Matérias Mais Lidas

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemMorre Andy Fletcher, tecladista e membro fundador da banda Depeche Mode

imagemStjepan Juras retruca comentário de Regis Tadeu sobre reencontro de Di'Anno e Harris

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemA dura crítica de Angus Young a Led Zeppelin, Jeff Beck e Rolling Stones em 1977

imagemJohn Bonham, Keith Moon ou Charlie Watts, quem era o melhor segundo Ginger Baker?

imagemMorre Alan White, baterista do Yes e que gravou a clássica "Imagine", de John Lennon

imagemA banda de forró que uniu Nenhum de Nós, Legião, Titãs e Paralamas na mesma música

imagemComo era a problemática relação do Angra no "Aurora Consurgens", segundo produtor

imagemEncontro entre Paul Di'Anno e Steve Harris resultou em "algo que será discutido"

imagemProdutor de "Temple of Shadows" conta problemas que teve com voz de Edu Falaschi

imagemZakk Wylde relembra ídolo: "tão relevante quanto Bach, Beethoven e Mozart"

imagemA apaixonada opinião de Elton John sobre "Nothing Else Matters", clássico do Metallica

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal


Stamp

Destruction: Adaptada aos tempos atuais sem soar modernosa

Resenha - Day Of Reconing - Destruction

Por Vitor Franceschini
Em 09/02/12

publicidade

Nota: 8

Não há dúvidas perante a importância do Destruction para o Thrash Metal mundial. Junto com Sodom e Kreator, a banda liderada pelo baixista e vocalista Schmier forma a linha de frente do Thrash europeu, que tem como característica o peso peculiar e as tendências mais extremas em relação ao estilo americano.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Day Of Reconing" surge para manter a chama da banda acesa, além de assegurar o lugar do trio ao sol. Desde "All Hell Breaks Loose" (2000), o Destruction mantém essa fórmula cheia de pegada e feita com muita raça, o que faz os fãs da banda evitarem comparações com os clássicos "Infernal Overkill" (1985) e "Eternal Devastation" (1986).

O início com The Price e o grito introdutório de Schmier, apesar de característico dos anos 80, não soou de forma alguma datado e o refrão pega de cara o ouvinte, além de um solo de guitarra maravilhoso a cargo de Mike.

Devils Advocate se inicia com um soco do baixo para descambar para um riff cavalgado sensacional. A faixa ainda possui uma interessante e pegajosa melodia, além de mais solos thrashers de dar gosto. A cadenciada faixa título mostra mais um grande trabalho das guitarras e uma cozinha pulsante e muito técnica.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Com um ar mais moderno (mas nada que se assemelhe às novas tendências), The Devil Is God tem um ar pesado, mas com uma levada um tanto quanto acessível, guardadas devidas proporções, obviamente. Vale destacar também, o trabalho de bateria de Vaaver, que demonstra muita violência e técnica na maioria das faixas.

O que impressiona neste trabalho é como a banda conseguiu se adaptar aos tempos atuais sem soar modernosa e ainda assim manter a essência da sonoridade característica da banda. A produção não poderia ficar melhor, e o trabalho gráfico é de dar gosto, com um encarte perfeito e uma capa lindamente assustadora, a cargo de Gyula Havancsak.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Metal Heavy: 10 clássicos para entender o Thrash Metal


Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini.