Roadie Metal: Coletânea dupla com o melhor do Metal brasileiro

Resenha - A Voz do Rock - Coletânea Vol. 2 - Roadie Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8


Este é o segundo volume da coletânea capitaneada pelo programa Roadie Metal, que tem a intenção de divulgar o Rock e o Metal Nacional. Com um trabalho profissional e bem feito, a iniciativa se mostra louvável e traz quase 160 minutos de Rock e Metal, distribuídos em dois CD's e 34 bandas, sendo duas delas norte-americanas.

Overkill: mandando recado ao Avenged SevenfoldRoadrunner: os melhores frontmen de todos os tempos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Como todos os casos de coletâneas, há trabalhos que vão de ruins a ótimos, produções de ruins a ótimas e bandas conhecidas e outras nem tanto. O mais importante, é a oportunidade que as bandas têm de divulgar e expandir seu trabalho, já que a coletânea é distribuída gratuitamente aos veículos especializados de todos os formatos, além de cinco países.

Nomes como Scibex, Marenna, Exorddium, Cris Delyra, Mutran e Crown of Scorn são os mais conhecidos pelo público que acompanham o underground e não decepcionam. O profissionalismo das bandas citadas pode servir como exemplo, assim como a qualidade de suas composições.

Partindo para as bandas não tão conhecidas do público (principalmente para este redator) os destaques começam pela ótima Apple Sin, de Barroso/MG, que aposta em um Metal tradicional pegajoso com leves toques de Hard Rock. De Ribeirão Preto/SP, o Fatal Scream prima por um som intrincado e de peso, além de muito bem produzido.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Falando em som intrincado, o The Revengers, oriundo da capital Goiana, destila um Heavy Metal potente e bem executado. Representando o Power Metal, o Thunderwrath o faz com muita qualidade e conhecimento de causa, sendo inspirados principalmente pelas bandas italianas do estilo.

Uma grata surpresa é a banda Fullface que investe em um Hard/AOR, cantado em português, o som é de ótima qualidade e extremamente agradável. Também optando por nossa língua pátria o Coronel XX destila um interessante Hard que se mescla com um Rock nacional de muito bom gosto. Representando o Heavy Metal nacional da década de 80, o Legado de Honra traz um Metal potente cantando em português e que traz também uma pegada Prog Metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É claro que há algumas bandas que precisam de uma melhor lapidação, mas que já demonstram talento inegável, caso de Evil Remains, Silence (faixa excelente, só precisando de alguns ajustes), Burning Witch, Abominatus e Outlanders. Todas com qualidade, mas que podem se tornar melhores ainda. O balanço final deste segundo volume da Roadie Metal é muito positivo e, repetindo, louvável! Que venham mais!

https://www.facebook.com/RoadieMetal




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs

Overkill: mandando recado ao Avenged SevenfoldOverkill
Mandando recado ao Avenged Sevenfold

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280 Cli336x280