Dark Tower: O que era esperado foi confirmado

Resenha - ...Of Chaos And Ascension - Dark Tower

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Se formos basear este debut dos cariocas do Dark Tower aos dois singles e EP´s que o antecederam, não é de se surpreender que estamos diante de um baita lançamento. Afinal, o que se encontra em “...Of Chaos And Ascension” é algo primoroso e impactante.
59 acessosDarkTower: capa da October Doom de abril5000 acessosJames Hetfield: O equilíbrio entre Metallica e vida familiar

Mesmo caminhando por trilhas já percorridas, ou seja, um Black Metal cheio de melodias e com arranjos de teclado, a banda consegue impor sua agressividade e peso, sem dever nada para trabalhos mais crus e diretos. A palavra ‘melodia’ pode assustar alguns mais radicais, mas a coisa aqui flui muito bem sem interferir na agressividade das composições.

Os ótimos riffs de guitarras, a cargo de Romulo Pirozzi (que já não integra mais a banda), transitam entre algo apocalíptico e algo voltado ao Metal tradicional, com passagens que nos remete ao Death Metal mais tradicional. Além disso, as bases/solos estão muito bem desenvolvidas.

A cozinha, a cargo de Murilo Pirozzi (que também deixou a banda) e do baterista Rodolfo Ferreira, mantém a variação, se utiliza muito bem dos bumbos duplos, além de ser rápida e agressiva. Tudo envolto com belos arranjos de teclados a cargo de Rômulo e também do baterista Rodolfo, também a cargo de Rômulo, que dá o clima ainda mais sombrio às composições.

Os vocais de Flávio Gonçalves são um show a parte. Berrando entre o rasgado e o gutural, o moço demonstra uma raiva que é rapidamente transmitida ao ouvinte. Os vocais limpos, a cargo do batera Rodolfo, estão muito bem encaixados e dão uma tônica contemporânea à sonoridade da banda.

Destaque para Dawn of Darkened Times, The Mightiest Being, Murder of Anne, Vengeful Warrior e Rise of the DarkTower. A produção poderia ter ficado um pouco mais cristalina, para destacar mais os arranjos, mas nada que tire o brilho deste belo petardo que ainda vem em uma bela digipack. O que era esperado foi confirmado. Um ótimo disco.

http://www.facebook.com/darktowermetal
http://www.reverbnation.com/darktower

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de ...Of Chaos And Ascension - Dark Tower

485 acessosDark Tower: União entre death/black metal e ótimas melodias

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

59 acessosDarkTower: capa da October Doom de abril0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dark Tower"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dark Tower"

James HetfieldJames Hetfield
O equilíbrio entre Metallica e vida familiar

Led ZeppelinLed Zeppelin
"Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?

HumorHumor
Namorar um headbanger é sair da zona de conforto

5000 acessosVoz: 10 músicos que cantam tão bem quanto os vocalistas de suas bandas (Parte I)5000 acessosO Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?5000 acessosSteven Tyler: "nunca esquecerei a audição para o Zeppelin"5000 acessosAngra: banda errou na escolha de Fabio Lione?5000 acessosMalmsteen: "A 1ª vez que fui ao Brasil não consegui acreditar"5000 acessosDave Lombardo: o que ele realmente acha de Lars Ulrich?

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online