Hammerhead Blues: Talvez de outro planeta

Resenha - Hammerhead Blues - Hammerhead Blues

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade


Banda nova, música velha. Além de ser formada em 2014, os integrantes do Hammerhead Blues são jovens e a sonoridade proposta pela banda é das antigas, por isso não leve a ‘música velha’ mencionada anteriormente no sentido pejorativo.

Classic Rock é o que manda neste primeiro EP do trio, e adicione aí uma pequena dose de ‘psicodelia’ e elementos provenientes do Blues (talvez pra fazer jus ao nome da banda). E que música de qualidade resulta disso tudo! Além de se mostrarem músicos de alto nível, a capacidade de compor dos caras é absurda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com um trabalho de guitarras soberbo, a cargo de Luiz Felipe Cardim, a banda destila uma música atemporal, que bebe nas melhores fontes do Rock clássico. As variações e as quebradas rítmicas são algumas das características principais, tendo o peso encorpado do baixo de Otavio Cintra (que é também o cantor) como alicerce.

A bateria de William Paiva, além de ser bem explorada, é a responsável pela alternância de ritmos da banda. Impressionante, e sem querer soar mais uma vez pejorativo, a banda não parece ser brasileira. Todas as faixas são ótimas, mas a bluesy Age of Void e Moontale se sobressaem. Baita EP!

https://www.facebook.com/hammerheadblues
https://soundcloud.com/hammerhead-blues

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N' Roses: melhores músicas segundo a Ultimate Classic RockGuns N' Roses
Melhores músicas segundo a Ultimate Classic Rock

Anette Olzon: Eu fui demitida exatamente como Tarja também foiAnette Olzon
"Eu fui demitida exatamente como Tarja também foi"


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 Goo336