Resenha - Stench Of Carnage - Deformed Slut

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Este duo composto por Adriano (vocais) e Alex (guitarra/baixo/bateria programada e backing vocals) investe na sonoridade em que nos habituamos a chamar de Brutal Death Metal. Apesar da bateria ser programada (os timbres ficaram bem próximos ao natural), o som do grupo surpreende pelo vigor e conhecimento de causa.

Ramones - Perguntas e RespostasHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1980

Além do estilo citado, as composições possuem elementos comuns ao Grindcore e alia a isso à temática gore, fatores que irão agradar em cheio os fãs da podridão em geral. São oito composições que carregam características próprias e possuem influências de nomes como Mortician e Cannibal Corpse.

"Rotten Mutilated Devoured" se destaca e já mostra que a banda não vive somente de velocidade. Numa interessante cadência, o som mostra puro peso, com riffs típicos e linhas de baixo estremecedoras. "The Monstrous Monochromatism" segue a mesma linha e possui uma variação rítmica muito interessante.

Outro destaque são os vocais de Adriano, pois seguem a linha tradicional do estilo, soando a maior parte do tempo cavernoso e com um único timbre, fazendo com que o som pese ainda mais.

Caso você não seja tão tolerante à cadência, procure ouvir "Gun Of Aninihilation" e "Cadaveric Carcass" com seus blast beats. "Slashing Your Flesh (In Fillet)" fecha o disco com chave de ouro, com um refrão insano e influência de Carcass no início de carreira.

O Deformed Slut bebe nas melhores fontes e conseguiu fazer um bom trabalho em seu debut. Tudo isso com uma boa produção sonora e um trabalho gráfico idem. Que venha mais fruto e que a fórmula seja mantida!


Outras resenhas de Stench Of Carnage - Deformed Slut

Deformed Slut: Metal Extremo brasileiro em altaDeformed Slut: Inacessível até o último sopro de vidaDeformed Slut: Abrir caminho na cena do Brutal Death MetalDeformed Slut: Peso, velocidade, técnica e muita ousadiaDeformed Slut: Álbum quebra pescoços e paradigmas



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Deformed Slut"


Ramones - Perguntas e RespostasRamones - Perguntas e Respostas
Ramones - Perguntas e Respostas

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1980Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1980

Metal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvirMetal Extremo
Algumas bandas que você precisa ouvir

Kiss: "Rock and roll é um trabalho para otários!"Maquiagem, spikes e sorrisos: conheça o Happy Black MetalSepultura: a história por trás do álbum "Beneath The Remains"Avenged Sevenfold: Johnny Christ responde se sente falta de Portnoy

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.