RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas

imagemO grande amor de Renato Russo que durou pouco mas marcou sua vida para sempre

imagemThiago Bianchi explica sucessão de problemas durante show de Paul Di'Anno

imagemMustaine tentou fazer hit radiofônico e acabou escrevendo a "música mais idiota" do Megadeth

imagemOs 4 fatores determinantes que levaram Renato Russo a dependência química

imagemO clássico da banda Evanescence que a vocalista Amy Lee odiava

imagemMike Portnoy escolhe os álbuns preferidos de sua adolescência

imagemA música de Raul Seixas que salvou a carreira de Chitãozinho e Xororó

imagemA opinião de Paul McCartney sobre a música dos Sex Pistols

imagemA opinião de Slash sobre Dave Mustaine e "Rust In Peace", clássico do Megadeth

imagemOs 10 maiores vocalistas de heavy metal de todos os tempos, em lista do Ruthless Metal

imagemO dia que João Gordo xingou Ayrton Senna por piloto se recusar a dar entrevista a ele

imagemPara John Lennon, os Beatles poderiam ter acontecido sem George e Ringo

imagemOmelete diz que heavy metal pertence agora à nova geração e não ao tiozão headbanger

imagemO megahit de Ana Carolina que todos acharam que era a voz de Cássia Eller

imagemComo Tommy Lee e o Mötley Crüe ajudaram Axl Rose a escrever "November Rain"


Stamp

Atsphear: está muito mais aliada à técnica

Resenha - Redshift - Atsphear

Por Vitor Franceschini
Postado em 22 de outubro de 2012

Nota: 8

Antecedido pelo single de mesmo nome lançado neste mesmo ano, "Redshift", terceiro álbum destes espanhóis, vem para consolidar a carreira da banda e explorar ainda mais o lado Prog Metal do grupo. A banda, que antes se enveredava para os lados do Melodic Thrash/Death Metal, mantém a pegada pesada, mas agora, está muito mais aliada à técnica.

Após uma introdução viajante e futurista a faixa título já emendada, surge com seus teclados espaciais e riffs influenciados pela música oriental. The Storm, que também foi lançada como single este ano, traz um incrível Prog Metal, com leves pitadas de Power Metal em alguns riffs, cozinha variada, ótimos solos e apenas vocais limpos de Juan Dominguez. Aliás, isso se repetirá muito no álbum.

Unknow Monsters tem seu belo inicio levado pelo baixo de Carlos Delgado e mais teclados, só que dessa vez mais clássicos. A composição é uma das mais Prog do trabalho, mostrando belos arranjos e uma interpretação muito interessante de Juan. A bateria de Abraham Ruiz, apesar de leve nesta faixa, mostra uma boa precisão.

Mas, o bicho pega mesmo em Empire. De forma épica, com quase 10 minutos, a faixa mostra muita versatilidade, inclusive com a volta dos vocais agressivos (que pouco aparecem neste trabalho), levada variada e ótimo trabalho de guitarras tanto nos riffs quanto nos solos, a cargo de Sergio Lara e Manuel Probanza.

A trinca que fecha o disco merece menção, já que a semi acústica Sand, a pesada e retrógada The Build Of The Stage e a balada viajante My Grave são ótimas composições e se destacam em "Redshift". O álbum marca uma nova era no Atsphear, que deixará alguns saudosos furiosos e conquistará novos fãs.

http://www.atsphear.com/


Outras resenhas de Redshift - Atsphear

Resenha - Redshift - Atsphear

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:
Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Exilio Angel

LGBT: confira alguns músicos que não são heterossexuais


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.
Mais matérias de Vitor Franceschini.