Nostoi: som da banda vai do Classic Rock ao Heavy Metal

Resenha - Railroad(s) - Nostoi

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Após o bem divulgado EP “The Vulture”, os mineiros do Nostoi lançaram no site Catarse seu projeto de financiamento coletivo para a prensagem do debut da banda, este “Railroad(s)”. Conseguiram arrecadar fundos e realizaram o sonho de lançar um trabalho físico.

5000 acessosAndre Matos: "Não estava preparado para cantar no Maiden!"5000 acessosMetal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvir

Mantendo as características da banda, o primeiro full length mostra aquilo que o grupo se propôs a fazer desde seus primórdios, ou seja, investir em uma sonoridade abrangente que possui influências que vão desde o Classic Rock até o Heavy Metal tradicional. Mesmo tendo uma vocalista à frente, a banda foge do Gothic Metal e Metal melódico facilmente.

O primeiro destaque é o grande trabalho feito pelo guitarrista Pedro Santos. Nada mirabolantes, as linhas possuem feeling com riffs bem elaborados e solos muito bem executados. A produção mais crua, a cargo de Renato Kojima (Sacrificed, Rosa Ígnea), casou perfeitamente com o instrumental, dando um ar mais tradicionalista ao trabalho.

Enquanto isso a cozinha faz seu papel de forma coesa e a vocalista Nienna canta o mais natural possível, dando a classe necessária às músicas. A moça canta muito, mas precisa se soltar mais, talvez como nas faixas Under The Light Of The Olive Tree e The Torment Within, onde o sentimento falou mais alto e ela detonou. De qualquer forma, esses são detalhes que o tempo há de consertar.

Numa apuração mais justa podemos dizer que “Railroad (s)” possui faixas que se equilibram entre si, mas ainda assim destaco When I Met Rock ‘n’ Roll e Return que possuem mais uma boa interpretação de Nienna. Não podemos deixar de destacar o belo trabalho gráfico, principalmente da arte da capa, que ficou a cargo de Marcus Lorenzet. Bela estreia!

http://www.myspace.com/nostoi
http://www.lastfm.com/nostoi
http://www.reverbnation.com/nostoi
http://www.facebook.com/nostoimusic

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Outras resenhas de Railroad(s) - Nostoi

301 acessosNostoi: pegada Rock'n'Roll muito forte e irresistível253 acessosNostoi: um coquetel cheio de diversidade


0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Nostoi"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Nostoi"


Andre MatosAndre Matos
"Eu não estava preparado para cantar no Maiden!"

Metal ExtremoMetal Extremo
Algumas bandas que você precisa ouvir!

MetallicaMetallica
A prova que Rick Rubin estragou o "Death Magnetic"

5000 acessosIron Maiden: veja capa original não lançada do álbum "Virtual XI"5000 acessosReinaldo: um apaixonado pelos Scorpions5000 acessosNirvana: os dois maiores sucessos seriam plágios?5000 acessosIron Maiden: as homenagens no desfile da Mocidade em 20135000 acessosCorey Taylor: como ele lida com a depressão4700 acessosDimmu Borgir: acusando rapper alemão por plágio pela segunda vez

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.