Machinergy: Segundo petardo do power-trio português

Resenha - Sounds Of Evolution - Machinergy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


"Sounds Revolution" é o segundo álbum do trio português oriundo de Arruda dos Vinhos. Formado atualmente por Rui Vieira (vocal/guitarra), Helder Rodrigues (bateria) e Nuno Mariano (baixo), o Machinergy executa um Thrash Metal que é tão brutal que beira o Death Metal.

Andre Matos: "Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!"

Roger Moreira: resposta bem humorada a "crítica" no Agora é Tarde

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Interessante que desde o início da audição do trabalho, que começa com a pegajosa faixa título, nota-se certa influência de nomes brasileiros, tais como Sepultura, Sextrash e Sarcófago (principalmente nos vocais de Rui que lembram muito os de Wágner Antichrist).

Cantando temas em português e inglês (incluindo aí mescla das duas línguas em uma composição), a banda pende para a agressividade e velocidade, deixando pouco tempo para respirar ou aliviar o pescoço. Mérito das guitarras que destilam bons riffs e da cozinha brutal e com linhas interessantes.

Músicas objetivas e na maior parte marcantes são as principais características de "Sounds Of Evolution", que é bem produzido pela própria banda, que também mixou e masterizou o trabalho. Para quem esperava algo na linha moderna tendenciosa atual, o Machinergy veio melhor que a encomenda. Baita disco.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

https://www.facebook.com/machinergy
http://www.machinergy.com/




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Andre Matos: Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!Andre Matos
"Fui praticamente coagido a ser vocal do Viper!"

Roger Moreira: resposta bem humorada a crítica no Agora é TardeRoger Moreira
Resposta bem humorada a "crítica" no Agora é Tarde


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280