos mais importantes do gênero feitos no país. Vou explicar o porquê disso.

"Pathological...", além de conter composições de alto nível, possui uma produção fora do comum dentro do Goregrind. Sejamos sinceros, a maioria das bandas/projetos do estilo acham que gravar apenas o barulho é algo que já dignifica o seu trabalho, o que é completamente errado.

O Rancid Flesh não só investiu em uma ótima produção sonora (a cargo da dupla e Jorge Albuquerque) com instrumentos nítidos, como também priorizou um belo encarte com letras e as demais informações suficientes.

Falando do que mais importa, que é o som, temos uma pérola em mãos. São 25 composições de podridão e brutalidade a dar com pau. Apesar da média de pouco mais de 1 minuto de cada faixa, tudo é bem explorado e feito com uma pegada digna e com muita energia.

Simplesmente não há tempo para respirar ao ouvir as já clássicas Dr. Zombie, Slow Death, Autopsied Alive, Rancid Flesh, Cannibal Ripper, Sarcoma, A Day In The Morgue, enfim todas, pois praticamente mantêm um equilíbrio que fará muito bem aos ouvidos mais acostumados às sonoridades pútridas.

Se você aprecia letras doentias e um som que é devidamente podre, mas muito bem executado, produzido e vomitado, não perca seu tempo, corra atrás de "Pathological Zombie Carnage". Este álbum não irá mudar a história do Metal extremo, mas acrescentará muito à cena!

http://www.reverbnation.com/rancidflesh
http://www.facebook.com/pages/Rancid-Flesh/106504702835272

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Black Sabbath: um Tony Iommi que você não conheciaBlack Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini.