Degolate/Gulag: Split unindo duas forças nacionais do Death Metal

Resenha - Consanguineous Fury - Degolate/Gulag

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


“Consanguineous Fury” é um split que marca a estreia em registro de duas bandas. De Atibaia/SP vem o Degolate, enquanto o Gulag tem sua origem fincada em Campinas/SP. Ambas investem no Death Metal e, obviamente, cada uma do seu jeito e com competência.
5000 acessosDarkthrone: Fenriz fala sobre Sepultura, Sarcófago, Gal Costa e Caetano Veloso5000 acessosMetallica: Hetfield fala sobre a sensação Ghost

O Degolate surgiu das cinzas do Cruscifire, nome que gerou bons frutos e sabe-se lá porque deu uma pausa em suas atividades. A banda investe em um Death Metal agressivo, com resquícios do que nos habituamos a chamar de Brutal Death Metal. Além de tudo o trio injeta doses homeopáticas de ‘groove’ em sua música, fato evidente em Scalped Murder.

O som do trio mostra certo dinamismo, com levadas raivosas de bateria e riffs de ótima qualidade. Victor Angelotti, também baixista, parece estar urrando bem melhor que em sua antiga banda e seus vocais se encaixam perfeitamente com a proposta. Destaque também para a brutal Rot Alone (que lindo nome).

O Gulag, que curiosamente também é um trio, parte para um lado mais obscuro e ‘old school’, o que não quer dizer que seu som também não possui brutalidade. A diferença é que a banda varia mais em seus ritmos e possui composições mais mórbidas, além de apostar numa produção mais orgânica.

Sem dúvidas a influência do Metal extremo de ‘raiz’ faz com o que som da banda soe muito interessante e cative os fãs mais ardorosos do Death Metal. Os vocais de André Neil (também guitarrista) são cavernosos e resgata um jeito de cantar que não se vê desde um passado recente. As quatro faixas são de ótimo nível.

“Consanguineous Fury” une duas bandas de extrema categoria e fogem dos padrões atuais do Metal extremo, provando que underground nacional ainda tem muitos frutos a dar. Se és fã de Death Metal de alta qualidade e com aquela veia nacional, não pode perder este trabalho.

Degolate:
https://www.facebook.com/degolate
http://degolate.bandcamp.com/

Gulag:
https://www.facebook.com/GulagDeathMetal

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube
5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Degolate"0 acessosTodas as matérias sobre "Gulag"

DarkthroneDarkthrone
Fenriz comenta Sepultura, Sarcófago e MPB

MetallicaMetallica
James Hetfield fala sobre a sensação Ghost

ChorãoChorão
Tico Santa Cruz solta o verbo à sociedade hipócrita

5000 acessosBon Jovi: Jon está usando playback em shows ao vivo?5000 acessosFuturologia: como estariam Cobain, Hendrix, Joplin e Morrisson?5000 acessosOrange.co.uk: site lista os rockstars mais controversos2349 acessosJudas Priest: fatos sobre "Unleashed In The East" após 33 anos3599 acessosBruce Dickinson: uma otimista homenagem do animador Val Andrade5000 acessosVitor Rodrigues: "Walk on home, Phil!"

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online