Wael Daou: Guitarrista paraense em seu primeiro disco solo

Resenha - Ancient Conquerors - Wael Daou

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


O guitarrista paraense Wael Daou integrou as bandas Madame Saatan e Alma Cog. Estudou música no Líbano, país de seus pais, quando tinha em torno de 14 anos. Há 4 anos estava afastado dos palcos por motivos pessoais. Suas influências vão do Rock, passando pelo Metal, até pelo Jazz e música erudita.

O guitarrista vem trabalhando há algum tempo nas composições desse EP e nele procurou dar vida aos temas de conquistadores do mundo através de sua música. Como eu sempre costumo dizer, não é fácil para quem não é músico, resenhar um trabalho instrumental, principalmente nas linhas técnicas, mas como fã de música, faremos o que podemos.

publicidade

O que se percebe é que não só de virtuose Wael se sai bem. O conjunto da obra no trabalho mostra que ele é um músico completo, além de apenas guitarrista. Afinal, ele compôs tudo no disco e só não tocou baixo, sendo responsável também pelos arranjos e pela programação da bateria, que soa orgânica apesar de tudo. O baixo ficou por conta de Marcos Saraiva.

publicidade

Sem dúvidas, o peso das bases de guitarra colocam a sonoridade das composições mais perto do Heavy Metal, mas há influências latentes de música erudita e música clássica, além de leves toques de Jazz. Os solos obviamente bem executados são os destaques. Wael sabe equilibrar solos mais longos e melódicos, com passagens mais mirabolantes e técnicas como poucos.

publicidade

Outro fator preponderante são os arranjos que dão o clima para cada composição, afinal cada tema é bem retratado em um pequeno texto no encarte contando um pouco a história dos conquistadores. É um disco típico de guitarristas, portanto é muito bem feito e produzido.

http://waeldaouguitar.wix.com/
https://www.facebook.com/waeldaouguitars?fref=ts

publicidade

publicidade


Outras resenhas de Ancient Conquerors - Wael Daou

Wael Daou: Aliando peso, melodia e técnica com precisão




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Capas de disco: como seriam se fossem gifs animadosCapas de disco
Como seriam se fossem gifs animados

Metal contra o câncer: festival aceita cabelo como ingressoMetal contra o câncer
Festival aceita "cabelo" como ingresso


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin