Enforcation: Juventude livre de tendências

Resenha - Pits ov Fire and Torment - Enforcation

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Vindo de Sorocaba, interior de São Paulo, o Enforcation já surpreendeu no ano passado com a demo “Chapel of Screams”, onde mostrava um senso criativo e uma maturidade que foge aos padrões, ainda mais se pensarmos que a banda é formada por membros com idade entre 18 e 20 anos.
5000 acessosMetalcore: os dez trabalhos essenciais do estilo5000 acessosLemmy Kilmister: "Esta coisa de Black Metal me faz rir!"

“Pits ov Five and Torment”, apesar de um EP, pode ser considerado o primeiro registro oficial do quarteto que mostra evolução, além de adicionar novos elementos às suas composições. Novas influências também são notadas, mostrando que a banda não possui seu leque fechado.

Enquanto o Death Metal apresentado na demo era mais ‘old school’ e objetivo, temos neste EP algo mais arrojado com nuances de Black Metal e, ainda, as influências Thrash Metal. Isso mostra que o Enforcation quer mesmo é fazer Metal extremo sem se preocupar apenas com a essência de um rótulo.

Fica claro que o foco é o Metal da morte, mas aqui a banda mostra uma variação rítmica mais intensa, riffs mais diretos e uma cozinha, digamos, mais ‘quebrada’. Ainda há arranjos de teclados com efeitos soturnos e obscuros, que casaram perfeitamente com a proposta.

Aliás, “Pits ov Five and Torment” é um disco mais obscuro, mórbido e fúnebre, apesar de algumas composições soarem mais melódicas. A aura do Metal extremo tradicional brasileiro (com referências a Calvary Death e In Memorian) também se faz presente e se mescla com que alguns grupos gregos fizeram na década de 90. Somente a produção poderia estar um pouco mais polida, mas não chega afetar tanto.

https://www.facebook.com/enforcationofficial?fref=ts
http://enforcationmetal.bandcamp.com/

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Enforcation"

MetalcoreMetalcore
Os trabalhos essenciais do estilo segundo About.com

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
"Esta coisa de Black Metal me faz rir!"

HumorHumor
Você está ouvindo rock progressivo demais quando...

5000 acessosPlanno D: 10 coisas que irritam metaleiros (vídeo)5000 acessosDe AC/DC a ZZ Top: Origens dos nomes de bandas e artistas de rock5000 acessosSeparados no nascimento: James Hetfield e o Leão Valente5000 acessosGuns N' Roses: Adler diz que reunião traria álbum melhor que a estreia5000 acessosMalmsteen: Satriani e Jeff Beck desafinam nos bends?5000 acessosLinkin Park: "O rock perdeu seu propósito", diz Mike Shinoda

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online