Alkanza: Mostrando a hipocrisia em forma de Thrash Metal

Resenha - Destroy The System - Alkanza

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Primeiro trabalho da banda catarinense Alkanza que, segundo seu release, tem como objetivo "mostrar a hipocrisia que vivemos no mundo, em forma de um verdadeiro Thrash Metal." E Thrash Metal é o que ouvimos em "Destroy The System".

Guns N' Roses: a famosa trilogia de clipes do grupoAs regras do Thrash Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda demonstra muito ‘sangue no zóio’ e seu som caminha por trilhas inspiradas no que foi feito nos anos 90. Ainda há uma pegada Rock na Roll nas composições, com levadas não tão velozes e mais cadenciadas. Talvez esse seja o diferencial do Alkanza.

Outro fator que chama atenção nas músicas são os refrãos. Além de possuir riffs pesadíssimos, a banda cria composições que impregnam na mente do ouvinte, fazendo que já na primeira audição ele saia cantando os refrãos. Esse é mais um diferencial que faz com que a banda ganhe pontos.

As quatro composições possuem essa pegada e podemos destacar todas, já que a audição de "Destroy The System" passa rápido (no bom sentido) e fica até um gosto de ‘quero mais’. Um adendo para a produção que pode ser mais bem lapidada num próximo trabalho, não que seja ruim (pelo contrário), mas dá pra melhorar.

https://www.facebook.com/alkanzaofficial
https://soundcloud.com/alkanza-offical




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N' Roses: a famosa trilogia de clipes do grupoGuns N' Roses
A famosa trilogia de clipes do grupo

As regras do Thrash MetalAs regras do Thrash Metal


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor