Cris DeLyra: Simplicidade e técnica caminhando juntas

Resenha - Cris DeLyra - Cris DeLyra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Cris DeLyra é um músico e cantor que aqui é responsável pelo vocal, guitarra, teclado e programação, e neste trabalho teve ao seu lado Gustavo Cebrian (baixo) e Alex Curi (bateria). Suas influências são as mais variadas, principalmente durante sua formação musical.

Depressão: 10 músicas que devem ser evitadasSeparadas no nascimento: Amy Lee (Evanescence) e Shione Cooper (atriz pornô)

Este primeiro disco traz uma sonoridade que mescla Hard Rock com Heavy Metal, mostrando um belo trabalho de guitarras que consegue unir técnica e simplicidade de uma forma ímpar, além de uma cozinha pulsante e com pegada.

O charme de tudo é que DeLyra optou por cantar em português e fez isso com maestria. As letras (visivelmente inspiradas e feitas com cuidado) se encaixam perfeitamente na melodia das composições, soando diferenciada e sem aquele ar mais 'brega' do 'rock pesado' cantado em nossa língua pátria. O cara realmente conseguiu uma proeza.

E tudo isso se ouve com uma produção muito bem feita, a cargo do próprio músico que conseguiu captar bem detalhadamente os instrumentos, com uma roupagem atual e sem soar modernoso demais. A masterização ficou por conta de Enrico de Paoli.

Destaque sem dúvidas para a enérgica Qual é o Seu Nome? e para a já hit Fotocópia e seu peso, lembrando que essa última foi a escolhida como a primeira música de trabalho. Ouça ainda Essa é Pra Você e a ótima balada ao piano de Gabriel Dalmasso, Se Um Dia Eu Me Perdoar.

http://www.crisdelyra.com.br/
https://www.facebook.com/crisdelyra


Outras resenhas de Cris DeLyra - Cris DeLyra

null




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Cris DeLyra"


Depressão: 10 músicas que devem ser evitadasDepressão
10 músicas que devem ser evitadas

Separadas no nascimento: Amy Lee (Evanescence) e Shione Cooper (atriz pornô)Separadas no nascimento
Amy Lee (Evanescence) e Shione Cooper (atriz pornô)

Slash: Sweet Child é a coisa mais gay que alguém poderia comporSlash
"Sweet Child" é a coisa mais gay que alguém poderia compor

Iron Maiden: Video mostra "erros" da banda ao vivoMorbid Angel: "banda satânica, eu jamais voltaria", diz SandovalDuff McKagan: "Sweet Child O' Mine" mudou tudo no Guns N' RosesIron Maiden: Bruce não quer mais cantar Hallowed Be Thy Name?

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336