Jugger: Versatilidade entre o Prog e o Power Metal

Resenha - Born From The Ashes - Jugger

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Após a intro Rise e seu belo clima de fim de filme, eis que surge a impactante faixa Dark Angel que já denuncia o que a banda propõe. Isto é, um Prog Metal intrincado e cheio de variações, mas que abrange outros estilos e, inclusive, mantém o leque de influências aberto.

Isso se comprova em Blessed Garden onde uma levada influenciada levemente pela música brasileira (deu pra sentir algo de Angra aí) se contrapõe às quebradas que caracterizam o som da banda. A balada Purgatory vai além e possui um clima medieval (sem arranjos típicos, porém) com um refrão mais Power Metal.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Por fim Nothing At All traz toda a agressividade da banda em evidência com as quebradas e viradas típicas do Prog Metal. O destaque individual vai para o vocalista Lucas Povinha que possui um ótimo timbre que chega ser diferenciado, além de interpretar as composições emotivamente.

Guitarras pesadas e técnicas, baixo forte e pesado, bateria versátil e ótimos arranjos de teclados fazem do Jugger (que antes tinha o terrível nome de Jugger Note) ser uma grande promessa do Prog Metal nacional. Um bom EP que já encaminha por si só a banda para um merecido e esperado debut.

https://www.facebook.com/JuggerBrasil

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Born From The Ashes - Jugger

Jugger: Competência, originalidade e maturidade

Jugger: Ótimo representante do Heavy Metal progressivo nacional

Jugger: Metal progressivo variado e instigante

Jugger: Qualidade comprovada já no primeiro disco




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Slash: A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gaySlash
A lição aprendida após espalhar que Paul Stanley era gay

Metallica: os motivos da saída de Jason NewstedMetallica
Os motivos da saída de Jason Newsted


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin Goo336 Goo336