Eu Acuso!: metendo o pé em tudo com seu primeiro disco

Resenha - Liberdade Presumida - Eu Acuso!

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Com o nome inspirado no manifesto de Émile Zola, contra a injustiça e o preconceito, esse quarteto porto alegrense chega metendo o pé em tudo com este seu primeiro disco. Misturando diversas influências e cantando em português, a banda não teme nada e fala o que pensa.
5000 acessosDoom Metal: os dez trabalhos essenciais do estilo5000 acessosLemmy Kilmister: A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininha

Os integrantes já atuaram na cena da música pesada do Rio Grande do Sul, em bandas como Sacrário, Leviaethan, Panic, Distraught, Alchemist e Kaus do Porto. Isso mostra que o grupo tem experiência e a qualidade aqui é garantida.

Metal e Rock caminham perfeitamente diante de riffs bem elaborados dando o peso necessário às composições, tudo a cargo de Carlos Lotz. Enquanto isso, a cozinha formada por Marcelo Cougo (baixo) e Ale Mendes (bateria) mandam ver com levadas inspiradas no Funk e no Hip Hop, sem demasia e dando o ‘groove’ necessário.

Tudo tendo os vocais de Sandré Sarreta destilando letras políticas muito inteligentes e bem sacadas. Desde A Verdade que abre o trabalho de forma enérgica e empolgante com um refrão forte repetindo o nome da banda, até a ‘poética’ Lona Preta, temos música de qualidade e que merece respeito.

Procure ouvir também Bala Perdida, Choveu Sangue Na Cidade e já mais divulgada Pela Janela do Bunker e sua levada interessante. Há ainda que se destacar a ótima produção que deixou tudo bem equilibrado. Tudo isso você pode baixar de graça no site da banda, afinal a liberdade e a ação fazem parte da filosofia do Eu Acuso! Não perca tempo.

http://www.euacuso.com.br/
http://www.facebook.com/euacuso

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Liberdade Presumida - Eu Acuso!

170 acessosEu Acuso!: Ótima estréia do quarteto gaúcho529 acessosEu Acuso!: Letras contestatórias aliadas a composições intensas

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Eu Acuso!"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Eu Acuso!"

Doom MetalDoom Metal
Os trabalhos essenciais segundo o About.com

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
A vida dele fazia Keith Richards parecer uma menininha

TragédiasTragédias
10 das piores ocorridas em shows de Rock e Metal

5000 acessosPoeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parte5000 acessosKing Diamond: o "Rei Satânico"5000 acessosO lado escuro do rock: você acredita em magia negra?4516 acessosTop 5 de Filmes: O Estranho Mundo de Rob Zombie3030 acessosLed Zeppelin: Pole Dance ao som de "I Can't Quit You Baby"5000 acessosAxl: chatice e as estranhas festas para impressionar o Metallica

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online