Arkona: Lançamento nacional de um dos principais nomes russos

Resenha - Yav - Arkona

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Mais um lançamento que prova que a Shinigami Records não tem restrições nem de cena e nem de estilos. Agora, a gravadora nacional trouxe ao Brasil a banda russa Arkona e seu mais recente lançamento "Yav" ("Явь", em russo). Liderado por Masha "Scream" (vocalista e fundadora), o grupo talvez seja o maior expoente do Pagan/Folk Metal russo.

Indústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandasFotos de Infância: Joey Jordison e Corey Taylor, do Slipknot

Este sétimo trabalho mostra uma banda que consegue manter sua essência, mas que não se prende aos tempos, sendo que aqui adota uma veia mais moderna (não confundir com tendência), sendo que a banda se utiliza de samples e também de momentos mais viajantes como nas faixas Na Strazhe Novyh Let e Serbia, por exemplo. Em meio a andamentos diferenciados e passagens influenciadas pelo Black Metal aparecem os elementos mais atuais, mostrando que a banda não finca um pé em um lugar só.

A essência obscura, maléfica e com mais elementos Folks aparecem também, mas de uma forma mais tímida no disco, mostrando que o peso se mantém em todas as músicas de forma distinta. Isso pode ser notado em Gorod Snov e suas flautas e gaitas iniciais e na soturna e pesada Chado Indigo. Vale mencionar a faixa título também.

As músicas geralmente são longas, deixando na primeira audição uma impressão cansativa, mas logo na segunda audição nota-se que "Yav" é um trabalho que deve ser degustado devagar e é redescoberto a cada 'repeat'. Masha (que também é tecladista) tem um vocal versátil que vai do limpo ao gutural, chegando até a rasgados que parecem uivos em alguns momentos.

O disco ainda conta com diversas participações, dentre elas de Thomas Väänänen (ex-Thyrfing) e Olli Vänskä (Turisas). Produzido pelo guitarrista Sergei "Lazar" e Marsha, o "Yav" possui uma qualidade acima da média e não tão moderna como os padrões atuais. Quem aprecia o gênero irá amar, já quem não é tão fã deve ouvir, pois é mais que apenas Folk Metal.

http://www.arkona-russia.com/
https://www.facebook.com/arkonarussia


Outras resenhas de Yav - Arkona

Arkona: Uma das maiores bandas do cenário folk/pagan metal atualArkona: resenha do álbum "Yav" pelo Two Guys Metal Reviews




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Arkona"


Indústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandasIndústria
Atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas

Fotos de Infância: Joey Jordison e Corey Taylor, do SlipknotFotos de Infância
Joey Jordison e Corey Taylor, do Slipknot

Capas: 10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhosCapas
10 das mais belas feitas por artistas dos quadrinhos

Slayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeçaSlayer
Kerry King explica como se deve balançar a cabeça

Rodolfo: 100% arrependido das letras dos RaimundosRodolfo
100% arrependido das letras dos Raimundos

Alice in Chains: Eu estava com Layne na noite da sua morteAlice in Chains
"Eu estava com Layne na noite da sua morte"

Nu Com a Mão no Bolso: blog elege as melhores capas com nudezNu Com a Mão no Bolso
Blog elege as melhores capas com "nudez"


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336