Brutal Exuberância: Thrashcore amazonense

Resenha - Território Perdido - Brutal Exuberância

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

7


O Brutal Exuberância é um dos nomes mais tradicionais do Metal de Manaus/AM e este "Território Perdido" é o seu primeiro e único álbum oficial até então. Antes a banda lançou as demos "Planeta Cobiçado" (2006) e "Guerra dos Mundos" (2008). Na época a eram um quarteto e hoje se resumem a um trio.

Hard Rock e Heavy Metal: Os 10 videos mais toscos "sem querer"Tradução - The Wall - Pink Floyd

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda investe em um Thrash Metal típico brasileiro, mas não se faz de rogada e bota o pé em outros gêneros como Hardcore e Crossover também. Há até uma faixa quase Grindcore, caso da animalesca Alcoholic Domination.

O trabalho das guitarras é bem agressivo e objetivo, investindo principalmente em bases sólidas. A cozinha segue essa agressividade, além de possuir pegada e um baixo bem poderoso. O vocal do também guitarrista Naldo é um gutural interessante e inteligível, o que é importante, pois a maioria das letras é em português.

Destaque para Apocalipto e seu refrão pegajoso, a divertida Metal, Essa é Minha Vida, Território Perdido e a mais ‘trampada’ Futuro Incerto. Morro de Fome Mas Não Trabalho possui uma veia Punk/Hardcore total e, apesar de legal, destoa um pouco das outras composições.

A variação na produção pode ser um dos fatores negativos, mas a mesma não chega nem perto de ser ruim, já que o trabalho feito por Eddie Souza sob a supervisão da banda, no Studio E.S.P., foi bom. No final, o conjunto da obra sai com ponto positivo e demonstra um verdadeiro Metal ‘brazuca’.

https://www.facebook.com/brutalexuberancia
http://www.myspace.com/brutalexuberancia




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Hard Rock e Heavy Metal: Os 10 videos mais toscos sem quererHard Rock e Heavy Metal
Os 10 videos mais toscos "sem querer"

Tradução - The Wall - Pink FloydTradução - The Wall - Pink Floyd


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor