Pray For Mercy: pouco solo e muita brutalidade

Resenha - Olhos Sem Vida - Pray For Mercy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Contando com dois vocalistas em sua formação (Otávio Augusto e Fábio Frazão), a banda Pray For Mercy infeste em uma sonoridade que deriva do famigerado Metalcore, mas possui o dobro de peso e soa muito menos acessível que o estilo referido. Afinal, o tal do Deathcore aqui praticado possui um peso descomunal e usufrui de poucas melodias.
5000 acessosHall Of Shame: as melhores músicas ruins da história do Metal5000 acessosPsicografia: uma suposta carta do espírito de Cássia Eller

As influências da banda podem ser citadas em nomes como Job For A Cowboy (atual) e até dos 'grinders' do Cattle Decapitation, já que em muitas composições o Grind e o Death Metal se fazem presentes com seus elementos pútridos e agressivos. Essa variação gera um som interessante e perfeito para bater cabeça.

Os riffs são muito pesados e ouve-se pouco solo, o que dá um ar ainda maior de brutalidade. As músicas possui andamentos que vão desde a velocidade pura e simples até a cadência 'quase parando' como em Nos Braços Da Própria Morte. Aliás, a banda canta em português e encaixa muito bem suas letras nas composições.

Os vocais se alternam entre o ultra gutural e o rasgado, o que é até comum em bandas de Grindcore, demonstrando ainda mais como são influenciados por este estilo. Otávio e Fábio se saem muito bem e vociferam como dois animais em puro estado de raiva. Destaque para Sodomizado, Tatuando O Suicídio e Falso Testamento.

A produção do disco é muito boa, deixando todos os instrumentos audíveis e límpidos, tudo sem tirar o peso das músicas. Vale à pena conferir esse trabalho que irá atrair fãs da nova e velha geração do extremo Metal. O time é completado por Hebberty e Isadora Sartor (guitarras), André Soares (baixo) e Lucas Gomes (bateria).

http://www.prayformercy.com.br/
http://www.facebook.com/PrayForMercyDeath

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Olhos Sem Vida - Pray For Mercy

604 acessosPray for Mercy: chega para buscar seu lugar no gênero

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Pray For Mercy"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Pray For Mercy"

Hall Of ShameHall Of Shame
As melhores músicas ruins da história do Metal

PsicografiaPsicografia
Uma suposta carta do espírito de Cássia Eller

Fãs de RockFãs de Rock
Você conhece o estilo de se vestir de cada um

5000 acessosEddie Van Halen: "Eruption foi um acidente"5000 acessosO Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?5000 acessosIron Maiden: o histórico (e atrapalhado) 1º Rock in Rio5000 acessosDerek Sherinian: comentários sobre Kiss e Yngwie Malmsteen5000 acessosEric Adams: "caça é um estilo de vida"5000 acessosAnthrax: gravadora não deixou que Corey Taylor fosse vocalista

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online