Command6: Uma banda muito afiada e coesa

Resenha - Black Flag - Command6

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Com o nome cada vez mais consolidado na cena do Metal nacional, o Command6, formado por Wash (voz), Bruno Luis (guitarra), Attilio Negri (guitarra), Johnny Hass (baixo) e Bugas (bateria) chega ao seu quarto ano de carreira com "Black Flag", sucessor de "Evolution?" (2009), de forma no mínimo avassaladora.

Ramones - Perguntas e RespostasHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1980

A banda paulista demonstra uma 'senhora' evolução técnica, mantendo as características de seu primeiro trabalho intactas, além de adicionar mais peso e energia às suas composições. "Black Flag" mostra uma banda muito afiada e coesa, sabendo equilibrar de forma rara peso e melodia.

De cara, temos duas composições que não permitem se quer respirar. Crush The World abre o trabalho de forma furiosa, com um Thrash Metal brutal com ótimos riffs e um refrão pegajoso. Logo em seguida Ace In The Hole (primeira composição disponibilizada para audição no Soundcloud) mantém a chama, com mais riffs potentes, além de uma cozinha digna de um terremoto e mais um belo refrão, dessa vez melodioso.

Não bastasse saber caminhar entre a densidade e a melodia, a banda ainda consegue aliar a isso uma versatilidade incomum. Fato comprovado em Sunshine, uma balada de peso, que tem como destaque a levada cadenciada, e as linhas vocais de Wash, que caminha perfeitamente com a proposta da banda, ou seja, soar agressiva e sutil quando é permitido.

Não deixe de prestar atenção na faixa título. A composição, que é baseada no livro homônimo do autor Valerio Evangelisti e conta a história da violência e degradação humana, possui riffs ultra pesados, cozinha variada e uma levada cheia de groove, além de uma quebrada surpreendente em sua deixa.

Ouça também Brainwash e seus ótimos solos, Brand New Day com seu interessante refrão e o ótimo cover (que vem como bônus) para Maior Abandonado (Barão Vermelho), que ficou no mínimo característico e foi gravado com a participação da banda Kiara Rocks. Vá ao site da banda e faça o download de "Black Flag", pois é viciante!

http://blackflag.command6.com/


Outras resenhas de Black Flag - Command6

Command6: "Black Flag", o segundo álbum da bandaCommand6: continuando a revelar canções de impactoCommand6: Black Flag é álbum digno de primeiro mundoCommand6: Um dos melhores lançamentos nacionais de 2012




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Command6"


Ramones - Perguntas e RespostasRamones - Perguntas e Respostas
Ramones - Perguntas e Respostas

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1980Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1980

Metal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvirMetal Extremo
Algumas bandas que você precisa ouvir

AC/DC: as 10 melhores músicas da banda com Bon ScottHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1981Kiss: Ace Frehley diz que "provavelmente é o cara mais legal" da bandaO que os fãs de rock e suas vertentes pedem para beber em um bar?

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.