Necromorten: Velocidade com riffs violentos e nervosos

Resenha - Warfuse - Necromorten

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Depois deste trabalho, não tenho mais dúvidas de que o Metal cearense é um dos mais prolíficos (em termos de qualidade) do Brasil. Após me deparar com excelentes nomes como Obskure, S.O.H., Griefgiver e Encéfalo, tive a felicidade de conhecer este Necromorten que, após uma única demo "After The Holocaust" (2002), soltaram este debut – originalmente lançado em 2010.

Hard Rock e Heavy Metal: Os 10 videos mais toscos "sem querer"

Varg Vikernes: ele diz odiar o Brasil e cita brasileiros como "inferiores"

Veterana na cena, a banda de Fortaleza, conta com Pablo Castelar (vocal), Paulo Bessa e Rodrigo Magnani (guitarras), Fabiano Barba (bateria) e Eduardo Magnani (baixo/vocal). O foco principal é o Thrash Metal e a velocidade é uma das principais características das músicas.

Há tempos não via riffs tão violentos e nervosos como neste disco. Sinceramente e sem exageros, desde "Extreme Agression" (1989) do Kreator que eu não via guitarras tão furiosas como as contidas em "Warfused". Não que seja uma comparação, mas isso se dá ao fato de talento, garra e produção caminharem juntos. Os timbres foram muito bem escolhidos, além dos solos estarem muito bem encaixados.

Propagator Of Pain, com seus riffs iniciais cavalares é o primeiro destaque, com refrão pegajoso e tudo mais. Transgressor (cantada em português) consegue manter a pegada das outras composições, mérito de Pablo que tem um vocal rasgado muito potente. The Son Of God mostra o poder da cozinha com uma quebrada de derrubar qualquer um, assim como Godslayer e os excelentes solos. Pra fechar, Thrash Metal merece menção não só pelo nome, mas pela excelente qualidade.

"Warfused" contou com a produção do próprio guitarrista Rodrigo Magnani, que conseguiu atingir um ótimo equilíbrio entre os instrumentos. Um trabalho feito com garra e determinação que resultou em um Thrash brutal e furioso. Muito bom!

http://www.myspace.com/necromorten


Outras resenhas de Warfuse - Necromorten

Necromorten: Thrash feito por quinteto de Fortaleza

Necromorten: Thrash Metal irresistível à la Exodus




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Hard Rock e Heavy Metal: Os 10 videos mais toscos sem quererHard Rock e Heavy Metal
Os 10 videos mais toscos "sem querer"

Varg Vikernes: ele diz odiar o Brasil e cita brasileiros como inferioresVarg Vikernes
Ele diz odiar o Brasil e cita brasileiros como "inferiores"


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin