Candlemass: Ao vivo e trazendo um DVD com dois shows

Resenha - Ashes To Ashes Live - Candlemass

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

9


Mal lançou dois álbuns com Robert Lowe no vocal, os suecos do Candlemass logo soltaram um petardo ao vivo provando que o vocalista norte-americano não entrou na banda por acaso. E graças à Laser Company (http://www.lasercompanymusicstore.com.br/) nós podemos conferir esse grandioso trabalho.

O tempo, ah o tempo!: rockstars nos anos oitenta e hojeIron Maiden: O que a equipe consome quando vai a um pub?

Logo de cara a banda detona dois dos seus maiores clássicos. Dark Are The Veils Of Death e Samarithan de "Nightfall" (1987) emocionam de cara, principalmente a segunda que soou muito bem nos vocais de Lowe. O vocalista demonstra uma imensa personalidade e se preocupou apenas em colocar seu estilo nas composições que ficaram marcadas na voz do eterno Messiah Marcolin.

Dando espaço para as faixas de "Death Magic Doom" (2009), então à época novo álbum, If I Ever Die surge enérgica como é, mas Hammer Of Doom caiu muito bem ao vivo e já era até pedida pelos fãs, como percebe-se durante o intervalo entre as duas. Por ser gravado no Swenden Rock Festival de 2009, acredito que o tempo da banda era escasso perante a vasta discografia e a maioria das músicas serem de médio para longas. Por isso focaram o repertório em apenas quatro álbuns, os dois primeiros e os dois últimos.

A performance da banda é muito coesa e por ser ao vivo o som soa deveras mais pesado do que o já de costume. Mesmo assim, dá para se deleitar com os clássicos presentes de cada um, principalmente com A Sorcerers Pledge e Solitude, do magnífico "Epicus Doomicus Metalicus" (1986). A apresentação é encerrada com Kill The King, do Rainbow, onde Lowe se sai muito bem, pois bebe e muito na fonte de Ronnie James Dio.

Mas se você pensa que o negócio acaba aqui, está enganado. A Laser Company disponibilizou junto com esse trabalho um DVD com dois shows, galeria de fotos de ambos e uma entrevista com legenda em português!

O primeiro show é a própria apresentação no Sweden Rock Festival, com o repertório idêntico. O show demonstra a coesão da banda no palco e só perdeu um pouco do brilho por ser sob a luz do sol. O interessante é que a banda possui uma performance discreta, não muito contagiante, mas executa muito bem as composições e as expressões demoníacas de Lowe roubam a cena. A captação das imagens é profissional, dando mais qualidade ao vídeo.

Já o segundo show, apesar de ser completo e contar com mais clássicos, dentre eles Mirror Mirror, Demon’s Gate e Tears, a qualidade é inferior ao outro. Denominado "No Sleep ´Till Athens", gravado na capital da Grécia, o show é mais intimista, por ser em local fechado e a noite. O repertório abrange a maior parte da discografia da banda, o que é um deleite para os fãs.

O DVD bônus ainda conta com a já citada galeria de fotos dos shows e uma entrevista de quase meia hora cedida para o site grego Metal Zone. Nele, Robert Lowe e Leif Edling (baixo) falam das passagens da banda pelo país, de projetos e de vários outros assuntos como, por exemplo, o fato do vocalista conciliar a carreira em duas das maiores bandas do Doom Metal (Candlemass e Solitude Aeternus). Enfim, um trabalho para deixar qualquer verdadeiro fã do Doom Metal sem fôlego!




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1986Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1986

Metal sueco: site elege as dez melhores bandas da SuéciaMetal sueco
Site elege as dez melhores bandas da Suécia


O tempo, ah o tempo!: rockstars nos anos oitenta e hojeO tempo, ah o tempo!
Rockstars nos anos oitenta e hoje

Iron Maiden: O que a equipe consome quando vai a um pub?Iron Maiden
O que a equipe consome quando vai a um pub?


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin adWhipDin