Maquinários: Rock como deve ser feito

Resenha - Seis Milhas Para o Inferno - Maquinários

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade


Mais uma ótima banda que faz um som pesado cantando em português, o Maquinários segue a mesma vertente de nomes como Carro Bomba e Baranga mesclando isso com influências de bandas pioneiras como Made In Brazil e Patrulha do Espaço. Ou seja, a banda consegue aliar o antigo com o atual.

Rockstars: as filhas mais lindas dos astros do rock

50 a menos: Cientistas descobrem que o Número da Besta é 616

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Na sonoridade da banda ainda dá pra notar um pé no Heavy Metal e a energia demonstrada em suas composições é ímpar. Guitarras ‘rocker’ com timbres sujos dão a tônica do trabalho, com uma cozinha precisa e sem firulas. Destaque para a boa voz de Watson Silva que ainda domina muito bem a guitarra.

A faixa título, que conta com a participação Marcello Pompeu (Korzus) e Rogério Fernandes, já é um hit certo e abre o disco categoricamente. Outro destaque é Além Da Estrada com uma ótima melodia, letra e refrão sensacionais, uma verdadeira ode ao estilo ‘rocker’ de ser.

A produção a cargo de Pompeu e Heros Trench (Korzus) no Mr. Som soa orgânica casando perfeitamente com a proposta musical da banda. A arte da capa com uma bela ilustração e cores bem escolhidas também contribuem com o conjunto da obra. Belíssimo trabalho!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

http://www.maquinariosoficial.com.br
https://www.facebook.com/Maquinarios?fref=ts




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Rockstars: as filhas mais lindas dos astros do rockRockstars
As filhas mais lindas dos astros do rock

50 a menos: Cientistas descobrem que o Número da Besta é 61650 a menos
Cientistas descobrem que o Número da Besta é 616


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280