Lepra: Grindcore como deve ser feito

Resenha - Demo 2012 - Lepra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Seguir uma cartilha direitinho não é falta de originalidade. É simplesmente não querer arriscar com invencionices e fazer o som do jeito que o figurino manda. E o Lepra manda brasa em seu Grindcore, do seu jeito, mas mantendo a pegada do estilo.

Essa é a primeira demo da banda pernambucana e mostra que os caras não estão pra brincadeira. O vocalista Spacca vomita letras que destilam caos, morte, ódio, horror e muito mais, tudo cantado em português. Ou seja, ouvindo não faz muita diferença se é em português, chinês ou inglês, mas lendo as letras dá pra sacar a raiva toda.

publicidade

O instrumental é uma ode à podridão. Guitarras furiosas se aliam a uma cozinha brutal. São 11 faixas que atropelam o ouvinte sem dó nem piedade. A maior tem pouco mais de um minuto e meio, isto é, se marcar bobeira perde o trem. E sabe o melhor de tudo? A demo é legal pra caramba!

Melhor ainda, a produção ficou boa, ainda mais por se tratar de um trabalho demonstrativo. Depois desta demo, a banda lançou o single "Hoje Tudo Acaba", lançado no ano passado. Mas, pelo que ouvimos aqui, o quarteto merece mais. Já pode gravar o debut.

https://www.facebook.com/lepragrind
http://lepra.bandcamp.com/

publicidade

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Kiss: Perguntas, respostas e curiosidades diversasKiss
Perguntas, respostas e curiosidades diversas

Iron Maiden: os álbuns da banda, do pior para o melhorIron Maiden
Os álbuns da banda, do pior para o melhor


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin