Servi Diaboli: Rústico Black Metal de trio espanhol

Resenha - We Are Hidden - Servi Diaboli

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

7


Este é o primeiro EP deste trio de Málaga, Espanha, que conta com Nathan Kohler (vocal), Pino López (baixo) e que é liderado pelo guitarrista brasileiro Armando Luiz (Obitus Vitae). Antes deste trabalho, o grupo lançou apenas uma demo em 2011.

O som é voltado para as raízes do Black Metal enquanto as letras abordam temas típicos do estilo como ocultismo, vampirismo e morte. As guitarras não seguem uma linha simples e mesmo possuindo um timbre agudo mostra riffs variados, e influência de Metal tradicional.

publicidade

Assim como a cozinha que dá sustentação ao trabalho das seis cordas. O baixo de López está bem latente, mas não arrisca muito. Os vocais de Kohler seguem a linha rasgada do estilo, mas não soa tão estremo e é até inteligível. A variação rítmica das músicas ajuda bastante deixando o trabalho menos cansativo.

A produção rústica tirou um pouco o brilho do trabalho, mas nada que atrapalhe a qualidade das composições. Pela variação e técnica, poderia ser melhor lapidada. Não destacarei nenhuma das quatro composições e sim o dinamismo do trabalho que não possui músicas longas, mostrando que o estilo pode ser direto e variado ao mesmo tempo.

https://www.facebook.com/servidiaboliblackmetal
http://servidiaboli.bandcamp.com/

publicidade

publicidade



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Axl Rose: a primeira ficha policial aos 18 anosAxl Rose
A primeira ficha policial aos 18 anos

Ódio musical: os artistas mais detestados em lista da SpinnerÓdio musical
Os artistas mais detestados em lista da Spinner


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin