Matérias Mais Lidas

imagemCinco músicas que são covers, mas você certamente acha que são as versões originais

imagemAndreas Kisser pede doação de sangue para sua esposa Patricia

imagemOs únicos quatro assuntos das conversas nos EUA que enchiam saco de Fabio Lione

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO baterista que não tinha técnica alguma e é um dos favoritos do Regis Tadeu

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemDave Mustaine quis tirar foto com moça que usava vestido do Megadeth, mas...

imagemJohn Frusciante responde qual foi o motivo de seu retorno ao Red Hot Chili Peppers

imagem"Ninguém imaginava que o Metallica seria maior que o Iron Maiden", diz Scott Ian

imagemDave Mustaine diz que perdoa Ellefson, mas nunca mais fará música com o baixista

imagemNoel Gallagher sobre sua preferida do Pink Floyd: "Adoraria conhecer Roger Waters"

imagemRaimundos: Digão acusa Instagram de censura após poucas curtidas em post

imagemAC/DC: Angus Young comenta a capa de "Highway to Hell" e a morte de Bon Scott

imagemRafael Bittencourt, do Angra, explica por quê está usando unhas postiças


Stamp

Imperium Infernale: empunha a bandeira do Black Metal

Resenha - Primitivo - Imperium Infernale

Por Vitor Franceschini
Em 24/01/13

publicidade

Nota: 9

A horda Imperium Infernali surgiu em 2003 como um projeto paralelo de Ascaris juntamente com Augusto Lopes, ambos do Eternal Malediction. Gravaram uma demo em 2006 sob o nome de "Ordo AEon Caos" e logo depois dedicaram-se ao seu principal grupo.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Em 2008 Ascaris retomou as atividades do Imperium Infernale ao lado do guitarrista Morbius e iniciaram as composições do que viria a ser "Primitivo". Com Salles no baixo e Impaler na bateria, a banda gravou este debut que empunha a bandeira do Black Metal e honra o estilo com unhas e dentes.

Focado na segunda geração que moldou o Metal negro, o Imperium Infernale caminha pelos trilhos mais extremos e menos 'enfeitados' do estilo. Seu som é composto por guitarras cruas e ríspidas que, com um pouco de melodia, transbordam agressividade. A cozinha é eficiente e coesa, e os vocais de Ascaris são raivosos e rasgados.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

É interessante notar que, apesar de enraizado e cru, o som da banda não soa desconexo e possui uma pegada com a técnica necessária para o desenvolvimento de composições na linha Black Metal. Nem todas as faixas são pura velocidade, e essa variação rítmica dá ainda mais qualidade ao álbum.

Cantando a maioria das faixas em inglês, e algumas em português (se saindo muito bem nos dois idiomas), a banda destila em faixas como Symbol Of Victory, Death In Honour, Satan´s Child, Invocare e Holy Whore a mais pura nata do Black Metal. Tudo isso com uma ótima produção, a cargo do ex-integrante Augusto Lopes.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

A música orgânica do Imperium Infernale é um grande soco na cara do atual Metal extremo plastificado que temos visto aos montes por aí. É bom ressaltar que este disco teve uma prensagem de apenas 500 cópias e 300 cópias em K7 numeradas a mão, portanto fique atento e vá atrás do seu.

http://www.myspace.com/imperiuminfernale
[email protected]


Outras resenhas de Primitivo - Imperium Infernale

Resenha - Primitivo - Imperium Infernale

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Death Metal: menina de 6 anos detona no America's Got Talent


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini.