Conquistadores: Metal cantado em português como deve ser feito

Resenha - À Beira da Loucura - Conquistadores

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Essa banda de Osasco, na grande São Paulo, pode ser um sonho para aqueles headbangers mais saudosistas e um pesadelo para a molecada que segue tendências e aprecia apenas o Metal mais moderno. Pois os caras investem em um Metalzão datado, mas de muito bom gosto.
5000 acessosRatos de Porão: O elogio de João Gordo aos garotos do Restart5000 acessosMetal: adolescentes que ouvem o gênero fazem mais sexo?

A pegada Heavy/Thrash Metal das composições é forjada no verdadeiro fogo do Metal oitentista e honrado com influências de grandes nomes na cena nacional da década de 80 como Taurus, Metalmorphose e Harppia. Mas, tudo com um olhar próprio e cheio de ‘sangue nos olhos’.

Um fator importante é que os caras investiram em uma boa produção, atual e que dá peso às músicas. Mesmo um pouco suja (talvez propositalmente), ela soa orgânica e deixa os bons riffs de guitarras evidentes, com uma cozinha real e bem executada. Os vocais são agressivos e possuem muita garra.

Interessante que nas letras, cantadas em português, a banda procura abordar diversos temas que vão desde os típicos épicos do estilo, passando pela ode ao Heavy Metal até alguns desejos pessoais (um tanto quanto ‘machistas’) como na sarcástica Putana, por exemplo.

Destaque para Morte Aos Falsos (clichê ou não?), À Beira da Loucura, a já citada Putana e Guerreiros do Metal com seus riffs cativantes. Pode soar datado, clichê, mas é fato que esta sonoridade sempre irá existir e (por que não?) resistir. Típico som pra ‘bangear’ e honrar o deus Metal!

https://www.facebook.com/pages/conquistadores/12939529714567...

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de À Beira da Loucura - Conquistadores

1496 acessosConquistadores: Metal tradicional cantado em português

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Conquistadores"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Conquistadores"

Ratos de PorãoRatos de Porão
O elogio de João Gordo aos garotos do Restart

MetalMetal
Adolescentes que ouvem o gênero fazem mais sexo?

Pra convencerPra convencer
Dez álbuns de metal para quem não gosta de metal

5000 acessosMetallica: o video game da banda que nunca foi lançado5000 acessosTotal Guitar: os 20 melhores riffs de guitarra da história5000 acessosRock Brasileiro da Década de 705000 acessosRonnie James Dio: That Metal Show e um fã brasileiro5000 acessosRobert Trujillo: a diferença entre tocar com o Metallica e com Ozzy5000 acessosLegião Urbana x Catedral: polêmicas entre integrantes em 2002

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online