Dark Tower: O que era esperado foi confirmado

Resenha - ...Of Chaos And Ascension - Dark Tower

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Se formos basear este debut dos cariocas do Dark Tower aos dois singles e EP's que o antecederam, não é de se surpreender que estamos diante de um baita lançamento. Afinal, o que se encontra em "...Of Chaos And Ascension" é algo primoroso e impactante.

DarkTower: capa, tracklist e data de lançamento de ObedientiaMike Terrana: "Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!"

Mesmo caminhando por trilhas já percorridas, ou seja, um Black Metal cheio de melodias e com arranjos de teclado, a banda consegue impor sua agressividade e peso, sem dever nada para trabalhos mais crus e diretos. A palavra 'melodia' pode assustar alguns mais radicais, mas a coisa aqui flui muito bem sem interferir na agressividade das composições.

Os ótimos riffs de guitarras, a cargo de Romulo Pirozzi (que já não integra mais a banda), transitam entre algo apocalíptico e algo voltado ao Metal tradicional, com passagens que nos remete ao Death Metal mais tradicional. Além disso, as bases/solos estão muito bem desenvolvidas.

A cozinha, a cargo de Murilo Pirozzi (que também deixou a banda) e do baterista Rodolfo Ferreira, mantém a variação, se utiliza muito bem dos bumbos duplos, além de ser rápida e agressiva. Tudo envolto com belos arranjos de teclados a cargo de Rômulo e também do baterista Rodolfo, também a cargo de Rômulo, que dá o clima ainda mais sombrio às composições.

Os vocais de Flávio Gonçalves são um show a parte. Berrando entre o rasgado e o gutural, o moço demonstra uma raiva que é rapidamente transmitida ao ouvinte. Os vocais limpos, a cargo do batera Rodolfo, estão muito bem encaixados e dão uma tônica contemporânea à sonoridade da banda.

Destaque para Dawn of Darkened Times, The Mightiest Being, Murder of Anne, Vengeful Warrior e Rise of the DarkTower. A produção poderia ter ficado um pouco mais cristalina, para destacar mais os arranjos, mas nada que tire o brilho deste belo petardo que ainda vem em uma bela digipack. O que era esperado foi confirmado. Um ótimo disco.

http://www.facebook.com/darktowermetal
http://www.reverbnation.com/darktower


Outras resenhas de ...Of Chaos And Ascension - Dark Tower

null



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Dark Tower"


DarkTower: capa, tracklist e data de lançamento de Obedientia

Mike Terrana: Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!Mike Terrana
"Malmsteen foi uma das piores pessoas que conheci!"

Metallica: gosto musical impediu que se tornassem um MaidenMetallica
Gosto musical impediu que se tornassem um Maiden

Separados no nascimento: Dave Mustaine e Mika HakkinenSeparados no nascimento
Dave Mustaine e Mika Hakkinen

Linkin Park: Qual a relação da morte de Chester Bennington com Chris Cornell?Journey: o famoso erro geográfico em "Don't Stop Believin'"Pink Floyd: Dark Side sincroniza com Star Wars O Despertar da ForçaSlash e Jack Black: vídeo de "Welcome To The Jungle" em Los Angeles

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.