A Hill To Die Upon: Black Metal Brothers

Resenha - Holy Despair - A Hill To Die Upon

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


“Holy Despair” é o terceiro disco dos norte-americanos do A Hill To Die Upon que está na ativa desde 2004. A sonoridade abrange o Black Metal atual com pitadas de Death Metal e agrada muito pela variação rítmica e técnica imposta pelo quarteto encabeçado pelos irmão Michael e Adam Cook, baterista/vocalista e guitarrista/baixista/vocalista respectivamente.
5000 acessosTrujillo sobre Zakk Wylde: "ele é uma máquina de beber"5000 acessosSebastian Bach: "São Paulo foi o melhor show da minha vida"

Com músicas carregadas e melódicas, “Holy Despair” traz um som extremo de bom gosto. Apesar da melodia, não há arranjos sinfônicos, fato esse que dobra o ótimo trabalho das guitarras, que demonstram certa técnica e são o carro chefe do A Hill To Die Upon.

Mas, isso não significa que a cozinha fica em segundo plano, pelo contrário. Enfatizando o peso exigido pelas músicas, o baixo imponente e a bateria muito bem explorada se encarregam de dar extremismo às músicas. Tudo com uma ótima produção, que deixou os instrumentos bem equilibrados.

Destaque para as faixas A Jester Arrayed in Burning Gold, Hæðen, Let the Ravens Have My Eyes e a atmosférica O Death, além de Satans Speaks que foi baseada em um poema do britânico C.S. Lewis, falecido em 1963. Se aprecia Behemoth, Dimmu Borgir e até Immortal, pode encarar de frente!

https://www.facebook.com/ahilltodieuponband
http://www.reverbnation.com/ahilltodieupon

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Holy Despair - A Hill To Die Upon

608 acessosA Hill To Die Upon: O desespero santo

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "A Hill To Die Upon"

Rob TrujilloRob Trujillo
Sobre Zakk Wylde: "Ele é uma máquina de beber!"

Sebastian BachSebastian Bach
"São Paulo foi o melhor show da minha vida!"

Yngwie MalmsteenYngwie Malmsteen
O guitarrista comenta a sua esmerada educação musical

5000 acessosEpica: veja fotos da irmã mais nova de Simone Simons5000 acessosFree: a paixão de Dave Murray por Paul Kossoff5000 acessosChristian Bale: ator aprendeu Pantera na bateria para novo filme5000 acessosNirvana: criticado, goleiro do Chelsea remove cover de "Rape Me"5000 acessosRed Hot Chili Peppers: guitarrista filma fãs ao invés de tocar solo4499 acessosUltimate Classic Rock: dez músicos com tatuagem na cabeça/rosto

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online