Rhevan: eles não reinventam o estilo, nem têm intenção

Resenha - One More Last Attempt - Rhevan

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


O Segundo trabalho dos sul-mato-grossenses do Rhevan, primeiro pela Shinigami Records, foi antecedido por 2 singles, sendo eles "Drunk With The Blood Of Saints" (2011) e "Disguised", além do EP que leva o mesmo nome deste, também lançado em 2011.

O Rhevan não reinventa o estilo, muito pelo contrário, afinal essa não parece ser a intenção da banda. O grupo se consolidou e fez seu nome no cenário nacional através do Gothic Metal, onde é um dos maiores representantes brasileiros. A banda sabe muito bem o que se propõe a fazer.

publicidade

O sucessor de "Perpetually" (2009) mostra uma banda sem medo de se enveredar pelo saturado gênero, mostrando bom gosto, apesar de alguns clichês obrigatórios, tais como bastante teclados e os vocais líricos. A ousadia ganha ponto quando se percebe as influências de Metal tradicional nas composições e uma leve pitada de Prog.

As guitarras pesadas, a cozinha eficiente e as ótimas linhas de teclados dão um grande mérito às composições que são envoltas por belos arranjos. Isso tudo com os equilibrados vocais de Dani à frente. A incursão de coros (muito belos mesmo!) só fez melhorar as canções, dando um ar ainda mais intimista ao álbum.

publicidade

A intensidade das composições é mais um fator positivo e fica difícil citar apenas alguns destaques. Mesmo assim me arrisco a dizer que a faixa título, a balada Couldn´t Read Your Lies, a estilo trilha sonora de filmes Sleep, Sleep Quietly e a pesada e forte Rainland ficaram entre as minhas favoritas. Dani, Thiago Azevedo (guitarra/vocal), Gleydson Keyler (guitarra), Aldo Carmine (baixo/vocal) e Matheus Mattos (bateria) acertaram a mão.

http://www.rhevan.com/
http://www.facebook.com/rhevanband
http://www.myspace.com/rhevan

publicidade


Outras resenhas de One More Last Attempt - Rhevan

Rhevan: Gothic/Simphonic Metal de qualidade!

Rhevan: quando o trabalho honesto gera frutos

Rhevan: Esforços para se posicionar no chamado Gothic Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Vinil: quais são os dez discos mais valiosos do mundo?Vinil
Quais são os dez discos mais valiosos do mundo?

Eddie Van Halen: falando sobre o solo de Beat ItEddie Van Halen
Falando sobre o solo de "Beat It"


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin