Hirax: quase 30 anos na cena e ainda fugindo do mainstream

Resenha - La Boca de la Bestia - Hirax

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8


O que falar da importância do Hirax? O que dizer do guerreiro Katon W. De Pena, fundador e mentor dessa instituição do Thrash Metal mundial? Há quase 30 anos na cena e fugindo do 'mainstream', o grupo norte-americano ainda nos presenteia com excelente material, como foi o caso de "El Rostro de la Muerte" de 2009.

Guitarristas: E se os mestres esquecessem como se toca?Sepultura: Andreas Kisser comenta os primórdios da banda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Este single serve para encher a boca d'água (sem trocadilhos, por favor) de quem aprecia o verdadeiro Thrash Metal. Pois, todas as características que fizeram o nome do Hirax estão nessa composição. Tudo e mais um pouco, diga-se de passagem.

Com as guitarras de Lance Harrison e Mike Guerreiro fervilhando na introdução, para depois descambar em uma enxurrada de riffs e solos insanos, a faixa mostra com vigor e agressividade da cozinha formada por Jorge Iacobellis (bateria) e Steve Harrison (baixo).

Não tão veloz, mas muito pesada, La Boca De La Bestia ainda mostra um Katon cheio de gana com seus vocais esganiçados característicos. O excelente e pegajoso refrão dá ainda mais ênfase à composição. Pena se restringir apenas a essa faixa, que só aumenta a ansiedade por um novo trabalho desses mestres!

http://www.blackdevilrecords.com/
http://www.facebook.com/HIRAXCOLLECTION




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Hirax"


Hirax: por que temos poucos afro-americanos no Metal?Hirax
Por que temos poucos afro-americanos no Metal?


Guitarristas: E se os mestres esquecessem como se toca?Guitarristas
E se os mestres esquecessem como se toca?

Sepultura: Andreas Kisser comenta os primórdios da bandaSepultura
Andreas Kisser comenta os primórdios da banda


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336