Resenha - Bloodshed And Violence - Ancesttral

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Lá se vão 5 anos após o lançamento do debut "The Famous Unknown" (2007), belíssimo trabalho dos paulistanos do Ancesttral. Confesso que não sei como a banda andou neste tempo, mas que o primeiro disco foi um petardo, isso foi!

Paula Fernandes: aos 19 anos ela ia em shows de Black MetalSlash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Este EP é uma prévia do segundo trabalho que está sendo composto pelo grupo. Portanto, se este trabalho é apenas uma prévia, meu amigo, pode esperar por música de excelente qualidade no próximo CD. "Bloodshed And Violence" possui uma produção de primeira linha, e duas composições inéditas que matam a pau.

As influências de Metallica são latentes, principalmente nos vocais de Alexandre Grunheidt (também guitarrista), mas as características próprias da banda continuam, principalmente no trabalho magistral das guitarras e na melodia diferenciada.

Trust abre o trabalho e é um Metalzão de dar gosto com uma quebrada interessantíssima no refrão, ponto! A faixa título tem uma pegada mais violenta e possui riffs belíssimos, além de uma cozinha de dar gosto. Fechando o trabalho, um cover para I, uma das melhores faixas do Black Sabbath (era Dio), que é executada com fidelidade e uma bela interpretação de Alexandre. Completam a banda Renato Canonico (baixo), Leonardo Brito (guitarra) e Rafael Rosa (bateria). Que venha o segundo full-length!

http://www.ancesttral.com/


Outras resenhas de Bloodshed And Violence - Ancesttral

Ancesttral: banda chamou a atenção e virou realidadeAncesttral: Único defeito do EP é ter poucas músicas




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Ancesttral"


Café com Ócio: 15 melhores discos do Metal Nacional - 2000 a 2010Café com Ócio
15 melhores discos do Metal Nacional - 2000 a 2010

Thrash Metal: 20 bandas brasileiras de qualidade inquestionávelThrash Metal
20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável

Metal SP: documentário sobre Heavy Metal em São PauloMetal SP
Documentário sobre Heavy Metal em São Paulo


Paula Fernandes: aos 19 anos ela ia em shows de Black MetalPaula Fernandes
Aos 19 anos ela ia em shows de Black Metal

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Slash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Di'Anno: Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!Di'Anno
"Harris é como Hitler e o Maiden é entediante!"

Max Cavalera: triste ver uma banda tão importante virar uma merdaGuitarristas: você consegue identificar todos nesta imagem?Rolling Stone: os melhores álbuns de estreia segundo os leitoresLinkin Park: mulher recita letra da banda para salvar homem de suicídio

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.