Helloween Brazilian Tribute: Homenagem brasileira às abóboras

Resenha - 30 Years Of Happiness - Helloween Brazilian Tribute

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8


O Moonspell recebeu uma belíssima homenagem dos artistas brasileiros em um tributo. Agora é a vez do Helloween que completou 30 anos de carreira em 2014 e foi homenageado pelo fã clube brasileiro "Perfect Sinners Helloween Brazil". Isto é, uma atitude louvável e que contou com autorização dos alemães.

Dimebag Darrell: guitarra de Van Halen num caixão do KissGosto duvidoso: As piores capas da história do Rock e Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Maior ícone do Metal melódico o Helloween fez escola e até hoje surgem nomes influenciados pela sonoridade da banda, que marcou com riffs rápidos, bateria típica de dois bumbos, muita melodia e temáticas alegres e/ou fantasiosas. Muitos pensam que é um som fácil de reproduzir, mas se enganam, pois algumas versões aqui, por mais que sejam boas, não atingem o nível que a banda de Hamburgo alcançou.

Lógico que praticamente 100% dos participantes do tributo são artistas talentosíssimos e fizeram jus a sua versão, mas há alguns destaques a começar pela abertura com We Got The Right feita pelo Soulspell Metal Opera. A versão, que conta com diversos vocalistas, dentre eles Tim "Ripper" Owens, Blaze Bayley, Michael Vescera e Arjen Lucassen, agrada pela qualidade instrumental e pelos vocalistas brasileiros Pedro Campos, Glauco Alves e Victor Emeka deixar os medalhões no chinelo. Como cantam esses caras!

Outras ótimas versões como How Many Tears com Pastore, o Vandroya detonando com March Of Time, The Chance com Altergeist (impressiona como Cello Folds possui um timbre parecido com Michel Kiske, na sua devida proporção) merecem menção. As versões de Scelerata e Evildead também ficaram interessantes. Vale lembrar que Bruno Sutter (o famoso 'Detonator') e a banda Children Of The Seven Keys fizeram uma versão legal para Keeper of The Seven Keys.

Interessante que o tributo abrange as três fases do Helloween (com seus três vocalistas diferentes), sendo que temos uma versão até para o esquecido e ótimo "Rabbit Don't Come Easy" (2003). Enfim, uma bela homenagem com uma boa regularidade nas versões. Tributo honesto, vai lá e baixe gratuitamente!

Site: http://helloweenbrazil.blogspot.com.br
Facebook: www.facebook.com/HelloweenBR
Twitter: https://twitter.com/HelloweenBrasi




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Helloween"


Michael Kiske: O Iron Maiden vende a morte às pessoas!Michael Kiske
"O Iron Maiden vende a morte às pessoas!"

Wikimetal: Top 11 Músicas que fazem arrepiarWikimetal
Top 11 Músicas que fazem arrepiar


Dimebag Darrell: guitarra de Van Halen num caixão do KissDimebag Darrell
Guitarra de Van Halen num caixão do Kiss

Gosto duvidoso: As piores capas da história do Rock e Heavy MetalGosto duvidoso
As piores capas da história do Rock e Heavy Metal


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

adGoo336