Gallo Azhuu: Rock e blues com pitadas bem leves de Metal

Resenha - Gallo Azhuu - Gallo Azhuu

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Primeiramente não me pergunte que diabos de nome é esse, a gente descobre em uma futura entrevista. Este quarteto maranhense surgiu em 2007 e caminha pelos trilhos do Rock clássico setentista e do blues com pitadas bem leves de Metal. Em suas letras englobam temas como sexo, seres fantásticos e cotidianos surreais.

Emos: 23 músicas que já estiveram na sua playlist

Elvis Presley: De que ele morreu?

Se formos analisar bem, há uma grande pegada Stoner Rock no som dos caras, já que a produção e timbragem suja dos instrumentos deram essa cara às composições. Mas, o importante é que os caras fazem um Rockão com pegada e, até certo ponto, cheio de agressividade e malícia.

Cantando em português a banda destila letras ácidas e provocativas. O vocalista e guitarrista Pataugaza interpreta as composições com muito ‘feeling’ com seus vocais roucos. A única ressalva é que a produção os deixou um tanto quanto estourados, o que irrita às vezes.

Destaque para Um Filho Em Você, Árvore e Homem-Árvore. Mas não deixe de ouvir a sensacional letra de Hippie Rico que é uma opinião exposta que irá condizer com o que muitos pensam por aí.

Produzido pela própria banda e Ruan Cruz, no estúdio KM4 Produções, o debut mostra uma banda madura, mas que pode melhorar ainda mais devido a abrangência de seu som. Se você curte um Rock/Blues e admira o Stoner Rock com uma cara bem sacana, pode conferir.

http://www.galloazhuu.com/
http://www.facebook.com/galloazhuurock


Outras resenhas de Gallo Azhuu - Gallo Azhuu

Gallo Azhuu: voltando às origens do rock'n roll




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Emos: 23 músicas que já estiveram na sua playlistEmos
23 músicas que já estiveram na sua playlist

Elvis Presley: De que ele morreu?Elvis Presley
De que ele morreu?


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin