Matérias Mais Lidas

Rodolfo Abrantes: O sonho da minha mãe era eu voltar aos RaimundosRodolfo Abrantes
"O sonho da minha mãe era eu voltar aos Raimundos"

Snowy Shaw: ex-King Diamond se oferece para substituir Marko Hietala no NightwishSnowy Shaw
Ex-King Diamond se oferece para substituir Marko Hietala no Nightwish

Soul Station: projeto de Paul Stanley com guitarrista brasileiro lança músicaSoul Station
Projeto de Paul Stanley com guitarrista brasileiro lança música

Metallica: TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully GuitarsMetallica
TikToker que calou haters na guitarra agora tem patrocínio da Sully Guitars

Carlinhos Brown: ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razãoCarlinhos Brown
Ele diz que provocou garrafadas no Rock in Rio 2001 e explica razão

Guns N' Roses: Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivoGuns N' Roses
Bumblefoot revela quais músicas mais gostava de tocar ao vivo

Nirvana: Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.Nirvana
Kurt Cobain cuspiu no piano de Elton John pensando ser de Axl Rose.

AC/DC: Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)AC/DC
Axl Rose sempre sugeria músicas esquecidas para shows (mas em cima da hora)

Megadeth: Mustaine se tornou vocalista por acaso e por causa de um delineadorMegadeth
Mustaine se tornou vocalista por acaso e por causa de um delineador

Kurt Cobain: ele não curtia Led Zeppelin e Aerosmith devido às letras machistasKurt Cobain
Ele não curtia Led Zeppelin e Aerosmith devido às letras machistas

Yngwie Malmsteen: aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigosYngwie Malmsteen
Aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigos

Jon Schaffer: Todd La Torre se diz chocado, mas não surpreso com atos do guitarristaJon Schaffer
Todd La Torre se diz chocado, mas não surpreso com atos do guitarrista

Eddie Van Halen: ele chorou quando Wolfgang mostrou música que fala sobre perdaEddie Van Halen
Ele chorou quando Wolfgang mostrou música que fala sobre perda

Saxon: banda divulga cover para a clássica Speed King, do Deep PurpleSaxon
Banda divulga cover para a clássica "Speed King", do Deep Purple

Max Cavalera: O único presidente bom do Brasil foi mortoMax Cavalera
"O único presidente bom do Brasil foi morto"


Matérias Recomendadas

Slipknot: veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuaisSlipknot
Veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais

Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

David Bowie: conheça 60 fatos da vida do camaleãoDavid Bowie
Conheça 60 fatos da vida do camaleão

Tamanho é documento?: os Rock Stars mais altos e baixosTamanho é documento?
Os Rock Stars mais altos e baixos

Bruce: Olhei para Di'Anno e pensei que deveria estar lá!Bruce
"Olhei para Di'Anno e pensei que deveria estar lá!"

Baladas de Sangue
Stamp

Deathraiser: O retorno triunfal do Thrash Metal à cena

Resenha - Violent Agression - Deathraiser

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

O retorno triunfal do Thrash Metal à cena teve o Brasil como um dos principais safristas do estilo, tanto que nomes como Violator, Farscape, Blasthrash e Bywar são alguns dos principais nomes da nova geração do Thrash Metal mundial, mesmo que no underground.

O Deathraiser segue esta tendência e a faz com competência ímpar. Tudo neste trabalho remete ao primeiro estilo extremo do Metal. Desde a concepção da capa ao visual da banda, passando pela temática das letras e execução das músicas, tudo foi feito com extrema competência e boa produção.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum abre com a faixa título que é um murro na cara e já mostra que o ouvinte não terá folga durante a execução do petardo. A faixa é rápida e brutal, com vocais rasgados, bem na linha Kreator das antigas. Annihilation Of Masses mantém a pegada com ótimos riffs e cozinha insana. Terminal Disease é mais uma fábrica de riffs com algumas belas e raras quebradas e solos na velocidade da luz.

Enslaved By Cross, Commando To Kill e Killing The World seguem a pancadaria e mostra o maior defeito (ou qualidade?) do álbum, a homogeneidade. Todas as faixas são rápidas e brutais, mas parecidas entre si. Podem agradar alguns, mas soarem cansativas para outros.

Oppression Till Death é mais um destaque, novamente com riffs a rodo e alguns backing vocals que se encaixaram muito bem ao som da banda, dando uma pitada de crossover ao som. E, fechando o trabalho, Lethal Disaster e o hino Thrash Or Be Thrashed, mantendo a linha de todo o álbum.

Como foi dito a homogeneidade do trabalho pode agradar alguns e desagradar a outros. No meu caso soa cansativo no final, mas é inegável que as composições são de ótima qualidade.


Tunecore
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Thrash Metal: 20 bandas brasileiras de qualidade inquestionávelThrash Metal
20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável


Fotos de Infância: Gene Simmons, do KissFotos de Infância
Gene Simmons, do Kiss

Guitarra: o riff mais popular de todos os temposGuitarra
O riff mais popular de todos os tempos


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.