Aske: Enraizado e muito bem feito

Resenha - Scars From The Whip/Denied Regain (Waiting For Jesus) - Aske

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

A Aske é o tipo de banda que sabe muito bem representar as raízes e a simplicidade do Metal extremo. Não leve isso no sentido pejorativo, já que a intenção aqui é dizer que a banda é objetiva e direta, tanto na execução de suas composições quanto em esclarecer seu ponto de vista em relação à religião.

5000 acessosSlayer: "Não sei improvisar", diz Kerry King5000 acessosBrian May: "eu não sabia que Freddie era Gay"

Com temas blasfemos e anticristãos, o quarteto de São Carlos/SP mostra nesta sua segunda demo algo que nomes como Lord Blasphemate e Amen Corner apresentaram não só ao underground nacional, mas ao mundo. Um Black Metal ríspido, variado e sem dar espaço para arranjos pomposos.

O negócio aqui é seco, com guitarras devidamente magras, uma cozinha reta, mas que varia no andamento dos ritmos. Aliás, essa variação rítmica é que torna o trabalho interessante, não o deixando cansativo e mostrando que agressividade não quer dizer apenas velocidade.

A produção da demo se desvencilha de qualquer modernismo barato e, mesmo não sendo a mais top de linha, conseguiu captar exatamente a essência que o gênero pede (lembrando que o trabalho foi gravado no 1979 estúdio, na terra natal da banda). Esta versão ainda vem com o single “Denied Regain” que mantém a essência da banda. From hell!

https://www.facebook.com/askehorde
https://soundcloud.com/askehorde

XLvBZM5nRHc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Aske"

SlayerSlayer
Kerry King comenta Grammy, Venom, Dimebag, e mais...

Brian MayBrian May
"Eu não sabia que Freddie era Gay"

SsemelhançaSsemelhança
Separados no nascimento: Lady Gaga e Eddie

5000 acessosMetallica: o video game da banda que nunca foi lançado5000 acessosTotal Guitar: os 20 melhores riffs de guitarra da história5000 acessosRock Brasileiro da Década de 705000 acessosPaul Stanley: "Psycho Circus foi como um câncer"5000 acessosAquiles Priester: a tatuagem do baterista em homenagem ao Iron Maiden5000 acessosGuitar World: revista elege os 50 guitarristas mais rápidos

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online