Matérias Mais Lidas

AC/DC: a resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da bandaAC/DC
A resposta inusitada de Supla quando perguntam se ele gosta da banda

Kiss: Gene Simmons diz que passou dos 70 anos por nunca ter bebido ou usado drogasKiss
Gene Simmons diz que passou dos 70 anos por nunca ter bebido ou usado drogas

Slayer: Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperavaSlayer
Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperava

Alexi Laiho: A banda de metal do céu agora tem um guitarrista solo, afirma MustaineAlexi Laiho
"A banda de metal do céu agora tem um guitarrista solo", afirma Mustaine

Chester Bennington: viúva anuncia separação de bombeiro após um anoChester Bennington
Viúva anuncia separação de bombeiro após um ano

The Dead Daisies: Deen Castronovo anuncia que não faz mais parte da bandaThe Dead Daisies
Deen Castronovo anuncia que não faz mais parte da banda

Rob Halford: entediado mas fashion e zueiro, encarnando um cowboy de saltoRob Halford
Entediado mas fashion e zueiro, encarnando um cowboy de salto

Shaman: quando Andre Matos desmaiou durante show em Belo Horizonte, em 2018Shaman
Quando Andre Matos desmaiou durante show em Belo Horizonte, em 2018

Guns N' Roses: Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubesGuns N' Roses
Gilby diz que grunge fez a banda sair dos estádios e ir para os clubes

Thrash metal: 20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesadaThrash metal
20 grandes músicas do estilo mais rápido e agressivo da música pesada

Rock in Rio: Produção afirma que datas estão mantidasRock in Rio
Produção afirma que datas estão mantidas

Kiss: Paul Stanley fala dos desafios para superar problema congênito na orelhaKiss
Paul Stanley fala dos desafios para superar problema congênito na orelha

Neil Peart: o emocionante momento em que ele revelou câncer aos colegas de RushNeil Peart
O emocionante momento em que ele revelou câncer aos colegas de Rush

Max Cavalera: O único presidente bom do Brasil foi mortoMax Cavalera
"O único presidente bom do Brasil foi morto"

Nervosa: Prika Amaral toca os seus riffs preferidos na guitarra (vídeo)Nervosa
Prika Amaral toca os seus riffs preferidos na guitarra (vídeo)


Matérias Recomendadas

Red Hot Chili Peppers: as melhores músicas segundo o LoudwireRed Hot Chili Peppers
As melhores músicas segundo o Loudwire

Deep Purple: o riff de Smoke on the Water foi criado por Tom Jobim?Deep Purple
O riff de "Smoke on the Water" foi criado por Tom Jobim?

Eddie Van Halen: falando sobre o solo de Beat ItEddie Van Halen
Falando sobre o solo de "Beat It"

Phil Anselmo: mandou um White Power mas nega ser racistaPhil Anselmo
Mandou um "White Power" mas nega ser racista

Tamanho é documento?: os Rock Stars mais altos e baixosTamanho é documento?
Os Rock Stars mais altos e baixos

Dead Daisies
Stamp

Imminent Attack: Crossover pra mais de metro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini, Fonte: Blog Arte Metal
Enviar Correções  

publicidade

Thrash, Crossover e Beer. Estas palavras que estão na página do Facebook da banda paulista Imminent Attack, define bem do que se trata a sua música e as suas letras. Adriano Guimarães (vocal), Erick Velez e Ivan Carlos (guitarras), Murilo Lunetta (baixo) e André A. Lien (bateria) destilam em seu primeiro álbum, "Deliver Us From Ourselves" (2012), um furioso som que faz com que sua cabeça bata automaticamente. Sucesso desde seu lançamento, o trabalho vem rendendo bons frutos à banda. Falamos com Adriano, mais conhecido como Dinho, sobre esse e outros aspectos do Imminent Attack, confira.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"DeliverUsFormOurselves" tem tido uma boa repercussão tanto por parte da crítica quanto pelos fãs. Como é ter o primeiro álbum tão bem aceito? Vocês esperavam esse sucesso imediato?

Dinho: Poxa, acho que ninguém em sã consciência imaginava tanta repercussão em torno desse álbum, confesso que estamos muito satisfeitos com o retorno, pois realmente foi uma surpresa pra todos nós.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Como foi o processo de composição deste trabalho? Quando vocês o concebiam sentiam que ele ia atingir de imediato esse status?

Dinho: Então... O álbum contém faixas de 10 anos atrás e tem faixas compostas 2 dias antes da gravação, é difícil (pelo menos pra nós) imaginar que essa ou aquela faixa terá maior aceitação pelo publico... Fazemos nossas composições de forma mais natural possível, sem pensar se vai agradar ou não... O importante realmente é a gente sentir que a música está da forma que a gente gosta.

publicidade

Apesar de classificado como Thrash Metal, o trabalho traz uma forte veia Crossover. Como vocês definiriam a sonoridade de "Deliver Us From Ourselves"?

Dinho: Acredito que o D.U.F.O. carrega uma mistura de tudo que a gente gosta na música pesada, essa mistura de sons e influências que nos transformam em Crossover e tal... Não fizemos nada diferente do sempre fazíamos em nosso som pra que soasse mais oitentista ou mais moderno, mais Thrash ou mais Crossover... Enfim, acho que o álbum ficou realmente com a sonoridade que sempre quisemos (risos).

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

A arte da capa, feita por Carlos Cananéa, também tem chamado atenção. Como surgiu a ideia e como foi trabalhar com Carlos?

Dinho: A capa realmente foi muito discutida entre nós até chegar ao contexto final. Ela expõe de forma mais clara a ideia que temos com relação ao homem e o ambiente que o cerca. O Carlão soube retratar isso da forma mais direta possível. Trabalhar com o Carlos sempre foi gratificante afinal trabalhamos juntos desde o inicio da banda, pois ele é um dos fundadores do I.A., foi nosso primeiro baterista e peça fundamental na criação de canções como Ignorance's Price e Elliot.

Vocês participaram da coletânea "Hellstouch" da Shinigami Records onde foram escolhidos entre as 4 primeiras bandas e ganharam a gravação de um Split com as bandas Hocnis e PuppetsFromHell. Como foi participar dessa coletânea e ficar entre as 4 primeiras escolhidas para o split?

Dinho: Participar deste projeto foi muito honroso para nós, porque afinal não é todo mundo que pensa em abrir espaço para bandas novas sem a preocupação efetiva em algum retorno financeiro e a Shinigami nos deu a oportunidade de fazer parte de um trabalho serio como foi a Hellstouch. Quanto a ficar entre as primeiras colocadas... Isso não tem preço, é gratificante demais, ainda mais com bandas de qualidade inquestionáveis como as que fizeram parte da coletânea, ficamos muito contentes com o retorno e espero que a Shinigami e público também (risos).

Aliás, vocês já estão produzindo as composições que entrarão neste trabalho?

Dinho: Agora no início de janeiro entramos em estúdio para a gravação das faixas que farão parte do Split, já estão todas prontas, inclusive já estamos acostumados a tocá-las em nossos shows e talvez nem seja tão novidade assim pra alguns.

O som de vocês possui uma energia incomum, principalmente ao vivo. Como tem sido as apresentações do Imminent Attack e quais composições tem se saído melhor e sido mais bem recebida pelo público?

Dinho: Queremos sair do palco com o sentimento de dever cumprido, pois pensamos em tocar não apenas para mostrar nosso som e sim para entreter quem ali estiver. Creio que talvez seja isso que faz com que nossos shows sejam tão intensos. Nos shows existem algumas faixas que não podem faltar como Elliot, Secret of Skin, Ignorance Price, Imminent Attack e a Splact, geralmente essas faixas a galera costuma extravasar um pouco mais (risos).

Como está a agenda da banda?

Dinho: Este ano de 2012 foi excelente, com vários shows, lugares antes nunca pisados por nós, pessoas fantásticas que conhecemos, enfim, não podemos reclamar de nossa agenda, inclusive estamos abrindo a agenda pro próximo ano, quem estiver afim de nos contratar é só nos enviar um email para [email protected]

Além do split, há algo mais por vir? Fale-nos sobre os planos da banda.

Dinho: Pois é, como disse anteriormente começamos a gravação do Split em janeiro, e provavelmente em janeiro mesmo também fazemos a gravação do nosso 1º vídeo clipe, faremos nossa segunda passagem pelo Nordeste e a primeira por alguns países da América do Sul. Enfim, o ano de 2013 promete muitas novidades pra galera.

Muito obrigado pela entrevista, deixem uma mensagem.

Dinho: Só queremos agradecer ao espaço cedido a nós e convidar a todos para que façam como vocês e ouçam também nosso disco, prometemos que seus ouvidos não serão os mesmos!

http://www.facebook.com/imminentattack
http://www.myspace.com/imminentattack


Tunecore
Malvada
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Batismo: Os nomes verdadeiros dos artistas do Rock e MetalBatismo
Os nomes verdadeiros dos artistas do Rock e Metal

Anos 90: bandas de hard rock e metal que decepcionaram os fãsAnos 90
Bandas de hard rock e metal que decepcionaram os fãs


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.