Corréra: no seu ápice e com sangue nos olhos

Resenha - Human Chaos - Corréra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Os araraquarenses do Corréra estão na ativa há 15 anos e este trabalho é o terceiro full-length. A banda iniciou sua carreira investindo no Hardcore/Hip-Hop, mas com um tempo e diversas mudanças de integrantes encontrou seu caminho no Thrashcore, gênero em que a banda fincou o pé e encontrou sua identidade.
5000 acessosPorn Metal: Filmes para inspirar os headbangers solitários5000 acessosUltimate Classic Rock: as 25 músicas mais tristes da história

Formada atualmente por Lincoln Ducci (vocal), Vitor Craes e Danyel Piccin (guitarras), Jhopar (baixo) e Michel Chade (bateria), a banda chega ao seu ápice em “Human Chaos” e se mostra com sangue nos olhos.

O Corréra passou a cantar em inglês e algumas composições anteriormente gravadas em português se fazem presentes no novo álbum em versão em inglês, tais como a clássica Fields Of War – que abre o CD de forma magistral e raivosa - e Bloodline, que é mais um destaque.

É interessante notar que, apesar de manter o foco no Thrashcore, a banda está soando ainda mais Metal e algumas passagens Death Metal se fazem presentes no disco. Com certeza a cozinha está mais técnica e coesa do que nunca, mas não podemos deixar de destacar o excelente trabalho das guitarras. Vitor e Danyel despejam riffs insanos, carregados, além de solos bem elaborados e desenvolvidos.

Lincoln está cantando como nunca e com letras que retratam o caos geral, o cara berra sem dó nem piedade com um semi gutural inteligível. Vale mencionar ainda as faixas Dirty Empire, Hardcore Lifestyle e The Endless Road.

A produção do trabalho ficou primorosa, com uma sonoridade proporcionalmente cristalina e uma arte gráfica muito bacana com cores bem tonalizadas e uma capa cheia de detalhes. Se você procura por um som nervoso e bem executado, o Corréra é o caminho.

https://myspace.com/correra

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Corréra"

Porn MetalPorn Metal
Filmes para inspirar os headbangers solitários

Classic RockClassic Rock
As 25 músicas mais tristes da história

Iron MaidenIron Maiden
Versões mais pesadas para clássicos do Rock

5000 acessosHeaven & Hell: mistérios e autocensura na capa de álbum5000 acessosMetal: Gibson.com enumera 50 melhores músicas do gênero5000 acessosRock Stars: como se pareceriam alguns se não tivessem morrido5000 acessosOzzy Osbourne: Madman revela pacto de suicídio com esposa Sharon3325 acessosAvenged Sevenfold: baterista de 10 anos detonando "Nightmare"5000 acessosRegis Tadeu: a experiência única de ouvir os álbuns do Rammstein

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online