Patria: uma linha mais rústica e focada no extremismo do Black

Resenha - Nihil Est Monastica - Patria

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 9


Mantus (guitarra/baixo e bateria) e Triumphsword (vocal) chegam ao seu quarto full-length sem dar meias voltas e sendo extremamente fieis ao estilo que sempre adotaram neste projeto paralelo denominado Patria. Projeto este que já pode ser consolidado como uma banda em si, apesar de um duo.

Guitar Hero: veja como o jogo desgraçou uma geração inteiraMegadeth: Pepeu Gomes comenta convite e fala sobre Kiko Loureiro

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mesmo praticando o estilo de suas outras bandas (Mantus também integra o consagrado Mysteriis, enquanto Triumphsword é membro do Land of Fog e do Thorns of Evil), o Patria segue uma linha mais rústica e focada no extremismo do Black Metal. E o faz com tanta competência que chega a ser chover no molhado elogiar este mais novo trabalho.

"Nihil Est Monastica" segue os trilhos dos trabalhos anteriores, mas possui um conteúdo extra de agressividade, gana e melodia, sendo que este último quesito é bem limitado, não tirando o sentimento de ódio e rancor das composições. Enfim, é algo que você pode sentir como se fosse uma evolução natural.

Desde a introdução que dá nome ao trabalho e traduz exatamente o que sentimos antes de ouvir o disco, até composições como Conquering Death's Palace, Nyctophilia, Ascendent of Darkness e Storm Before Eternity (que riff sensacional) temos um deleite e a confirmação do que é o Metal negro tupiniquim.

"Nihil Est Monastica" ainda conta com um odioso cover para Black Vomit dos mestres do Sarcófago e é embalado por uma capa tradicionalíssima que ficou a cargo do artista romeno Costin Chioreanu. Como de costume no gênero o trabalho será lançado em vinil, K7 e digipack. Mais uma prova do poder do Black Metal brasileiro!

http://www.facebook.com/blackmetalpatria
http://www.myspace.com/blackmetalpatria


Outras resenhas de Nihil Est Monastica - Patria

Patria: sonoridade mais crua e voltada aos primórdios




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Patria"


Guitar Hero: veja como o jogo desgraçou uma geração inteiraGuitar Hero
Veja como o jogo desgraçou uma geração inteira

Megadeth: Pepeu Gomes comenta convite e fala sobre Kiko LoureiroMegadeth
Pepeu Gomes comenta convite e fala sobre Kiko Loureiro


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336