Command6: Uma banda muito afiada e coesa

Resenha - Black Flag - Command6

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Com o nome cada vez mais consolidado na cena do Metal nacional, o Command6, formado por Wash (voz), Bruno Luis (guitarra), Attilio Negri (guitarra), Johnny Hass (baixo) e Bugas (bateria) chega ao seu quarto ano de carreira com "Black Flag", sucessor de "Evolution?" (2009), de forma no mínimo avassaladora.
5000 acessosRock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 19855000 acessosBayley, Wilson e Cherone: grandes erros na história de grandes bandas

A banda paulista demonstra uma 'senhora' evolução técnica, mantendo as características de seu primeiro trabalho intactas, além de adicionar mais peso e energia às suas composições. "Black Flag" mostra uma banda muito afiada e coesa, sabendo equilibrar de forma rara peso e melodia.

De cara, temos duas composições que não permitem se quer respirar. Crush The World abre o trabalho de forma furiosa, com um Thrash Metal brutal com ótimos riffs e um refrão pegajoso. Logo em seguida Ace In The Hole (primeira composição disponibilizada para audição no Soundcloud) mantém a chama, com mais riffs potentes, além de uma cozinha digna de um terremoto e mais um belo refrão, dessa vez melodioso.

Não bastasse saber caminhar entre a densidade e a melodia, a banda ainda consegue aliar a isso uma versatilidade incomum. Fato comprovado em Sunshine, uma balada de peso, que tem como destaque a levada cadenciada, e as linhas vocais de Wash, que caminha perfeitamente com a proposta da banda, ou seja, soar agressiva e sutil quando é permitido.

Não deixe de prestar atenção na faixa título. A composição, que é baseada no livro homônimo do autor Valerio Evangelisti e conta a história da violência e degradação humana, possui riffs ultra pesados, cozinha variada e uma levada cheia de groove, além de uma quebrada surpreendente em sua deixa.

Ouça também Brainwash e seus ótimos solos, Brand New Day com seu interessante refrão e o ótimo cover (que vem como bônus) para Maior Abandonado (Barão Vermelho), que ficou no mínimo característico e foi gravado com a participação da banda Kiara Rocks. Vá ao site da banda e faça o download de "Black Flag", pois é viciante!

http://blackflag.command6.com/

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Black Flag - Command6

627 acessosCommand6: "Black Flag", o segundo álbum da banda544 acessosCommand6: continuando a revelar canções de impacto524 acessosCommand6: Black Flag é álbum digno de primeiro mundo856 acessosCommand6: Um dos melhores lançamentos nacionais de 2012

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Command6"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Command6"

Rock In RioRock In Rio
Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

VocalistasVocalistas
Três grandes erros na história de três grandes bandas

Classic RockClassic Rock
Os 50 maiores álbuns de rock progressivo

5000 acessosMonsters of Rock: a feijoada que quase derrubou King Diamond5000 acessosPreços: quanto custa para contratar a sua banda favorita5000 acessosDeath On Two Legs: a declaração de ódio de Freddie Mercury4561 acessosJames Hetfield: ele se mudou da Bay Area para poder caçar em paz1450 acessosThe Beatles: liderando lista de artistas mais pirateados do mundo5000 acessosBruno Sutter: tocando música do Death no baixo

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online