Corporate Death: Um dos melhores álbuns nacionais de 2013

Resenha - Angels & Worms - Corporate Death

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade


Em primeira instância não cometa o erro deste redator, ou seja, ficar com o fone de ouvidos no volume máximo sempre. Principalmente quando for ouvir este segundo trabalho dos paulistas do Corporate Death. Afinal, você pode ter seus tímpanos estourados já na primeira faixa Heretic Angels.

Metal: por que os metalheads vivem presos no passado?Slipknot: Veja membros atuais sem máscara

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em segundo lugar é de doer saber que uma banda dessas não obteve o interesse de uma gravadora em lançar o seu trabalho. Azar das gravadoras e selos também, porque além de provar o alto nível do nosso Death Metal, a Corporate Death mostra ao que veio de vez em "Angels & Worms".

O trabalho de guitarras se mostra sensacional. Riffs agressivos com solos digitalizados dão a tônica, tudo a cargo de Damien Mendonça que cuidou também das quatro cordas. A bateria de Rafael Cau assusta de tão poderosa. O que são esses ‘blast beats’?! A famosa ‘metranca’ em carne e osso, ou melhor, em pele, caixas, bumbos...

É impressionante como tudo é extremo neste trabalho. Os vocais de Flávio Ribeiro não ficam atrás, mostrando um gutural poderoso e imponente que às vezes se alterna com hostis grunhidos rasgados e destila letras antirreligiosas e niilistas.

Não posso deixar de mencionar as faixas Heretic Angels e The Twilight como recomendação se você estiver com pressa. Mas quando parar pra ouvir o álbum tenho certeza que irá se arrepender de não tê-lo ouvido antes. Só pra não ser completamente injusto, se eu tivesse este trabalho em mãos antes de acabar 2013, ele com certeza estaria na minha lista de melhores do ano.

http://www.corporatedeath.net/
http://www.facebook.com/corporatedeath




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Metal: por que os metalheads vivem presos no passado?Metal
Por que os metalheads vivem presos no passado?

Slipknot: Veja membros atuais sem máscaraSlipknot
Veja membros atuais sem máscara


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor