Hammathaz: Unindo modernidade e bom gosto no Metal

Resenha - Inner Walls - Hammathaz

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Após a bela prévia com o single matador da faixa Enslaved, o Hammathaz retorna com seu tão aguardado EP (se bem que a banda merecia um álbum completo). E, as expectativas foram atingidas com algumas pequenas ressalvas.

Seis composições e uma intro são destiladas em "Inner Walls". O que podemos dizer do conjunto da obra? O Hammathaz possui influências que vão de uma ponta a outra do leque do Metal, mas seu som se encaixaria na onda do Metalcore (sem querer ser pejorativo) com uma dose extra de peso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Linhas progressivas se misturam a uma pegada brutal com um pé no Deathcore. Há uma boa dose de melodia nas composições, o que não tira a agressividade das músicas. Enslaved ainda continua sendo um dos destaques juntamente com When The Dreams Are Gone.

A produção do trabalho, a cargo da banda e Rafael Zeferino, ajudou a abrilhantar o disco. A ressalva citada no início da resenha ficou por conta de um irritante sintetizador na intro e faixa de abertura que deixa o ouvinte tenebroso. Nada que afete o resultado final. Vá à página da banda no Facebook e baixe-o já. Que venha um álbum oficial!

https://www.facebook.com/hammathaz.brasil?fref=ts
https://soundcloud.com/hammathaz-brasil

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Inner Walls - Hammathaz

Hammathaz: Som pesado, moderno e intenso

Hammathaz: O lado bom do Metalcore/Deathcore




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

CliIL Cli336 Cli336