Rancid Flesh, Triturador, Industrial Noise: mega split brasileiro

Resenha - Split - Rancid Flesh, Triturador, Industrial Noise

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Gosta de barulho? Então toma! Esse split álbum lançado em 2011 junta duas bandas da nata do Gridcore cearense, o Rancid Flesh e o Triturador, mais os paulistas do Industrial Noise.
5000 acessosSlipknot: Corey Taylor abandona os palcos se o Guns se reunir5000 acessosSolos: Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

Primeiro temos o Rancid Flesh (que recentemente lançou ou excelente "Pathological Zombie Carnage") e seu Goregrind que nessa fase estava mais Gore do que nunca. Com um som doentio e Laerte Guedes (vocal) vomitando intensamente, a banda deixa o seu recado de forma nada sublime. Destaque para Gangrenous Careinogenic Vulva e o cover para Maggots in Your Flesh, do Dead Infection.

Já o Triturador faz jus ao nome e destroça tudo sem dó e nem piedade com seu som ultra rápido e riffs nervosos, além de vocais mega guturais. A banda faz um Goregrind com fortes influências de Splatter/Death Metal e até Crust. Ouça Sadistic Power of the Dead, Carnivore Drainage e Trading Skin e deleite-se na podridão.

Fechando a trinca, vindo de Presidente Prudente/SP o Industrial Noise (única que canta em português) tem a gravação bem abaixo das outras duas e destila um Grindcore sujo e insano, que chega a beirar o Noise. O som ficou meio embolado (não sei se foi propositalmente) o que dificulta uma audição melhor. Mesmo assim deu pra sacar que Ideais sem Razão e O Pecador são os barulhos certos.

Esse tipo de trabalho split é bem comum entra as bandas de Grind/Gore/Splatter, pois, além de ser um estilo do extremo underground, as composições não costumam passar de 1 minuto. Conhecimento de causa os caras tem, agora basta você ter ouvido e estômago para degustar essa pedrada.

Rancid Flesh:
http://www.myspace.com/rancidfleshband
Triturador:
http://www.myspace.com/triturador
Industrial Noise:
http://www.myspace.com/industrialnoise

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Rancid Flesh"0 acessosTodas as matérias sobre "Triturador"0 acessosTodas as matérias sobre "Industrialnoise"

SlipknotSlipknot
Corey Taylor abandona os palcos se o Guns se reunir

SolosSolos
Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

Courtney LoveCourtney Love
"Parei com drogas e fodi como um coelho"

5000 acessosSeparados no nascimento: Bruce Dickinson e Leopoldo Pacheco5000 acessosOs dez maiores picaretas da música internacional5000 acessosFrances Bean Cobain: assustada com tatuagem de fã5000 acessosRoger: "Qualquer esquerda, não só a brasileira, é uma merda"5000 acessosIron Maiden: os 10 melhores clipes da história da banda5000 acessosSlayer: Marcelo Vasco fala da emoção de assinar capa do disco

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online