1º Metal Descalvado: quinze anos sem um evento do gênero

Resenha - 1° Metal Descalvado (Chácara Panorama, Descalvado, 11/09/2010)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

No dia 11 de setembro último aconteceu em Descalvado/SP, cidade localizada a 250km da capital paulista, mais precisamente na Chácara Panorama, o 1° Metal Descalvado. Não acontecia um evento do tipo na cidade há mais de 15 anos, mérito para seus idealizadores.

publicidade

O evento contou com a presença de 3 bandas renomadas do underground paulista, além da banda surpresa Igreja do Sexo, que abriu o evento com seu som que mistura Rock e Gótico. Com um público de pouco mais de 100 pessoas a banda Overrock, de Pirassununga/SP, subiu ao palco e mostrou seu poder. Com músicos rodados no cenário Metal brasileiro, a banda executou músicas de seu álbum "Good Times, Bad Times" além de covers de Iron Maiden, Ozzy Osbourne e AC/DC. Um depoimento sobre a cena Rock/Metal de Descalvado dado pelo baixista Maurício Surtão deixou todos emocionados e mexeu com os brios dos presentes. A banda se mostrou extremamente entrosada, tanto nos covers, quanto nas músicas próprias. Vale ressaltar a forte presença de palco dos músicos, principalmente do excelente vocalista Paulo Braz.

publicidade

Depois de sorteios de alguns brindes como cds, camisetas e atuagens, a banda Tormenta de Ribeirão Preto/SP subiu ao palco para detonar seu Thrash Metal cantado em português. Pude conferir a banda quando ela estava dando seus primeiros passos, lá pelo início dos anos 2000, e a evolução é latente. A banda prioriza composições próprias de seu primeiro e único EP auto-intitulado. A banda executa tudo de forma primorosa e direta, mas sem deixar de se comunicar com o público, apresentando seu trabalho. Além das próprias composições, a banda fechou com um cover para "Guerrilha", do ícone do Metal nacional Dorsal Atlântica.

publicidade

Para fechar o evento a banda Maithungh de Porto Ferreira/SP invadiu o palco com seu Perverse and Obscene Death Metal. Liderada pelo carismático vocalista Helton Henrique, mais conhecido como Baré, a banda se mostra mais afiada a cada apresentação. Apresentando faixas como "A.D." e "Hate Eternal", de seu debut álbum "Lust In The Kingdom of God", lançado em 2009, agitaram os bangers ali presentes. A presença de palco insana da banda chama atenção, pois seus músicos rangem os dentes na hora de execultar o melhor do Death Metal. Ainda fecharam com "Black Magic", dos mestres do Slayer, que quase pois fogo (no bom sentido) no lugar.

publicidade

Vale destacar que os elogios do público e dos músicos em relação à qualidade do som, realizada pelo técnico Rodrigo Canadinho, proporcionado no evento foi unanime. Enfim, o balanço geral do 1° Metal Descalvado foi positivo, em que venham outros!

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iron Maiden: os álbuns da banda, do pior para o melhorIron Maiden
Os álbuns da banda, do pior para o melhor

Bruce Dickinson: Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!Bruce Dickinson
Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin